Emagrecimento Nutrição

Benefícios do pistache para a saúde e boa forma; veja aqui quais são

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Apesar de não ser muito popular por aqui, este fruto seco originário da Ásia é fonte de nutrientes; faz bem à saúde e às curvas. Conheça a seguir os principais benefícios do pistache, um parente das nozes, castanhas e amêndoas que tem tudo para fazer parte da sua dieta:

Combate à diabetes – graças às fibras e gorduras “do bem” encontradas nesta oleaginosa, ela acaba auxiliando na diminuição dos níveis de glicose e no retardo da absorção desta substância.

Favorece a digestão – a riqueza em fibras facilita o processo digestivo e evita a prisão de ventre, além de manter a sensação de saciedade por mais tempo e otimizar a eliminação de toxinas.

Prevenção do câncer – a presença de antioxidantes poderosos no pistache permite que ele seja útil no combate aos efeitos dos radicais livres, ligados ao surgimento dos tumores malignos.

O fruto ainda contém elementos capazes de inibir a entrada de radiações prejudiciais através da pele.

Contribui na saúde do coração – o alimento é recomendado para quem precisa controlar o colesterol, pois favorece a diminuição nos níveis do colesterol “ruim” (LDL) no sangue, devido suas gorduras boas.

Beneficia a saúde dos olhos – o pistache é fonte de carotenoides, substâncias com função de proteger os olhos da radiação ultravioleta; ajuda a fortalecer o tecido ocular e a retardar a degradação da mácula.

Não é de hoje que os estudiosos e profissionais de nutrição estão de olho nos benefícios do pistache. Especialmente no que diz respeito ao seu baixo valor calórico e grande riqueza em fibras e proteínas.

Ele é objeto de pesquisa inclusive de conceituadas universidades como a Harvard, localizada nos Estados Unidos, na qual chegou-se à conclusão que as vantagens do pistache são ainda maiores quando ele é consumido com sua casca.

Benefícios do pistache na perda de peso

O consumo do pistache vem sendo apontado como aliado no controle do apetite e manutenção do peso ideal.

Estudos divulgados em uma publicação chamada Appetite indicam que o alimento pode ser uma escolha gostosa para quem deseja manter a forma, mas tem o hábito de beliscar o dia inteiro, por exemplo.

Assim, seria possível abaixar a quantidade diária de calorias e, por consequência, emagrecer.

Lembrando ainda que as sementes são consideradas um dos melhores produtos a serem inseridos no cardápio, porque oferecem variados nutrientes. Fora isso, são práticas, fáceis de levar para toda a parte na bolsa, evitando lanches muitas vezes calóricos e sem valor nutricional.

Conheça melhor os benefícios do pistache

Esta oleaginosa que melhora o trânsito intestinal e contribui no controle da glicemia fornece potássio, magnésio, vitamina K, vitamina E e inúmeros fitoquímicos.

É a mais rica em carotenoides, potássio, fitosterol, y-tocoferol e vitamina K entre as castanhas. E sua coloração verde e roxa é resultante da luteína e antocianina.

Os antioxidantes protegem o organismo dos malefícios dos radicais livres, produzidos pelas funções do próprio corpo e, também, durante as atividades físicas. Estes vilões da saúde atacam as células, deixando-as mais propensas a danos, inclusive em seu DNA.

A vitamina E e os carotenoides (betacaroteno e luteína) são protetores celulares. Ao ingerir pistaches, os níveis destes antioxidantes sobem na corrente sanguínea.

Um dos benefícios do pistache, portanto, é inibir as doenças e o envelhecimento precoce. Por meio dos antioxidantes, é possível ainda prevenir a oxidação do LDL, a inflamação e seu depósito nos vasos, ou seja, as enfermidades cardiovasculares.

Não há uma recomendação específica de quantidade diária para obter os benefícios do pistache. Na realidade, cada tipo de castanha traz um mix diferente de nutrientes. Por isso, a variedade delas é tão importante. Geralmente, 20 ou 30 gramas delas por dia são suficientes.

Fica a dica para um lanchinho ou petisco saudável!

Até breve…

/* ]]> */