Maternidade Saúde Bucal

Cárie de mamadeira: como evitar? Saiba aqui como proteger seu bebê

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

A cárie de mamadeira é um problema que já atinge a maioria das crianças até 2 anos de idade. Mas como se proteger dessa doença e garantir a saúde bucal dos pequenos?

Segundo a publicação da Journal of Management & Primare Health Care, cerca de 55% das crianças com até 2 e meio anos de idade acabam contraindo cáries. Por isso, é muito importante conhecer os métodos de prevenção de cáries.

Neste artigo, saiba mais sobre a cárie de mamadeira, entenda suas causas e saiba como garantir que seu bebê esteja protegido dela.

Veja também: Nascimento dos dentes: saiba identificar e aliviar o desconforto do bebê.

O que é a cárie de mamadeira:

A cárie de mamadeira é um tipo de cárie rampante.

Ambas são rápidas e agressivas, mas a cárie de mamadeira atinge os dentes de leite, enquanto a cárie rampante comum ataca os dentes permanentes.

A cárie de mamadeira tem esse nome porque uma de suas principais causas é o açúcar presente nos achocolatados e demais complementos que são colocados junto com o leite que a criança toma.

O maior problema são os hábitos de mamar antes de dormir e pegar no sono ainda com a mamadeira na boca. Na grande maioria dos casos, as crianças não possuem hábitos de higiene bucal antes de dormir.

Quando adormecem com os resíduos de açúcar sobre os dentes, eles tendem a se tornar um meio de cultura muito propício para o desenvolvimento das bactérias, como o estreptococo mutans, causador da cárie de mamadeira.

A cárie de mamadeira é muito mais comum nos dentes superiores e possui uma evolução muito rápida.

Caso não seja tratada, pode causar a destruição da estrutura dentária, muita dor, infecções graves e problema nutricionais e de fala.

Como proteger meu bebê da cárie de mamadeira?

Para que a cárie de mamadeira consiga se desenvolver são necessários 4 fatores principais:

  • dentes sensíveis;
  • bactérias causadoras de cárie;
  • substâncias que alimentem a colônia de bactérias;
  • tempo.

Isso significa que a falta de higiene bucal em conjunto com os fatores que favorece a cárie já são causadores do problema. Para evitar é necessário uma série de mudanças de hábito. Confira:

1. Aleitamento materno:

O leite materno é o alimento mais completo em nutrientes e deve ser a única fonte de alimento do bebê nos primeiros 6 meses de vida.

Em conjunto com outros hábitos saudáveis, ajuda a diminuir a proliferação de bactérias causadoras de cáries.

Veja também: Guia prático para amamentação.

2. Adeus, mamadeira:

Em alguns casos a criança se alimenta por meio de fórmulas artificiais. Nestes casos, segundo a orientação de profissionais da área, é preciso impedir que a mamadeira se torne um mau hábito.

Uma boa alternativa à mamadeira é o uso do copo para alimentar a criança desde cedo. No vídeo abaixo, você aprenderá a técnica do uso do copinho para bebês:

3. Evitar açúcar e leite de vaca:

Segundo especialistas uma das principais causas de cárie de mamadeira é a ingestão de açúcar.

Os maiores vilões para a saúde bucal do bebê são as mamadas noturnas associadas ao leite adoçado, refrigerantes, sucos de frutas e ao leite de vaca.

O leite de vaca puro possui lactose, que pode servir de alimento para as bactérias causadoras da cárie.

4. E principalmente, a higiene bucal:

Além das dicas anteriores, o que todas as crianças deve ter desde cedo, é o hábito da higiene bucal. São atitudes simples do dia-a-dia que farão muita diferença para evitar as cáries.

Veja como fazer a higiene bucal dos bebês nos primeiros meses de vida:

  • antes dos primeiros dentes: use uma fralda limpa umedecida com água filtrada, enrolando-a no dedo e limpando delicadamente a gengiva, interior das bochechas e língua do bebê;
  • após o nascimento dos primeiros dentes: use uma dedeira de silicone para higienizar o interior da boca do bebê, passando pelos dentes, gengivas, bochechas e língua;
  • depois do nascimento dos molares: use uma escova de dentes infantil.

Sempre faça a limpeza da boquinha do bebê após as mamadas.

 

Quer saber mais sobre o nascimento dos dentes e outros cuidados com o seu bebê? Veja: Nascimento dos dentes: como identificar e aliviar o desconforto do bebê.

/* ]]> */