Beleza Cabelos

Saiba o que é e como funciona o ciclo de vida dos cabelos

Com certeza, alguma vez na vida você se deparou com o seu cabelo caindo muito ou com dificuldades para crescer, certo? Na maioria das vezes, essa incômoda situação, que acontece corriqueiramente com muitas mulheres, tem a ver com o uso inadequado de produtos capilares, mudanças hormonais, falta de cuidados necessários e diários com os fios ou até mesmo por conta de uma má alimentação, deficiente de nutrientes essenciais para dar vida às madeixas.

Veja também:

Mas, e quando estamos fazendo tudo certo e o cabelo continua a cair ou demorando para crescer? Após descartar todos os fatores que mencionamos acima, é possível que seja apenas uma fase de vida natural pela qual os seus fios estejam passando. Muita gente não sabe, mas assim como todo ser humano (que, via de regra, nasce, cresce, reproduz, envelhece e morre), os cabelos também possuem um ciclo de vida, que você vai conhecer melhor no nosso artigo de hoje.

Durante alguns períodos, é possível que as madeixas passem a cair com maior frequência e reduzir o seu crescimento, o que justifica o fato de o seu cabelo não sair do lugar em determinadas épocas. Quer saber mais sobre como funciona ciclo de vida dos cabelos? Então, continue lendo esse post até o final e entenda tudo sobre o assunto.

Fases do ciclo de vida dos cabelos

Fase 1: Anágena (Crescimento)

A primeira fase do ciclo de vida dos cabelos é chamada de anágena ou de crescimento. Neste período, os fios nascem na extremidade inferior dos folículos pilosos a partir de uma regeneração e maior produção de fibra capilar e crescem de forma independente.

Ou seja, cada folículo possui vida própria e os fios crescem independente um dos outros, e não todos juntos. A fase anágena dura entre três a seis anos e, durante esse tempo, nosso cabelo possui cerca de 80% a 90% dos fios (em uma quantidade de 100 mil), que crescem cerca de 1,25 cm por mês.

Fase 2: Catágena (Repouso)

A fase catágena, também chamada de período de repouso do cabelo, é o período em que os fios se desprendem da extremidade inferior dos folículos pilosos, por causa do término da produção da fibra capilar, e vão até a superfície do couro cabeludo, onde permanecem sem crescimento e preparando-se para a sua morte e posterior queda. Essa fase dura entre três e quatro semanas.

Fase 3: Telógena (Queda)

Na terceira e última fase do ciclo de vida dos cabelos, os fios ainda estão agarrados aos folículos pilosos na superfície do couro cabeludo e continuam assim por um período de três meses. Após esse tempo, eles passam a cair durante a escovação ou lavagem dos cabelos, sendo empurrados por novos fios em fase anágena, começando assim um novo ciclo de vida.

Quando o crescimento e a queda são normais?

Depois de conhecer quais são as três fases do ciclo de vida dos cabelos, você precisa saber quando o crescimento e a queda estão dentro da normalidade em relação à vida útil de cada um dos fios. Sabe-se que, em uma pessoa considerada saudável, o cabelo costuma crescer entre 1 cm e 1,25 cm por mês durante a sua fase anágena, que dura entre três a seis anos, como você já aprendeu no decorrer do artigo.

Em sua fase telógena, ou seja, de queda, o normal é perdermos entre 80 a 100 fios por dia, que são ligeiramente substituídos por novos fios em fase de crescimento. Se você notar que está perdendo mais cabelo que o normal e que ele não está sendo substituído por novos fios, pode ser que haja algum problema com o seu couro cabeludo. A dica é procurar um médico dermatologista para verificar o que pode estar acontecendo após alguns exames clínicos.

Um cabelo nunca vai crescer em único ciclo, mas sim a partir de sucessivos ciclos. Durante a vida, a estimativa é de que cada pessoa tenha entre 20 e 30 ciclos. Por isso, é normal que, até o fim da vida, eles passem a nascer mais finos e fracos.

Além disso, quanto mais avançada for a nossa idade, mais a produção da fibra capilar da fase anágena vá diminuindo, passando a produzir menos fios até finalmente parar de produzir, que é quando chegamos na velhice e passamos a lidar com a calvície.

Em pessoas saudáveis, 90% dos cabelos estão em fase anágena (crescimento) e apenas 10% nas fases catágena (repouso) ou telógena (queda). Caso haja um desequilíbrio em relação a isso, é importante consultar um dermatologista para detectar as reais causas da sua queda e dificuldade de crescimento do cabelo, que, na maioria dos casos, estão ligadas aos fatores que mencionamos no início desse artigo, como má alimentação, mudanças hormonais, falta de cuidados ou uso de produtos capilares inadequados, entre outros.

/* ]]> */