Sexo

Cinta peniana: saiba tudo sobre esse acessório sexual!

Cinta peniana
Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Apesar de não ser muito comum e causar um certo estranhamento a primeira vista, a cinta peniana é um acessório erótico capaz de apimentar relações e tirar qualquer casal da monotonia.

Se você é um pouco avessa a este brinquedo sexual, saiba que está na hora de deixar o preconceito de lado e explorar as formas de prazer que a cinta pode proporcionar.

Você pode se surpreender ao descobrir que o casal pode se divertir – e muito! – com esse acessório pouco convencional. Saiba mais detalhes a seguir.

O que é uma cinta peniana

A cinta peniana – também conhecida como strap-on – é um conjunto de brinquedos sexuais que inclui um cinto para ser usado em torno da cintura ou quadris e uma prótese, plug ou vibrador que se encaixe nele.

Ela pode ser usada por homens e mulheres e existe uma variedade enorme de modelos disponíveis nos sex shops.

Cinta peniana acessório

Para o cinto, existem modelos em couro, um excelente material, já que fica mais suave e confortável conforme o uso e pode durar anos se bem tratado. O ponto negativo é que ele não pode ser desinfetado e não é recomendável o uso na água.

Em contrapartida, existem modelos com cinto em nylon ou tecido, que além de serem mais acessíveis e laváveis, podem ser usados na piscina, sauna, hidromassagem, chuveiro, etc. No entanto, eles não são tão duráveis e confortáveis como os de couro.

Existem ainda modelos similares a uma sunga ou lingerie, com uma pequena abertura para encaixe da prótese.

Quanto à prótese, elas podem ser de diferentes modelos, materiais e tamanhos, com ou sem vibrador, realístico ou no formato plug, simples (uma prótese) ou duplos (duas próteses para dupla penetração, anal e vaginal).

Tipos de cinta peniana

Como já deu para notar, o que não falta é variedade de cinta peniana. Mas qual o ideal para você?

Para te ajudar a escolher, listamos a seguir os principais tipos de cinta peniana disponíveis no mercado. Confira.

Cinta peniana com duas alças

É o modelo mais famoso. As duas alças são transpassadas pelo lado das pernas, dando mais firmeza na hora da penetração. A vantagem é que ele deixa a vagina de quem usa a cinta totalmente acessível para ser estimulada.

Cinta peniana do tipo tanga

Possui o formato de tanga com uma abertura para o encaixe da prótese. Dá bastante firmeza e estabilidade para quem está usando e uma sensação bem realística da penetração.

Essa sensação acontece porque, neste modelo, apenas uma alça passa no meio das nádegas e vagina.

Cinta peniana do tipo calcinha ou sunguete

É um modelo muito confortável e ideal para mulheres que não querem deixar a vagina à mostra.

Trata-se de uma calcinha ou sunga com uma abertura para encaixe da prótese.

No caso das calcinhas, elas podem ter laterais ajustáveis, enquanto as sunguetes costumam ser de material elástico reforçado com couro. Tudo para garantir mais segurança e estabilidade durante o uso.

Strapless

Como o próprio nome sugere, essa cinta peniana não possui cinta!

É uma nova proposta que dispensa o uso de fitas, cintos ou calcinhas. O acessório consiste em duas partes penetráveis, uma na mulher que está usando e outra em quem está sendo penetrada.

O grande artifício, é que você penetra ao ser penetrada, proporcionando prazer a todas as partes envolvidas.

Vale ressaltar que todos esses modelos de cinta peniana podem suportar diferentes tamanhos e tipos de próteses, simples, duplas, com ou sem vibrador, realístico ou em plug.

Por que usar uma cinta peniana

Como qualquer brinquedo sexual, a razão para se usar uma cinta peniana é proporcionar e sentir mais prazer nas relações sexuais, assim como apimentar o relacionamento e ter uma vida sexual mais ativa, saudável e feliz.

Mas o ponto forte da cinta peniana é que ela permite a penetração com mãos livres, bem como posições sexuais mais criativas.

Veja os usos mais comuns deste acessório:

  • Sexo mais prolongado: quando o homem atinge o orgasmo antes da mulher é possível usar a cinta para continuar a penetração durante o intervalo entre uma ereção e outra, permitindo que ela tenha longos períodos de prazer;
  • Disfunção erétil: em casos em que o homem não consegue alcançar uma ereção completa, ele pode usar uma cinta para proporcionar a penetração à parceira, além de outras formas de estimulação;
  • Casais homossexuais: em caso de relações entre duas mulheres, é possível realizar a penetração sem o uso das mãos, deixando-as livres para outras formas de estímulo;
  • Dupla penetração: o homem pode utilizar a cinta para proporcionar à parceira uma dupla penetração (anal e vaginal). No caso de casais de mulheres, existem próteses duplas para a mesma finalidade;
  • Pegging: ato sexual em que a mulher usa a cinta peniana para penetrar o parceiro de forma anal. Ideal para homens que gostam de receber estímulos na próstata.

Por fim, a cinta peniana é um acessório com múltiplas funcionalidades e um único objetivo: proporcionar prazer ao casal. Portanto, deixe o preconceito de lado e experimente novas sensações com este brinquedo erótico.

Se você é nova no assunto e não sabe muito bem qual cinta peniana escolher, comece imaginando quais fantasias eróticas você realizará com ela para identificar qual a mais adequada para você. E na hora de comprar, fique atenta à qualidade do material e funcionalidades do produto para evitar transtornos e frustrações na hora H.

Quer mais dicas para apimentar a relação? Leia nosso post sobre fantasias sexuais e surpreenda seu parceiro!

/* ]]> */