Beleza Pele

Como acabar com as espinhas: veja os melhores tratamentos

A acne é uma doença de pele que costuma incomodar muito os adolescentes, mas que não se restringe apenas essa parcela da população. Mulheres e homens adultos também podem apresentar a inflamação em maior e menor grau, que podem estar relacionadas aos hábitos de vida, produção hormonal e, também, aos níveis de estresse do indivíduo.

Ao contrário do que muita gente acredita, o período acneico pode perdurar até a fase adulta e, se não tratado com o cuidado necessário, ocasionar manchas e deformações na pele. Isso pode fazer com que a pessoa passe a ter vergonha de sair de casa, se relacionar e entre, inclusive, em um quadro depressivo.

Veja também – Remédios para acne: Dicas para uma pele saudável

Por esse motivo, decidimos listar alguns dos tratamentos mais usados em pessoas que sofrem com a acne e que não sabem mais o que fazer para eliminar de vez esse problema de suas vidas.

acne

Mas, o que é a acne?

A acne nada mais é do que uma inflamação responsável pela alta produção sebácea nas glândulas responsáveis por manter nossa pele nutrida e protegida. O problema é que a produção desregulada de hormônios andrógenos faz com que essas glândulas comecem a liberar e produzir mais sebo do que o necessário.

Isso provoca um entupimentos dos poros, que em contato com as bactérias da pele ocasionam uma infecção, a acne. Ela pode ser mais leve e sumir em alguns dias, mas pode ser mais agressiva, causar inchaço e dor e perdurar por mais tempo.

Veja também – Vitaminas para acne: As 4 melhores para eliminar lesões na pele

O mesmo acontece com pessoas que tem propensão genética à acne. Nesses casos, a pessoa começa a produzir em determinados períodos mais sebo do que a pele e o couro cabeludo necessitam para se manterem saudáveis e a inflamação acontece com o mesmo processo descrito acima.

O problema é que a acne costuma acontecer com maior frequência na pele do rosto, o que afeta diretamente a aparência e reflete nas relações com outros indivíduos. Já quanto aos adolescentes, a preocupação é maior por eles estarem em uma fase na qual a aceitação é um requisito muito buscado e a busca pela perfeição e por se encaixarem nos padrões “de beleza” são constantes.

acnes

Os tipos de acne e seus tratamentos

O tratamento da acne não é tão simples como pensamos. Muita gente tenta usar as fórmulas já conhecidas de eliminação de sebo, como sabonetes e lavagem constante da pele. O problema é que se você não conhecer bem a sua pele poderá usar o produto errado e piorar ainda mais a acne, isso sem falarmos que a constante limpeza da pele (com água e sabão) só faz a produção sebácea aumentar e agravar o problema.

Acne de grau 1

A acne de grau 1 é aquela em que a pele está levemente comprometida com as espinhas e não existe dor. Nesses casos, é comum que os dermatologistas avaliem o tipo de pele do paciente e façam a prescrição de produtos, loções e cremes indicados para o tratamento.

Entre os mais conhecidos estão os sabonetes em barra com enxofre ou ácido salicílico em sua composição. Pessoas que têm a pele mais oleosa são recomendadas a usar sempre sabonete líquido em gel ou emulsão, já que eles possuem ativos que mantêm a pele hidratada, ao mesmo tempo em que retiram o acúmulo de sebo dos poros.

Acne de grau 2

A acne de grau 2 é aquela em que a produção de sebo é maior e o rosto costuma ficar mais cheio de espinhas. Elas estão em grande quantidade, mas dificilmente incham ou doem. Nesses casos, os dermatologistas usam antibióticos de aplicação ou até mesmo de uso oral, além da aplicação de Tretinoína na pele. Entre os medicamentos mais utilizados estão a Clindamicina, Peróxido de Benzoíla, Eritromincina e os comprimidos de Azitromicina, Limeciclina e Tetraciclina.

Acne de graus 3, 4 e 5

Já as acnes de grau 3, 4 e 5 são as que mais exigem cuidados. Nesses casos a pele fica muito exposta e marcada, a acne costuma causar inchaço, muita vermelhidão e muito inflamada. O remédio mais utilizado por pessoas com esse problema é o Roacutan. Ele é um medicamente fortíssimo que tem a receita presa e só pode ser usado por determinado tempo e com muito cuidado. Por isso, são realizados exames laboratoriais antes da prescrição e durante todo o tratamento.

Os cuidados que todo tratamento de acne exige

Como sabemos, existem cuidados que todos os pacientes precisam ter com sua pele, não importa o grau de sua acne. O primeiro é a escolha do sabonete ideal que deverá ser aplicado no máximo duas vezes ao dia, preferencialmente pela manhã e à noite.

Na hora de lavar o rosto, deve-se sempre usar água morna ou fria e secar a pele com cuidado, sem esfregar a toalha. O uso de loção adstringente e tonificante também é indicado, mas deve ser evitada por quem tem feridas na pele. O creme hidratante certo também acabará com a sensação de pele repuxando e com o excesso de sebo, o que ajudará na hora de tratar o acúmulo de sebo.

lava-rosto-contra-acne

Pessoas que precisam de produtos manipulados ou usam antibióticos e ácidos no rosto devem sempre se lembrar de retirar todo o produto antes de se exporem ao sol. Já o uso de protetor solar irá te ajudar a manter a pele protegida e com baixa oleosidade (se forem oil free). Em paciente que usam remédios, ele evita também que a pele sensível queime mais fácil ou fique manchada por conta da exposição solar.

tratamento-de-acne

É preciso lembrar que a alimentação também deve ser tratada. Evite bebidas alcoólicas (quem usa Roacutan não pode nem pensar em ingerir álcool), refrigerantes ou água com gás e, também, doces e frituras, já que eles aumentam a infecção da pele e de todo o corpo.

Veja também – Terapia fotodinâmica para acne: Saiba tudo sobre este tratamento

Você também deve ingerir alimentos ricos em zinco, antioxidantes e ômega 3, como frutas, legumes e sementes, já que eles ajudam a diminuir a inflamação. Lembre-se sempre de fazer esfoliação da pele, pelo menos 15 dias.

Para qualquer tratamento estético durante o tempo de tratamento é preciso uma liberação do dermatologista, já que você pode por em risco todo o trabalho já realizado com a alimentação e uso de medicamentos.

Último Vídeo do Nosso Canal


2 comentários

Comentar

/* ]]> */