Beleza Cabelos

Cabelos mistos: confira dicas para cuidar corretamente

Saber identificar qual é o seu tipo de cabelo é essencial para conseguir tratá-lo da forma adequada e cuidar bem para que ele fique sempre saudável e bonito. Atualmente, existem vários produtos capilares específicos para cada tipo de fio, seja ele seco, oleoso, normal ou misto, já que cada um requer uma rotina de cuidados diferentes.

Conheça Nossa Loja Virtual! Você gosta de brincos? Clique aqui para acessar e conferir as promoções de lançamento!

Por falar em cuidados com os cabelos, os fios secos ou oleosos exigem cuidados especiais e diários que, na maioria das vezes, dão muito trabalho. No entanto, são os cabelos mistos, tipo mais comum entre as brasileiras, os mais difíceis de cuidar, segundo a opinião da maioria dos dermatologistas.

Isso porque, por terem como principal característica a mistura de fios secos e oleosos (raiz oleosa e comprimento seco), tornam-se muito difíceis de alcançar o equilíbrio entre esses dois extremos. Portanto, a tarefa de lavar, tratar e cuidar no dia a dia precisa ser minuciosa.

Em geral, os cabelos mistos têm forte presença de pontas duplas, por causa do comprimento mais ressecado, e a raiz bastante oleosa, que exige uma lavagem quase que diária. Por isso, eles necessitam de cuidados bem diferentes com cada uma das partes do cabelo para equilibrá-las e deixar o cabelo sempre bonito e saudável.

Se você tem cabelos mistos e quer saber como cuidar deles corretamente, continue lendo esse artigo até o final e confira as melhores dicas para não errar na hora de tratar os seus fios.

Como saber se tenho cabelos mistos?

Para quem não sabe, os cabelos mistos são, como o próprio nome já diz, uma mistura de fios oleosos na raiz e fios ressecados no comprimento até as pontas. Geralmente, os tipos de cabelos que possuem essas características são os ondulados, cacheados e crespos, uma vez que a oleosidade natural do couro cabeludo (hidrolípidico) não consegue chegar até o comprimento e pontas por conta do formato do fio (com ondas ou molas), fazendo com que o óleo se concentre todo na raiz.

Ainda, o fator genético também pode determinar a raiz oleosa. Quanto ao ressecamento do comprimento e pontas, alguns fatores externos, como o clima, exposição solar, uso de produtos e químicas, banhos com água quente, muito secador e chapinha, entre outros, podem causar o efeito “espigado”, resultando no que conhecemos como cabelos mistos.

Por isso, são inúmeros os cuidados necessários para tratar esse tipo de cabelo, que incluem uma rotina especial para buscar o equilíbrio ideal entre essas duas texturas e não deixar o cabelo nem tão oleoso e nem tão ressecado.

6 cuidados essenciais para cuidar corretamente de cabelos mistos

Agora que você já conseguiu identificar se o seu cabelo é ou não misto, chegou a hora de saber como cuidar dos fios corretamente para mantê-los sempre saudáveis e bonitos. Veja quais são os principais cuidados necessários:

1 – Lavagem

Os cabelos mistos devem ser lavados sempre com um shampoo específico para combater a oleosidade na raiz. Lembre-se que nenhum shampoo deve ser aplicado no comprimento dos fios ou pontas, pois pode promover ainda mais o efeito ressecado que ele já tem naturalmente.

Ainda, é imprescindível evitar o acúmulo deste produto no couro cabeludo, pois pode causar o entupimento dos folículos pilosos, irritação e aumentar a oleosidade na região. Por isso, a dica principal é diluir o shampoo em um pouco de água antes de aplicar na cabeça.

Além disso, o ideal é equilibrar os dias de lavagem dos cabelos. Tente não deixá-los nem tão sujos, pois isso pode aumentar a oleosidade na raiz, e nem lavá-los todos os dias, já que a lavagem excessiva também pode dar o mesmo efeito e potencializar ainda mais a produção de óleo.

Veja também

E a temperatura da água deve sempre fria ou morna, ok? Nada de água quente no cabelo, pois ela pode aumentar a oleosidade da raiz, por conta do calor excessivo, e causar o ressecamento do comprimento e das pontas.

Veja também: Como lavar os cabelos: Veja os 8 erros mais cometidos [Infográfico]

2 – Condicionamento

O condicionador para cabelos mistos deve ser mais hidratante, pois o comprimento e as pontas precisam de hidratação para amenizar o ressecamento excessivo. Ao contrário do shampoo, este produto deve ser aplicado sempre da extensão dos fios até as pontas, e nunca na raiz, uma vez que ele pode aumentar a oleosidade da região. A dica é passar o condicionador sempre da altura das orelhas para baixo.

3 – Hidratação

Manter o comprimento e as pontas sempre hidratados é ideal para ter um cabelo misto bonito e saudável. Por isso, a hidratação deve ser feita semanalmente, com o uso de produtos hidratantes, como óleos, séruns ou máscaras. Mas, lembre-se de que nenhum deles devem encostar na raiz, já que eles podem provocar uma maior produção de oleosidade e afetar a aparência e saúde do couro cabeludo.

4 – Secagem

Tão importante quanto saber lavar, condicionar e hidratar os cabelos é aprender a secá-los da maneira correta. Nunca esfregue a toalha na raiz, pois a fricção pode causar o aumento da oleosidade através do estímulo da produção pelas glândulas sebáceas. A maneira correta é apenas amassar o comprimento dos cabelos contra a toalha.

5 – Finalização

Para finalizar as madeixas, opte por aplicar um bom leave-in nas pontas dos cabelos, principalmente aqueles com proteção térmica, ou séruns ou óleos (como o de coco) de consistência mais fina. Estes produtos ajudarão a manter a hidratação necessária que as pontas precisam para combater o ressecamento, mesmo que você vá finalizá-los com o secador e a chapinha.

6 – Corte

De um modo geral, todos os tipos de cabelo necessitam de um corte pelo menos a cada três meses. No entanto, os cabelos mistos, por terem a prevalência de pontas sempre muito secas, devem passar por uma tesoura com maior frequência para evitar as pontas duplas e a aparência incômoda que elas provocam.

Sempre que notar as suas pontas mais danificadas, enfraquecidas, quebradiças e duplas, está na hora de fazer um corte. Lembre-se que, por mais que você cuide bem delas, deixando-as sempre hidratadas, depois de danificadas, não há como recuperá-las.

Além disso, pontas recém-cortadas costumam ser bem saudáveis e, portanto, ajudam na hidratação, permitindo que os nutrientes dos produtos capilares sejam absorvidos de maneira mais eficaz.

Veja quais são os melhores cortes para cabelo feminino para 2017

O que não fazer com cabelos mistos?

Agora que você já sabe como cuidar bem dos seus cabelos mistos, é essencial entender também quais são os hábitos que você não deve ter se quiser mantê-los sempre saudáveis e bonitos. Veja quais são:

  • Evite usar chapéus, bonés ou qualquer outro tipo de acessório que cubra toda a raiz e a deixe abafada. O ato pode promover ainda mais o aumento da oleosidade por conta do calor sobre a cabeça. O mesmo vale para quem gosta muito de deixar os cabelos presos.
  • Na hora de pentear os cabelos, procure passar a escova apenas do comprimento até as pontas dos fios, e nunca no couro cabeludo. Escovar essa região pode estimular as glândulas sebáceas a trabalharem mais e, consequentemente, aumentar a oleosidade na raiz.
  • Ficar com resquícios de produtos capilares nos fios e, principalmente, na raiz pode entupir os folículos pilosos do couro cabeludo, causando irritação e aumentando a oleosidade. No comprimento e nas pontas, os fios podem ficar pesados e quebrar com maior facilidade.
  • Quem tem cabelos mistos deve evitar o uso de produtos com álcool ou shampoos antirresíduos de forma frequente. Estes produtos podem deixar a raiz e as pontas ressecadas. No caso do couro cabeludo, com o ressecamento da região, o resultado pode ser de ainda mais produção de sebo.

Produtos ideais para cabelos mistos

Além de manter alguns hábitos e evitar outros na hora de cuidar dos seus cabelos mistos, é preciso saber quais são os produtos mais indicados para tratar esse tipo capilar. Confira, a seguir, quais são eles:

Shampoo esfoliante

Como você já sabe, quem tem cabelos mistos costuma ter a raiz muito oleosa, o que pode causar seborreia, descamação do couro cabeludo, irritação e até caspa. Por isso, para evitar todos esses problemas é preciso investir em um bom shampoo esfoliante para remover as camadas de células mortas e promover uma renovação celular na região.

No entanto, esses produtos não ser usados diariamente, pois podem causar o efeito rebote e deixar a raiz ainda mais irritada e sensível. Neste caso, a aplicação deve ser feita a cada 15 dias ou, em casos mais severos de oleosidade, uma vez na semana, somente no couro cabeludo e nunca no comprimento e pontas dos cabelos.

Shampoo a seco

O famoso shampoo a seco é uma excelente alternativa para quem tem cabelos mistos, que têm a raiz muito oleosa. O seu uso é exclusivo para os casos em que os fios estiverem muito sujos e não puderem ser lavados imediatamente. A principal função do shampoo a seco é absorver a oleosidade da raiz e dar aos fios um aspecto temporário de limpeza, desgrudando-os da cabeça.

Vale lembrar que o produto não deve ser incluído na rotina de cuidados com os cabelos. Ele serve apenas como uma “emergência” para quando não der tempo de lavar os fios. O modo correto de uso é aplicar o produto apenas uma vez na semana, a uma distância de 20 centímetros da cabeça. Evite aplicá-lo no couro cabeludo, pois pode causar descamação e entupir os folículos pilosos.

Reparador de pontas

Os chamados reparadores de pontas, ou seladores de pontas, como muita gente os conhece, são ideais para incluir na rotina de quem tem cabelos mistos. Isso porque este tipo capilar costuma ter a ponta ressecada, o que pode ser amenizado com o uso dos produtos.

Eles possuem em sua fórmula partículas positivas e negativas que formam uma espécie de gel. A sua principal função é ligar as cargas positivas às negativas das pontas duplas, melhorando o aspecto do cabelo. O seu uso deve ser diário para obter os resultados desejados, uma vez que quando os produtos saem durante a lavagem dos fios, as pontas duplas voltam a aparecer.

Máscaras hidratantes e nutritivas

Lembra quando dissemos que o comprimento e as pontas dos cabelos mistos precisam estar sempre bem hidratadas? Pois bem! Para fazer a hidratação correta e semanal dos seus fios, serão necessárias máscaras com alto poder hidratante e nutritivo.

Os produtos podem ser encontrados facilmente em lojas de cosméticos, farmácias e supermercados em versões concentradas, umectantes e nutritivas. As melhores opções são aqueles com fórmulas ricas em ácidos graxos, aminoácidos, queratina e proteína.

Máscaras secativas

As chamadas máscaras secativas são feitas a partir de ingredientes como o azuleno, argila e zinco. Neste caso, elas são ideais para serem aplicadas no couro cabeludo de quem tem cabelos mistos, que possuem a raiz mais oleosa.

Os produtos vão ajudar a eliminar um pouco da oleosidade excessiva na região, deixando-os agir apenas de 20 a 30 minutos na região. Depois de usar as máscaras secativas, é preciso aplicar uma máscara nutritiva a partir da extensão dos fios até as pontas para evitar o possível ressecamento causado por esses produtos.

Conheça Nossa Loja Virtual! Você gosta de brincos? Clique aqui para acessar e conferir as promoções de lançamento!