Beleza Emagrecimento Nutrição Saúde

Cerveja sem álcool engorda?

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Dizer que cerveja sem álcool engorda é tecnicamente correto, mas pode ser um pouco injusto. A bebida apresenta cerca de 40% menos calorias do que sua versão convencional, e a falta de álcool ainda auxilia o metabolismo do corpo.

A bebida pode ser um problema para alguns grupos – principalmente os diabéticos – mas, em geral, é uma boa alternativa. É uma maneira eficiente de reduzir o consumo de calorias de quem não abre mão de uma cervejinha ocasional.

O fígado e a cerveja sem álcool

Uma das grandes vantagens da cerveja sem álcool na dieta está além da questão de calorias reduzidas. A famosa “barriguinha de cerveja” ocorre por um motivo específico: o álcool.

Naturalmente, nosso fígado dedica-se a metabolizar a gordura daquilo que ingerimos. Quando bebemos álcool, ele prioriza a metabolização do álcool, deixando as gorduras para depois. Isso faz com que elas acumulem-se e sejam armazenadas pelo corpo.

Por isso, embora seja correto dizer que cerveja sem álcool engorda, é importante levar em consideração que ela engorda menos. Isso é especialmente verdade quando falamos sobre ganho de gordura no corpo.

Cerveja sem álcool ou com álcool: qual tomar durante o regime?

barriga-engorda-mito-ou-verdade

Uma das maiores preocupações na pergunta “cerveja sem álcool engorda?” é, sem dúvidas, a questão calórica. No final das contas, o processo de emagrecimento baseia-se em um déficit energético.

Ele só pode ser obtido através de uma gasto de calorias maior do que seu consumo. Isso faz com que as preocupações imediatas, em um regime, estejam voltadas à quantidade de calorias em cada alimento.

No caso da cerveja sem álcool, ela efetivamente apresenta menos calorias do que a versão convencional. Neste sentido, ela é uma aliada maior de quem está cortando calorias, mas não abre mão da cervejinha.

Vale lembrar, no entanto, que ela ainda possui uma boa quantidade de calorias (cerca de 90 por lata). Por isso, se possível, tente eliminar totalmente a cerveja de sua dieta, durante um regime!

Diabéticos devem consumir a cerveja sem álcool?

Via de regra, um dos problemas da cerveja sem álcool é sua concentração de açúcares. Em um processo de fermentação de bebidas com álcool, os açúcares do líquido são “alimento” da fermentação, convertendo-se em álcool.

No caso da cerveja sem álcool, a falta de conversão alcoólica garante uma presença maior de açúcar na bebida. Isso quer dizer que, embora a bebida seja menos calórica do que a versão comum, ela é mais prejudicial para quem possui restrições em relação ao açúcar.

É verdade que cerveja sem álcool possui álcool?

2zil1ujxogl3p180nvh9umbm4

Pode ser verdade, mas é necessário dar atenção aos detalhes. Quando falamos que a cerveja sem álcool engorda ou possui álcool, estamos tratando de modulação, e deve-se realizar comparações com as versões regulares da bebida.

No caso da presença de álcool, a legislação brasileira define que uma bebida sem álcool é aquela com, no máximo, 0,5% de teor alcoólico. Isso quer dizer que a bebida pode ter até esta concentração em sua composição.

Por isso, tecnicamente, há álcool. Na prática, no entanto, a concentração é tão pequena que você precisaria beber muito até haver concentração suficiente em seu sangue para que pudesse surtir algum efeito.

Veja também:

Comentar

/* ]]> */