Remédios Saúde

Chiclete para parar de fumar: como funciona o chiclete de nicotina?

Chiclete para parar de fumar
Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Os chicletes são um divertido passatempo e uma distração para muitas pessoas, e então porque não utilizar esse produto como um substituto para o cigarro em um processo onde você está tentando parar de fumar? Muitas pessoas mastigam chiclete quando tentam parar de fumar, porque esse ato proporciona um prazer oral semelhante ao hábito de fumar.

O chiclete de nicotina foi inicialmente introduzido no mercado como um medicamento de prescrição chamado “Nicorette”. Esta foi, na verdade, a primeira opção farmacêutica que surgia para ajudar as pessoas a parar de fumar e seu desenvolvimento começou no início da década de 1960, e inicialmente era preciso de receita médica para adquiri-lo, mas hoje você encontra qualquer chiclete de nicotina facilmente em qualquer farmácia.

Estudos mostraram que o uso de produtos de substituição de nicotina, como o chiclete de nicotina, poderia reduzir os desejos de fumar por até 24 horas, embora alguns outros estudos independentes mostrem que foram necessários sistemas de suporte adicionais além do uso de terapia de reposição de nicotina para que o usuário conseguisse parar de fumar com sucesso. Porém, o fato é, o chiclete de nicotina indiscutivelmente pode ajudar você a parar de fumar.

O que é o chiclete para parar de fumar

O chiclete de nicotina é uma goma muito dura que é separada em embalagens individuais. A goma contém 2 ou 4 mg de nicotina em cada peça, o que é aproximadamente igual à quantidade de nicotina em 1 a 2 cigarros. Os fumantes que precisam ter seu primeiro cigarro nos primeiros 30 minutos após acordarem de manhã devem começar com a dose de 4 mg de chiclete de nicotina, enquanto aqueles que podem aguardar 30 minutos ou mais depois de acordar para consumir seu primeiro cigarro geralmente conseguem ficar bem iniciando com os 2 mg dose.

Os fumantes podem usar o chiclete de nicotina tanto quanto uma vez por hora, até atingir um total de 24 peças por dia. Em geral, você deve diminuir a dose do chiclete de nicotina espaçando os intervalos entre cada unidade por um número maior de horas durante um período de várias semanas. O chiclete de nicotina não é considerado seguro por mais de 12 semanas de uso ou por mulheres grávidas.

Como funciona o chiclete para parar de fumar

O chiclete de nicotina é mastigado pelo menos 15 minutos depois de comer ou beber. Você mastiga a goma até que ela fique mais macia e comece a soltar um sabor um pouco picante e uma sensação de formigamento. Nesse ponto, você deve colocar seu chiclete de nicotina entre as gengivas e a bochecha, e deixá-lo nesse lugar por alguns minutos. Quando a gengiva começar a perder a sensação de formigamento, você pode mastigar novamente até que esse sentimento volte. Você pode repetir esse ciclo tantas vezes achar que seja necessário por até 30 minutos. O que acontece nesse processo é que o corpo absorve a nicotina na corrente sanguínea depois do chiclete ser mantido no lugar ao lado da bochecha. A quantidade de nicotina contida nos chicletes é praticamente toda absorvida pela nossa corrente sanguínea e por isso conseguimos diminuir os sintomas de abstinência do cigarro.

Efeitos colaterais do chiclete para parar de fumar

O chiclete de nicotina pode ser divertido de se mastigar, mas ainda é uma medicação que em um momento inicial estava disponível apenas por meio de receita médica. Como tal, esse medicamento pode ter muitos efeitos colaterais potenciais. Felizmente, embora você não possa eliminar completamente a possibilidade de experimentar efeitos colaterais, eles podem ser minimizados pelo uso cuidadoso da medicação. Mastigar o chiclete de nicotina muito rápido – chupar um chiclete imediatamente atrás do outro – pode aumentar drasticamente o risco de efeitos colaterais. Mas, evitando essas ações, você pode não experimentar tantos efeitos colaterais.

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns associados ao chiclete de nicotina incluem o seguinte:

  • Sensação de boca seca
  • Náuseas
  • Vômito
  • Tontura
  • Fraqueza
  • Diarreia
  • Batimentos cardíacos rápidos
  • Dificuldade para respirar
  • Erupção cutânea
  • Bolhas ou feridas na boca

Riscos à saúde a longo prazo

O chiclete de nicotina pode ter riscos à saúde se utilizado a longo prazo, isso porque o chiclete e outros produtos de substituição de nicotina são medicamentos, e eles podem ter sérios efeitos. O risco mais grave de usar produtos de substituição de nicotina é a sobredosagem acidental ou a intoxicação por nicotina. Na maioria das vezes isso acontece porque as pessoas estão fazendo uso da medicação de substituição de nicotina enquanto continuam a fumar, dobrando a dosagem de nicotina no organismo.

Os produtos de substituição de nicotina devem ser utilizados apenas sozinhos, de maneira a fornecer um substituto para o vício em nicotina. Os sintomas de sobredosagem ou intoxicação pela nicotina incluem dificuldades respiratórias, convulsões e até mesmo a morte. As crianças também estão em risco de envenenamento pela nicotina se encontrarem a caixa de chicletes e fizerem seu uso, principalmente por causa de sua semelhança com outras formas não tóxicas de chiclete.

Mesmo o uso normal do chiclete de nicotina, de acordo com as instruções da embalagem, pode causar alguns riscos para a saúde. O uso prolongado do chiclete de nicotina pode causar fraqueza muscular na garganta e levar a hipopatias crônicas, uma sensação de garganta fechada e irritações. A nicotina em qualquer forma também pode levar a um maior risco de doença cardíaca e pode contribuir para o câncer de garganta, boca e esôfago, refluxo gastresofágico e acidente vascular cerebral.

As mulheres que estão grávidas não devem usar o chiclete de nicotina porque podem causar um risco aumentado de defeitos congênitos, especialmente quando esse medicamento for utilizado nas primeiras 12 semanas de gravidez. As mulheres grávidas devem perguntar aos médicos sobre métodos mais seguros para ajuda-las a parar de fumar.

O chiclete de nicotina pode ser uma ferramenta eficaz em seu arsenal total de opções para ajudar a parar de fumar. No entanto, é muito importante seguir as instruções sobre como usar esses medicamentos poderosos adequadamente para garantir que eles sejam utilizados ​​com segurança.

O chiclete para parar de fumar realmente pode ajudar?

Sim, o chiclete de nicotina realmente pode ajudar você a parar de fumar, desde que seu uso seja planejado e de acordo com o tempo estipulado pelo seu médico, ou mesmo pelas instruções de uso do próprio medicamento. O chiclete de nicotina deverá substituir o cigarro inicialmente, e ao fim do tratamento você deverá parar de consumir o chiclete ao passo que também já conseguiu parar de fumar.

/* ]]> */