Frutas Nutrição

Descubra os benefícios da graviola para a sua saúde e bem-estar

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Da mesma família das amoras, que você já conheceu os benefícios anteriormente aqui no blog, a graviola está entre as frutas que mais fazem bem ao funcionamento e bem-estar do corpo. Originária das Antilhas, a fruta possui polpa branca e com sabor agridoce, além de casca verde-pálida em formato de coração, ela costuma ser consumida tanto em sua versão in natura quanto no preparo de receitas, como sucos, mousses, doces, geleias e sorvetes.

Porém, para além de seu delicioso gosto e perfume suave, a graviola também possui inúmeras propriedades medicinais, já que é rica em nutrientes considerados essenciais para a saúde, como vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, cálcio, magnésio, zinco, cobre, fósforo, potássio, sódio, entre outros, o que significa que ela pode prevenir e tratar diversos males que possam acometer o nosso organismo, desde os mais simples, como insônia, até os mais perigosos, como o câncer.

Como se não bastasse tudo isso, a fruta ainda é pouquíssimo calórica (com cerca de 70 calorias por cada 100 gramas), o que significa dizer que ela pode ser a aliada que você estava procurando para colocar a silhueta em dia e alcançar de uma vez por todas o sonho da boa forma.

A seguir, você vai conhecer quais são os principais benefícios da graviola para a saúde e descobrir por que você não pode deixar de incluir essa saborosa furta no cardápio diário. Vem comigo!

1 – Fortalece os ossos

Por ser rica em fósforo e cálcio, a graviola é considerada um alimento essencial para auxiliar na formação e manutenção dos ossos, tornando-os mais fortes contra fraturas e lesões, além de prevenir doenças como a osteoporose. Ainda, por também conter entre os seus nutrientes o zinco, que é o mineral cofator da vitamina D e de sua ação na fixação do cálcio, a fruta pode ajudar a manter a saúde do tecido ósseo de uma forma geral.

2 – Previne o câncer

Apesar de ainda estar em fase de estudos, especialistas apontam que o consumo de graviola pode ajudar na prevenção do câncer, devido às suas propriedades anticancerígenas.

Para se ter uma ideia, algumas pesquisas realizadas com camundongos e cultura de células mostraram que o extrato da planta pode auxiliar de forma eficaz no combate a 12 tipos de câncer, incluindo o de mama, o que mais mata mulheres não só aqui no Brasil como no mundo todo.

Estudiosos acreditam que os benefícios da graviola neste sentido se devem à ação antitumoral das chamadas acetogeninas, presentes em sua composição. Inclusive, por causa das mesmas, foi comprovado que comer graviola pode ser ideal para matar células cancerosas em até 10 mil vezes mais se comparado aos medicamentos utilizados na quimioterapia, impedindo-as de crescerem e se multiplicarem.

3 – Ajuda na perda de peso

A graviola, assim como outras frutas, é uma excelente fonte de fibras, o que significa dizer que ela pode ser uma grande aliada no emagrecimento.

Isso porque esses nutrientes podem ajudar a manter a sensação de saciedade no estômago por mais tempo, já que têm a capacidade de reter água no interior do trato gastrointestinal, evitando a fome fora de hora e fazendo com que se consuma menos calorias durante o dia, fatores ideais para quem quer perder peso.

Além disso, as fibras também possuem o papel fundamental de ajudar a reduzir o índice glicêmico de cada refeição, quando ingeridas com outros alimentos, evitando o acúmulo de glicose no sangue e posterior transformação destas em gorduras. Ainda, o índice de açúcares da graviola também é baixo, de 32, o que a torna mais uma vez um alimento ideal para quem quer emagrecer de forma saudável.

No entanto, como todo alimento, não é recomendado exagerar no consumo da fruta durante o dia, pois apesar de conter baixo índice glicêmico, comer muitas unidades pode acarretar em mais açúcares consumidos, podendo levar ao ganho de peso. Fique esperta!

4 – Ajuda no ganho de músculos

Por conter potássio entre os seus nutrientes, considerado um mineral essencial para os mecanismos bioquímicos de transmissão dos impulsos nervosos e da contração muscular, a graviola também pode ajudar no ganho de músculos. Sendo assim, a fruta pode ser um alimento crucial para atletas e praticantes de atividades físicas, já que melhora o seu desempenho e evitando câimbras e fadiga excessiva.

O potássio age melhorando as contrações dos músculos esqueléticos, melhorando a sua resistência e força para exercícios físicos, como corrida, musculação, entre outros. Ainda, como o coração, as veias e artérias também são formados por músculos, o mineral também ajuda melhorando a saúde do sistema cardiovascular como um todo, evitando até mesmo doenças como a hipertensão.

Portanto, se você ama praticar esportes ou frequentar uma academia, uma boa dica é incluir a graviola na sua rotina alimentar e potencializar os seus treinos.

5 – Combate a retenção líquida

Muitas mulheres costumam sofrer com inchaços na barriga que, além de incômodos, acabam fazendo parecer que engordamos alguns quilinhos quando subimos na balança. Na verdade, esse inchaço é causado pela chamada retenção líquida, que nada mais é que a “prisão” de água dentro do corpo.

Sendo assim, a graviola também pode ajudar a acabar com esse problema, uma vez que possui em sua composição mais de 82% de água, além de magnésio e potássio, que ajudam na eliminação de líquidos através da urina, reduzindo o seu peso e algumas medidas.

E os seus benefícios não param por aí! Sabe quando estamos nos sentindo inchadas perto de chegar naqueles dias? Pois bem. Os inchaços pré-menstruais também podem ser aliviados, bem como os demais sintomas da TPM, de forma simples e eficiente ao inserir a graviola na dieta. Que tal fazer um teste no próximo ciclo? Fica a dica!

6 – Combate inflamações

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, a graviola também é considerada uma fruta essencial no combate a diversos tipos de inflamações pelo corpo, inclusive aquelas causadas por bactérias, como a febre, diarreias, pneumonia, infecções urinárias e na pele.

Além disso, para que você tenha ideia do quanto a graviola pode fazer bem nesse sentido, consumir a fruta diariamente também pode combater o vírus da herpes e, ainda, das espécies causadoras da leishmaniose e da Doença de Chagas, o conhecido Tripanossoma cruzi.

7 – Melhora a saúde da pele

Graças à vitamina C e outras propriedades antioxidantes encontradas na composição nutricional da graviola, é correto afirmar que a fruta pode fazer muito bem à saúde da pele. Isso porque essas substâncias são capazes de ajudar na hidratação e prevenção do envelhecimento precoce, uma vez que eliminam os radicais livres do organismo, principais responsáveis pelo problema.

Além disso, a vitamina C é essencial para aumentar a produção de colágeno e elastina na pele, tornando-a mais saudável e livre de manchas ou quaisquer sinais do avanço da idade. Se você sofre com acne, também pode utilizar a frutinha como anti-inflamatório para a sua cicatrização e de outros ferimentos.

8 – Combate o estresse

Se você está estressada e cansada da rotina, a graviola pode ser usada como um calmante natural para fazer você se sentir melhor. Isso porque a fruta contém triptofano em sua composição, que é essencial para auxiliar na síntese do neurotransmissor seratonina e do hormônio melatonina, que estão relacionados com o controle do humor e do sono.

Sendo assim, ela pode ajudar a combater o estresse, melhorar o sono e o humor, além de prevenir quadros mais graves de saúde, como a depressão, a ansiedade e a hiperatividade.

/* ]]> */