Beleza Cabelos

Como cuidar do cabelo na gravidez? Veja 3 dicas essenciais

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

A gravidez é um período mágico na vida de uma mulher. Além das transformações corporais e psicológicas, que trazem um turbilhão de emoções à futura mamãe, ainda é preciso lembrar que a beleza, especialmente dos cabelos, não deve ficar de fora enquanto se espera a chegada do bebê.

Afinal, quem disse que estar grávida é sinônimo de ficar ou feia ou desajeitada? De jeito nenhum! Durante os nove meses de gestação, acredite, é possível cuidar bem dos seus fios e ficar ainda mais linda do que antes. Para isso, a primeira coisa que você deve fazer é deixar de lado aquela falta de disposição, sonolência ou cansaço causados pelo barrigão, ok? Xô, preguiça…

Depois, é necessário entender o que está realmente acontecendo com os seus cabelos durante a gravidez. Vem comigo, que eu te explico… Por conta das alterações hormonais típicas desse período, a saúde dos seus fios pode ser diretamente afetada, o que pode torná-los mais pesados e oleosos em alguns momentos e bastante ressecados em outros.

Além disso, se você costumava usar tinturas ou descolorir o cabelo, logo deve ter percebido que a raiz cresce e dá aquele desânimo na frente do espelho, já que você não pode usar nenhum tipo de química para não comprometer a saúde do bebê.

Diante de tudo isso, cuidar dos cabelos nesta fase começa a parecer uma tarefa impossível, concorda? MAS NÃO É! É claro que os produtos e procedimentos químicos devem ficar de fora, não tem jeito, uma vez que a maioria deles passa pela corrente sanguínea e, portanto, podem prejudicar o desenvolvimento do bebê.  Por outro lado, há outras técnicas que oferecem bons resultados e deixam os fios bonitos, aproveitando o crescimento e volume que eles ganham na gestação.

Por isso, no nosso artigo de hoje, você vai aprender como cuidar do cabelo durante a gravidez e descobrir que, com jeitinho, você vai ostentar madeixas lindas e poderosas e nem vai precisar pensar em passar os nove meses com elas presas ou desalinhadas. Quer saber quais são as dicas? Então, não tire o olho dos próximos parágrafos!

Dica 1: Tinturas

Se você, vendo a raiz crescer tão rapidamente desde que ficou grávida, entrou em desespero por achar que teria esperar nove meses para voltar a colorir os fios, a boa notícia é que há uma saída. A maioria dos médicos permite a aplicação de tinturas, mesmo as versões com amônia, após o terceiro mês de gestação.

No entanto, para não correr riscos, outros especialistas recomendam que as aplicações para tingir o cabelo sejam feitas apenas com tonalizantes, que são menos agressivos. Esses produtos ajudam a realçar a cor natural do cabelo, deixando os fios mais uniformes, e sem afetar a sua fibra capilar ou, o mais importante, a saúde do bebê.

No caso de grávidas que querem disfarçar os fios brancos, a dica é apostar nas luzes. Durante o procedimento para aplicar essa técnica, a tintura não entra em contato com o couro cabeludo, o que reduz em muito as chances de substâncias tóxicas entrarem na corrente sanguínea da mulher e chegar ao feto.

Mas, fique atenta! Lembre-se que qualquer escolha deve ser consultada antecipadamente e autorizada por um médio, mesmo que a opção seja pelos tonalizantes.

Dica 2: Cortes

Durante a gestação, é comum sentir uma onda de “calor” (fogachos), tal como acontece na menopausa. Nesses dois períodos importantes do ciclo de vida da mulher, esse sintoma é proveniente das alterações hormonais, que bagunçam a temperatura do corpo.

Veja também: Como cuidar do cabelo na menopausa? Confira dicas

Por isso, em relação aos cortes de cabelo, o ideal é apostar em modelos e arranjos que ofereçam praticidade no dia a dia e, ao mesmo, que não incomodem e aliviem esse calor da gravidez. Neste sentido, cortes mais curtos, pelo menos na altura dos ombros, são excelentes opções, já que dão menos trabalho do que os longos e, ainda, permitem variações no visual.

Se você não estiver muito animada para arriscar um corte novo, cuide apenas para cortar as pontinhas a cada três meses, como já fazia antes da cegonha te fazer uma vista…

Dica 3: Tratamentos

O cabelo costuma ficar bastante ressecado durante a gravidez, já que perde proteínas (inclusive, a queratina) e sais minerais, nutrientes que são direcionados em grande parte para a produção do cabelo e unhas do bebê. Por isso, é preciso abusar dos tratamentos para hidratar e nutrir os fios, garantindo um visual bonito na frente do espelho.

Continue com o cronograma capilar que você já fazia antes da gestação, hidratando, nutrindo e reconstruindo as madeixas periodicamente. Além disso, o consumo de vitaminas, geralmente receitado pelos obstetras, também ajuda a manter a saúde e beleza dos fios sempre em dia. Converse com o seu médico! E não se esqueça de beber bastante água, pois ela ajuda a fortalecer os fios…

E depois do parto?

E quem disse que depois do momento tão esperado de dar a luz ao seu neném, você está livre para abusar das químicas? Nada disso! Segundo especialistas, durante a fase de amamentação, devido às alterações hormonais, o corpo direciona todas as vitaminas e minerais absorvidos à produção do leite materno. Apesar de fazer muito bem ao seu filhote, para os seus cabelos, esse período não é assim tão bom…

Isso porque a falta de nutrientes deixa os fios mais frágeis, fazendo com que eles percam a força para crescer (ao contrário do que acontece enquanto você está grávida), afinem, fiquem ressecados e suscetíveis a uma queda acentuada, reclamação de muitas recém-mamães.

Além disso, aplicar químicas nesse período também pode acarretar alergias na pele mais facilmente, o que pode trazer alguns problemas tanto para a saúde da mãe quanto para a o bebê.

Por isso, nada de usar produtos ou apostar em procedimentos químicos enquanto estiver amamentando, combinado? Em vez disso, opte por usar produtos, inclusive naturais, para despertar o bulbo capilar, que ficou adormecido durante o ciclo de crescimento capilar, ou seja, durante toda a gestação.

Gostou do artigo? Então, deixe um comentário aqui embaixo contando para as outras mamães como você cuida dos seus cabelos durante a gravidez…

Até a próxima!

/* ]]> */