Nutrição

Benefícios da Araruta: veja como usá-la da mesa ao bem-estar

Os motivos dos benefícios da araruta ainda estão sendo pesquisados, mas acredita-se que ela sirva para combater problemas gastrointestinais, entre outros. Hoje vou falar mais sobre este alimento muito procurado pelos que seguem uma linha alternativa de cozinhar.

Sabe-se que a araruta pode ser um bom “remédio” para certos distúrbios em função da presença de fibras em um tipo específico de amido, seu principal composto.

Um produto com alta densidade de nutrientes, cujos benefícios são conhecidos há tempos na prática por inúmeras culturas indígenas.

A araruta é conhecida como araruta-gigante, maranta ou arrow root (para os ingleses). Seu nome científico é Maranta arundinacea, uma espécie que tem destaque entre os produtos naturais através de seu polvilho, que é retirado dos rizomas da planta.

Depois de trituradas, as raízes são destinadas a diversas utilidades, da fonte de carboidrato para o consumo humano ao aproveitamento na indústria de cosméticos.

Pesquisas feitas pela Embrapa Agroindústria de Alimentos mostram que o amido encontrado na araruta conta com inigualáveis características e qualidades, sendo um dos benefícios da maranta proporcionar muita leveza e grande digestibilidade aos confeitos, por exemplo.

Outra vantagem é o fato de a araruta não conter glúten, uma proteína capaz de provocar irritação e inflamação no intestino. Algumas pessoas têm a doença celíaca, que é causada por uma falha no organismo no processamento do glúten devido ausência da enzima encarregada disso.

Por consequência, a decomposição da proteína não acontece como esperado, ou seja, a proteína “continua grande”, mesmo que os alimentos sejam mastigados adequadamente.

Então, os alimentos passam feito lixa na parede intestinal para chegar à corrente sanguínea, causando desconfortos.

Uma forma de driblar tudo isso é trocar a farinha de trigo pela araruta nos mais diversos preparos doces e salgados.

Os benefícios da araruta não param por aí! Ela dispõe de uma boa quantidade de nutrientes essenciais para manter nossa saúde como um todo.

O que inclui sua capacidade de estimular o crescimento e o desenvolvimento; facilitar a perda de peso; acelerar o metabolismo; melhorar a circulação; auxiliar no controle da pressão arterial, manter o aparelho digestivo funcionando bem e até prevenir defeitos congênitos.

Na indústria cosmética, a araruta serve para produzir desodorante natural, além de ser utilizada para tratar queimaduras de sol ou brotoejas por meio de seu pó seco ou em ervas de banho. Uma ajuda e tanto no alívio de erupções de pele, principalmente nas crianças pequenas.

Aplicada diretamente sobre a pele, a araruta também é um interessante recurso para acalmar mucosas inflamadas devido picadas de insetos ou pequenos ferimentos com objetos cortantes.

Uma sugestão de consumo que é ainda um dos benefícios da araruta é usar o produto como espessante alimentar ou como nutrição para lactentes – desde que indicado e orientado pelo médico, claro.

E antes mesmo de a criança nascer, sua mamãe pode aproveitar a araruta como fonte de um certo integrante da vitamina B, o folato, presente em altos níveis na raiz. Pesquisas demonstram que o folato é vital para as grávidas, pois reduz a chance de surgimento de defeitos no tubo neural do bebê.

Ele participa também da síntese de DNA e da saudável divisão entre as células, estimulando, portanto, a recuperação mais rápida de problemas de saúde e o crescimento adequado.

O fato de trazer em sua composição generosas concentrações de vitamina B faz da araruta uma aliada dos processos metabólicos. O grupo B atua na regulação de processos no corpo todo, dos ritmos circadianos à liberação de hormônios. Ou seja, ninguém gostaria de apresentar deficiência neste ponto, certo?

Depois de tudo o que foi dito hoje aqui, é sempre bom poder contar com produtos saborosos e nutritivos naquele bolo, na tortinha preferida, biscoitos, sopas e muito mais! Vale a pena apostar na araruta e suas fibras que favorecem a digestão.

Quem disse que precisamos abrir mão do sabor e das delícias da vida só porque temos alguma restrição alimentar? Encontrar substitutos como a araruta é mais fácil do que você pensa… Experimente!

Até breve…

/* ]]> */