Beleza Estética Pele

Argiloterapia: Tratamento estético natural com argila

Argiloterapia

Você já ouviu falar em argiloterapia?

Também conhecida como geoterapia, é um tratamento estético e terapêutico que usa aplicações de argila sobre a pele, em diversas partes do corpo, visando uma pele mais bonita e saudável de uma forma natural, sem o uso de cosméticos e produtos químicos.

Esse material natural é rico em diversos sais minerais e possui diferentes propriedades – estéticas e terapêuticas – que garantem o bem estar e contribuem de forma positiva para a beleza e saúde.

Quer saber mais sobre argiloterapia? Neste post vamos explicar essa técnica de forma simplificada, apresentar os diferentes tipos de argila e os benefícios que esse tratamento pode trazer para sua pele e saúde geral.

O que é a argiloterapia?

Argiloterapia é o termo usado para definir os tratamentos estéticos que usam argila em pó dissolvida em água, gel, creme ou loções tônicas, com o objetivo de tratar a pele.

A argila é um tipo de rocha sedimentar que se origina da lenta erosão dos granitos, formando um material orgânico rico em oligoelementos, como o silício, que atua na reconstrução dos tecidos; o alumínio e zinco, que auxiliam no processo de cicatrização; o ferro, que produz energia e oxigênio para as células, entre outros.

Ela possui propriedades antioxidantes, secativas, antissépticas e desintoxicantes. Além disso, tem ação tensora e reconstrutora para a pele, por isso, é indicada para tratamento da acne, na redução da celulite, da flacidez, entre outros.

A argila pode ser aplicada no rosto e em qualquer outra parte do corpo e sua principal propriedade é a absorção: seja de oleosidade, infecções, toxinas e outros.

Tipos de argila

Existem diversos tipos de argila, de diferentes cores e que também diferem nas suas propriedades e usos dentro da argiloterapia.

  • Argila branca: é rica em minerais como alumínio, zinco, potássio, silício, cálcio e ferro. Pode ser utilizada em todos os tipos de pele e proporciona maciez, relaxamento e hidratação;
  • Argila rosa: tem ação esfoliante, remove as células mortas e estimula a regeneração da pele;
  • Argila vermelha: possui ação antiestresse e antienvelhecimento, além de ter propriedades secativas, hidratantes e fortalecedoras;
  • Argila dourada: limpa, esfolia, purifica e aumenta a elasticidade da pele. Além disso, tem propriedades oxidantes que combatem os radicais livres da pele;
  • Argila amarela: atua na hidratação, purificação e nutrição da pele, conferindo mais elasticidade e firmeza, combatendo o envelhecimento. Também pode ser usado para esfoliação e é mais indicada para peles oleosas;
  • Argila verde: auxilia no controle da oleosidade da pele, por isso é indicada para peles oleosas;
  • Argila preta: rica em enxofre, estimula a renovação celular e ameniza manchas na pele. Também tem ação anti-inflamatória, desintoxicante e adstringente, além de reduzir o estresse;
  • Argila roxa: rica em magnésio, substância que estimula a produção de colágeno. Por isso, deixa a pele uniforme e firme.

Como fazer a argiloterapia

Preferencialmente, a argiloterapia deve ser feita por um esteticista. No entanto, é possível comprar a argila em pó e aplicá-la em casa. Veja o passo a passo da aplicação:

  1. Antes de iniciar o procedimento, limpe sua pele com um sabonete neutro;
  2. Prepare a mistura colocando 20 gramas de argila da sua preferência, 3 gotas de óleo essencial e 10 gramas de máscara gel neutra, misturando bem, até formar uma emulsão homogênea;
  3. Aplique essa mistura no rosto de maneira uniforme e deixe por cerca de 10 minutos;
  4. Enxágue com água abundante, removendo toda a argila.

É importante salientar que a argiloterapia deve ser indicada por um esteticista e que antes de aplicar a argila, é importante fazer o teste de alergia. Aplique uma pequena porção do produto em uma área dos braços ou pernas e verifique se haverá alguma reação como vermelhidão, por exemplo. Em caso positivo, suspenda o uso.

Benefícios da argiloterapia

A argiloterapia traz inúmeros benefícios para a pele, saúde e beleza geral, sendo amplamente usada em tratamentos faciais e corporais. No rosto, suaviza marcas, combate a acne e retarda o envelhecimento, enquanto no corpo, pode ser utilizada como redutor de medidas e no tratamento de celulites, quando combinada à termoterapia. Confira os benefícios da técnica:

  • Tem ação desintoxicante;
  • Atua como antioxidante, combatendo os radicais livres;
  • Mantém a hidratação e saúde da pele;
  • Auxilia nos processos de cicatrização e reconstrução do tecido conjuntivo;
  • Retarda o envelhecimento;
  • Tonifica a pele;
  • Alivia a tensão e fadiga muscular;
  • Ativa a circulação sanguínea e linfática;
  • Regenera os tecidos da pele;
  • Suaviza marcas de expressão e manchas na pele;
  • Promove maior elasticidade e firmeza;
  • Revitaliza a pele;
  • Reduz a celulite;
  • Suaviza as estrias;
  • Ameniza ou elimina manchas de depilação nas axilas e virilha;
  • Atenua processos alérgicos.

Por ser um produto natural, o uso da argila não tem contraindicação, exceto se você apresentar alergia a algum componente dela. Por isso é importante que o tratamento seja indicado por um esteticista e o teste de alergia seja feito antes da aplicação.

Nunca realize a argiloterapia se manifestar alergia ao produto e nem se estiver com a pele lesionada. Também é importante hidratar a pele depois do tratamento, pois a argila pode causar ressecamento pós-uso. E ao comprar a argila, sempre escolha produtos de boa qualidade e confiança, e que sejam livres de aditivos.

Você já conhecia a argiloterapia? O que acha deste tratamento natural?

/* ]]> */