Nutrição Vegetais

Benefícios do almeirão: veja por que é importante consumir o vegetal

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Durante o verão, quando os dias são mais quentes aqui no Brasil, o nosso organismo pede uma alimentação mais leve e saudável para suportar o calor e manter a hidratação em dia. É por esse motivo que muitos médicos recomendam menos alimentos industrializados na dieta e o maior consumo de verduras, frutas e legumes nesse período do ano, que além de nutritivos, podem fornecer uma boa quantidade de água ao corpo.

Sendo assim, no artigo de hoje, você vai conhecer mais uma boa opção para incluir no cardápio diário não só no verão, como em todos os demais dias do ano: o almeirão. Também conhecido como chicória amarga, chicória-do-café, chicória-selvagem e almeirão-selvagem, a planta, que possui o nome científico de cichorium intybus (a mesma da alface), pertence à família das asteraceae e é originária da Europa Mediterrânea.

Por conter baixo teor calórico e, ainda, várias propriedades medicinais, o seu cultivo se espalhou por todo o mundo, inclusive o Brasil, sendo consumida amplamente tanto na alimentação humana quanto animal para tratar problemas de saúde, como no intestino ou fígado, por exemplo.

Isso porque a planta é rica em nutrientes importantes para o bom funcionamento do corpo, como é o caso de fibras, potássio, proteínas, cálcio, fósforo, zinco, ferro, manganês, magnésio, além de vitamina A, vitaminas do complexo B (B1, B2 e B3) e vitamina C. E a boa notícia é que, para obter todos os benefícios desses nutrientes presentes na erva, você pode consumi-la de várias maneiras, seja crua, cozida, em forma de chá ou como acompanhamento de comidas.

Quer saber mais sobre os benefícios do almeirão para a saúde? Então, continue lendo esse post até o final e entenda por que ele não pode mais faltar na sua alimentação a partir de hoje. Vem comigo!

Ajuda a emagrecer

Se você está querendo eliminar aqueles quilinhos extras que estão incomodando na balança, o almeirão pode ser uma ótima alternativa para conseguir melhores resultados no processo de emagrecimento.

Isso porque, além de conter baixo índice calórico, fornecendo apenas 7 calorias em uma porção equivalente a uma xícara e 23 calorias a cada 100 gramas de alimento, o vegetal também contém boas quantidades de nutrientes de inulina e a oligofrutose, dois nutrientes capazes de agir na regulação do chamado hormônio da fome: a grelina.

Sendo assim, ao reduzir a sensação de fome, o almeirão promove também a elevação da saciedade no estômago, causando uma consequente diminuição na quantidade de calorias consumidas e, portanto, a perda de peso.

Alivia dores musculares

O almeirão também possui excelentes propriedades anti-inflamatórias, o que significa que ele pode ser consumido para combater dores nos músculos e articulações, tornando-se ideal na alimentação de atletas ou pessoas que praticam atividades físicas de forma regular ou para pacientes que sofrem com doenças desse tipo, como é o caso da artrite.

Melhora a digestão

Ainda por conta da inulina presente em sua composição, o almeirão também pode fazer muito bem ao funcionamento do nosso sistema digestivo. Isso porque, quando dentro do estômago, esse nutriente ajuda a estimular a produção de sucos gástricos, algo que contribui de forma positiva para a melhora da digestão.

Além disso, a inulina também é uma ótima contribuidora para a melhoria dos movimentos intestinais, uma vez que tem efeito laxante de intensidade leve, combatendo a prisão de ventre, mas sem causar quadros de diarreias.

Outro benefício desse componente para o sistema digestivo é a sua ação estimulante, que promove a produção do bile e evacuação da vesícula, diminuindo as chances de desenvolvimento de vesícula biliar.

Portanto, os resultados que você pode ter na saúde ao consumir o almeirão é redução dos riscos de insuficiência hepática, indigestão, doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), azia e até mesmo complicações gastrointestinais graves, como câncer de cólon e estômago.

Combate a retenção líquida

Muitas mulheres reclamam que sofrem com a retenção líquida, um problema que causa inchaços e desconfortos na região abdominal. Sendo assim, ao consumir o almeirão, você pode acabar com essa condição, já que o vegetal possui excelente ação diurética no organismo, o que pode aumentar a frequência da excreção de urina.

Com isso, é possível melhorar a saúde hepática e renal, promovendo uma maior eliminação de toxinas do corpo, que são as grandes responsáveis por doenças graves nessa parte do corpo.

Melhora a circulação sanguínea

O almeirão possui nutrientes capazes deixar o sangue mais fluido e, portanto, auxiliar na melhora da circulação deste pelo corpo. Ao consumir o alimento, você pode ajudar na retirada de toxinas que causam a angina (dor causada pelo estreitamento das artérias que transportam o sangue ao coração) no peito e diminuir a pressão arterial, fator crucial para as pessoas que sofrem com a hipertensão.

Além disso, existem estudos, embora ainda recentes, que ele pode resultar na redução do batimento cardíaco de seus consumidores.

Combate a ansiedade e estresse

Por conter ótimas propriedades que fornecem efeitos sedativos ao corpo, o almeirão pode ajudar no combate à ansiedade e estresse, fazendo com que sua mente permaneça relaxada por mais tempo, principalmente após dias mais cansativos de trabalho. Além disso, ao introduzir o vegetal de forma frequente na sua alimentação, também é possível promover uma melhoria na qualidade do sono.

E não custa nada lembrar que quem anda muito ansiosa e estressada tem maiores chances de sofrer com problemas como desequilíbrios hormonais, doenças no coração, insônia, envelhecimento precoce e declínio nas capacidades cognitivas.

Fortalece o sistema imunológico

Para manter a saúde de ferro, é preciso que o sistema imunológico esteja sempre funcionando adequadamente. Para isso, você pode contar com os benefícios do almeirão, já que o vegetal combate os efeitos das bactérias, como também possui um grupo de substâncias chamadas de fitoquímicos, responsáveis por colaborar com a eliminação de radicais livres do corpo, elementos maléficos que podem trazer problemas no coração e câncer.

/* ]]> */