Maternidade Remédios

ColiKids funciona mesmo? Veja aqui dosagem e indicações

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

As cólicas são o maior incômodo para a família com bebê recém-nascido. É uma tortura para a mãe ver o pequeno bebê sofrendo, por isso, muitas acabam recorrendo aos medicamentos.

ColiKids é um dos medicamentos probióticos para diminuir o desconforto do bebê.

Neste artigo, veja como o ColiKids funciona no organismo do bebê, se ele é eficaz, qual a dosagem, o que fazer me caso de superdosagem e contraindicações.

Para que serve o ColiKids?

ColiKids é um medicamento com base em probióticos, que serve para diminuir o desconforto do bebê com as cólicas dos primeiros meses de vida, melhorando o funcionamento do sistema digestivo do bebê.

Como age no organismo?

O sistema digestivo do bebê ainda não é completamente maduro nos primeiros meses de vida. Sem contar que, como está ainda se adaptando à vida extra uterina, o bebê sente muito incômodo com a digestão do leite. Por isso, eles sentem muita cólica.

Outros remédios para cólica, como o Funchicórea, os antigases e outros, agem com substâncias que ajudam a eliminar gases ou facilitar a digestão.

Já o ColiKids possui em sua composição os chamados probióticos.

Segundo a Anvisa:

Os probióticos são os microrganismos vivos capazes de melhorar o equilíbrio microbiano intestinal produzindo efeitos benéficos à saúde do indivíduo.

ColiKids possui em sua composição o Lactobacillus Reuteri DSM 17938. Esse lactobacilo é o que está presente no leite materno e foi isolado em laboratório para ser comercializado. 

Os lactobacilos passam pelo sistema digestivo do bebê até chegarem ao intestino, onde aderem à mucosa intestinal. Essas bactérias benignas inibem a proliferação de bactérias que causam doenças no bebê e também são resistentes a alguns antibióticos.

O ColiKids age, então, auxiliando no fortalecimento e equilíbrio da flora intestinal do bebê.

Ele não proporciona alívio imediato, leva de 7 a 10 dias para começar a fazer efeito.

ColiKids funciona?

Se você pratica o aleitamento materno, provavelmente o ColiKids não vai adiantar. Porque, como vimos acima, ele nada mais é do que uma dose dos lactobacilos que já estão presentes no leite materno.

Se você dá fórmula artificial para seu bebê, o ColiKids pode ajudar sim, pois irá oferecer os lactobacilos que seu bebê deveria receber naturalmente pelo leite materno.

Qual é a dosagem indicada?

São indicadas 5 gotas por dia de ColiKids. Para dar ao bebê, misture com leite ou outra bebida em temperatura ambiente. Não se deve misturar a bebidas quentes, pois elas podem danificar as bactérias do medicamento.

Como armazenar?

Após aberto, armazene na geladeira para que as bactérias não sejam danificadas.

O que fazer em caso de superdosagem?

Em caso de superdosagem, nunca provoque vômito. Também não ofereça água ou leite para o bebê. Vá imediatamente para o pronto socorro e leve também a embalagem do produto.

Também ligue para o Centro de Assistência Toxicológica (CEATOX) pelo número: 0800 148 110.

Quando não é indicado?

O ColiKids não é indicado para bebês com alergia ao lactobacilo reuteri.

 

Qualquer medicamento deve ser usado apenas em último caso, pois o organismo do bebê ainda é muito frágil e está em desenvolvimento.

Há alternativas para acalmar o bebê que está com cólica. Veja este artigo com 10 dicas essenciais para acalmar o bebê nos primeiros meses.

/* ]]> */