Maternidade

7 benefícios do ácido fólico para uma gestação saudável

O ácido fólico é a vitamina B9, também conhecida como folato. É essencial para o organismo humano e que possui um papel muito importante no início do desenvolvimento da gestação.

Neste artigo, você vai saber mais sobre esta vitamina e conhecerá os benefícios que ela proporciona para o desenvolvimento do embrião nas primeiras semanas de gestação.

Leia também: Ácido fólico: porque seu corpo precisa dele.

1. O ácido fólico ajuda a engravidar:

O ácido fólico deve ser ingerido como complemento vitamínico por mulheres que querem engravidar, pois ele possui um papel importante na divisão celular que acontece nos primeiros dias após a fecundação do óvulo.

No processo de nidação, que é a implantação do embrião no fundo do útero, o ácido fólico contribui, pois a divisão celular que ocorre corretamente impede que o corpo rejeite o embrião.

Saiba mais: Nidação: veja aqui 13 perguntas e tire suas dúvidas.

2. Auxilia na formação do bebê:

O ácido fólico contribui para a formação do tubo neural do embrião, que dará origem ao sistema nervoso do bebê. A boa formação do tudo neural pode prevenir problemas relacionados à má formação fetal.

3. Funciona na síntese e reparação do DNA:

Essa é uma das principais funções do ácido fólico e durante a gestação ajuda  corpo a produzir e fazer a manutenção do DNA em suas células.

4. Formação de células do sangue:

O ácido fólico está relacionado à formação das células do sangue chamadas hemácias, que é responsável pelo transporte de oxigênio, tanto no corpo da mãe, quanto para o bebê. Por isso, também auxilia na prevenção da anemia, em conjunto com a ingestão de ferro.

5. Reduz as chances do bebê nascer com baixo peso:

Também combinado com o ferro, segundo pesquisa disponível da biblioteca da Organização Mundial da Saúde, a ácido fólico diminui as chances de o bebê nascer com baixo peso.

6. Previne a anencefalia:

A ingestão de ácido fólico ajuda a prevenir a anencefalia, que é um defeito no fechamento do tubo neural. Ela causa a má formação no encéfalo e na calota craniana, podendo causar a morte do bebê.

7. Previne a espinha bífida:

O ácido fólico também previne casos de má formação na parte inferior do tubo neural, chamada de espinha bífida. Ela pode causar problemas gastrointestinais, e no trato urinário, além de deformidades, fraqueza muscular e até mesmo paraplegia.

[yuzo_related]

 

É recomendável que a mulher que quer engravidar tome o suplemento de ácido fólico. A gestante também deve tomar nos três primeiros meses de gestação.

Existem alguns alimentos que são ricos em ácido fólico: fígado bovino, carnes vermelhas, verduras verde escuras, como couve, brócolis, feijão, lentilha e também na laranja e na gema do ovo.

Atenção, não é permitido tomar suplementação de ácido fólico por mais de 6 meses, pois isso pode causar sobrecarga renal, prejudicando a saúde da mulher.

Sempre converse com seu médico antes de iniciar qualquer suplementação com vitaminas.

Veja também: Suco de couve: veja receitas para emagrecer com saúde.