Looks Moda

Biquínis para cada tipo de corpo: encontre aqui o seu!

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Gostar de quem somos e da forma que temos é uma atitude bacana. Mas sempre dá para melhorar algo, valorizar pontos positivos ou tirar o foco daquelas partes menos atraentes. Pensando assim, hoje eu trago dicas de biquínis para cada tipo de corpo.

Existem basicamente cinco grupos que definem os corpos femininos: triangular ou pera, ampulheta, retangular, triangular invertido e oval.

No primeiro caso, os quadris são mais largos; no segundo, há mais equilíbrio de proporções. Por isso, este é usado como referencial para técnicas e truques que aproximam os demais formatos dele.

Já o triângulo invertido é o oposto do corpo pera ou triangular, ou seja, os ombros são mais largos que os quadris.

O corpo retangular é aquele em que não há cintura marcada ou curvas. Muitas modelos são assim…
No formato oval, a área do abdômen é mais cheia.

É considerando cada característica que podemos definir melhor qual roupa ou, no caso, biquíni fica melhor. Confira dicas para fazer bonito nos trajes de banho:

Ampulheta – o formato “violão” é para muitas a perfeição. Até rimou…rsrsrsrs

Mas a verdade é que todos os modelos de biquínis servem em quem tem ombros e quadris equilibrados, além de cinturinha marcada. O único cuidado é com os extremos, isto é, evite calcinhas largas demais ou fio dental.

Triangular (pera) – para disfarçar a largura e balancear a silhueta, aposte em calcinhas neutras, discretas, escuras e com laterais largas. Biquínis com a parte de cima estampada ou com textura ajudam a criar a impressão de mais busto.

Modelo tomara que caia ou drapeado também serve para criar volume. A ideia é atrair o olhar para a parte superior do corpo e não para o quadril.

Quando os seios são pequenos, aposte em sutiãs com bojo e amarração ou fecho frontal, de efeito push-up. E ainda: babados, aplicações, estampas grandes (geométricas e florais); cortininha tradicional, tomara-que-caia estruturado, torcido ou franzido no meio.

Fuja de sutiã de um ombro se você tem pouquíssimo seio, pois ele “chapa” a área e dá uma impressão de que está desenhado na pele. O tomara que caia estilo faixa reta causa o mesmo efeito. Evite ainda sutiã escuro com calcinha clara – prefira o contrário.

Oval – entre os biquínis para cada tipo de corpo, estão aqueles com calcinhas de cintura alta e sutiãs com laterais e alças mais larguinhas. São perfeitos para quem tem formas ovais – e geralmente está com uma barriga saliente ou uns quilinhos a mais.

Para muitos consultores de imagem, no entanto, as cheinhas devem usar maiô na maioria das vezes. Se você tem corpo formato oval, cuidado com estampas chamativas. Na dúvida, vá de cores neutras, escuras e lisas.

Retângulo – apesar da pouca cintura, as formas são equilibradas. O indicado aqui é criar uma ilusão de cintura mais fina por meio de babados, franjas, estampas e lacinhos.

Padronagens chamativas, cores vibrantes e volume na calcinha e sutiã também são boas opções para obter o efeito. Invista ainda na modelagem cortininha, tomara que caia ou maiô recortado.

A proposta é ter bastante informação tanto em cima quanto em baixo. E como geralmente o bumbum da mulher com corpo ampulheta é pequeno, a dica para valorizar a região é usar com detalhes. Abuse de bordados, zíperes, laços, estampas grandes e listras horizontais.

Triângulo invertido – quando os ombros são mais largos em relação aos quadris, é fundamental investir em peças sem alças e tomara que caia.

Sutiã liso, em cores neutras combinado com calcinha em cor vibrante ou estampada ajuda muito também. O objetivo é valorizar a parte inferior do corpo e disfarçar a área superior.

Sabendo quais são os biquínis para cada tipo de corpo, é mais fácil continuar linda na praia ou piscina sem perder a elegância e a sensualidade. Afinal, ficar desconfortável usando a peça errada não é nada atraente, concorda?

Até a próxima!

/* ]]> */