Infográficos Nutrição

Alimentos orgânicos: saiba quais são e os benefícios à saúde

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Atualmente, está cada vez mais crescente o número de pessoas adeptas a novos hábitos saudáveis, que estão buscando uma alimentação balanceada e nutritiva, além de aliá-la à prática de atividades físicas regulares.

Por conta disso, muito tem se falado dos alimentos orgânicos e sua importância para a saúde. Ao contrário dos alimentos transgênicos, que já falamos aqui no blog, estes fazem parte de uma rotina alimentar natural, podendo fazer muito bem ao funcionamento do corpo e trazer uma série de benefícios ao organismo.

Criado em meados de 1919 pelo pesquisador inglês Sir. Albert Howard, conhecido como o “pai da agricultura orgânica”, esse tipo de alimentação tem sido estudado há muitos anos e considerado uma alternativa saudável para evitar o consumo de produtos industrializados, que possuem conteúdo abundante de substâncias tóxicas e conservantes.

Não é à toa que os alimentos orgânicos têm ganhado popularidade e atraído várias pessoas para feiras e mercados orgânicos, inclusive pela internet. Se você ainda não o que são os alimentos orgânicos e quer entender os benefícios que eles podem trazer à nossa saúde, continue lendo esse artigo até o final e conheça tudo sobre o assunto.

Alimentos orgânicos infográfico

O que são alimentos orgânicos?

Alimentos orgânicos são aqueles que são produzidos sem o uso de substâncias químicas, como hormônios, agrotóxicos, pesticidas ou qualquer outro produto contaminante que possa prejudicar o meio ambiente e a saúde humana, seja esta dos agricultores ou dos consumidores.

A ideia é respeitar a qualidade do alimento, eliminando qualquer interferência química em todos os processos de produção, de forma a mantê-los mais saudáveis e, é claro, mais saborosos. Afinal, como não são utilizados produtos químicos em sua produção, os alimentos orgânicos não têm gosto e nem aroma alterados, o que os tornam qualificados para a alimentação humana.

Diz a história que a alimentação orgânica teria sido originada quando o pesquisador inglês Albert Howard começou a trabalhar em uma estação experimental em Pusa, na Índia, onde passou a observar como era feita a agricultura pelos camponeses hindus, que não utilizam fertilizantes químicos para conservar os seus alimentos.

A partir daí, o pesquisador montou um experimento de cerca de 30 hectares para estudar a possibilidade. Em 1919, ela já daria ao mundo a resposta sobre os benefícios de uma alimentação orgânica, com alimentos produzidos a partir do respeito à natureza e da preservação de todos os seus recursos naturais.

Benefícios

alimentos-organicos

Como você já conseguiu observar no decorrer desse artigo, são vários os benefícios que podem ser obtidos através do consumo de alimentos orgânicos. Afinal, nenhum deles recebe produtos agrotóxicos em sua composição, conservando-se as suas propriedades naturais e, portanto, beneficiando a alimentação humana.

Confira, a seguir, os principais benefícios dos alimentos orgânicos para a sua saúde e meio ambiente.

Protegem a saúde

Como não possuem substâncias tóxicas em sua composição, os alimentos orgânicos podem prevenir vários tipos de doenças, como o câncer, reações alérgicas, respiratórias, problemas neurológicos, distúrbios hormonais, geralmente causados por uma alimentação rica em produtos industrializados ou com altos níveis de agrotóxicos em sua composição.

Nutrem o corpo

Alimentos orgânicos são mais nutritivos, uma vez que não possuem qualquer produto químico que possa alterar as suas propriedades nutricionais. Isso porque eles são produzidos em solos ricos em adubos naturais e que oferecem maior valor nutritivo a cada um deles.

 São mais saborosos

Da mesma forma que acontece com as suas propriedades nutricionais, os alimentos orgânicos também mantêm os seus sabores e aromas, isso por conta da não-intervenção de substâncias agrotóxicas em sua produção.

Evitam contaminações

Ao inserir alimentos orgânicos em seu cardápio, também é possível evitar que as gerações futuras da sua família, como filhos, netos, bisnetos, etc., sofram com contaminações provenientes do uso de agrotóxicos em alimentos no presente, o que pode acontecer com o consumo de produtos industrializados.

Com uma alimentação orgânica,  é possível que eles cresçam mais fortes e saudáveis, sem qualquer problema de saúde.

Desintoxicam o corpo

Ao inserir alimentos orgânicos em sua rotina alimentar, também é possível aliviar o organismo da sobrecarga de toxinas que acumulamos ao longo dos anos com os produtos industrializados (com aditivos como corantes, conservantes, aromatizantes artificiais) e com contaminantes presentes na água, nos plásticos e nos alimentos convencionais.

Preservam o meio ambiente

Os alimentos orgânicos são produzidos com cuidado de preservar a fauna e a flora naturais do local, evitando a erosão do solo, poluição do ar, poluição da água e ameaças a animais silvestres, problemas causados pela produção de alimentos industrializados.

Quais são os alimentos orgânicos?

Aqui, no Brasil, já é possível encontrar vários tipos de alimentos orgânicos, seja em supermercados, feiras ou mercados de orgânicos. Dentre eles estão a cana, soja, cacau, gengibre, guaraná, manga, morango, pêssego, tomate, uva, etc.

No caso dos legumes e frutas orgânicos, são utilizados no lugar de fertilizantes e pesticidas para evitar pragas sistemas naturais para produzir e conservar os alimentos, como insetos, água, plantas, animais, entre outros.

Já no caso dos produtos de origem animal orgânicos, como carnes, ovos e leite, não são usados antibióticos, hormônios e anabolizantes, uma vez que estes podem fazer muito mal à saúde humana e ao meio ambiente.

Como identificá-los?

Os alimentos orgânicos recebem um selo de certificação do Ministério da Agricultura, mostrando a sua fiscalização e garantindo ao consumidor que o produto que está adquirindo é realmente saudável e isento de qualquer substância tóxica. Por isso, antes de comprar o alimento orgânico, procure o selo abaixo e certifique-se de que não está sendo enganada.

selo-organico-de-garantia

Quanto custam?

Como os alimentos orgânicos ainda têm baixa procura pelos consumidores, apesar de estarem ficando cada dia mais populares, eles costumam ser produzidos em menor escala, o que aumenta os custos de produção e, consequentemente, faz com que eles cheguem mais caros para o consumidor.

No entanto, vale a pena comprar um alimento orgânico ao industrializado, uma vez que este último pode fazer com que você gaste muito mais futuramente em farmácias e hospitais. Você encontrar os alimentos orgânicos em lojas, mercados e feiras, inclusive pela internet, especializados em alimentação orgânica.

Confira aqui uma lista completa de endereços de feiras e pontos de comercialização de produtos orgânicos.

Até a próxima!

Veja também:

Comentar

/* ]]> */