Looks Moda

Como usar corpete sem parecer do século XVI!

Um corpete (também conhecido como corset, espartilho ou corselete) é uma peça do vestuário feminino que divide opiniões, mas que tem muita personalidade e pode compor looks incríveis com um pouco de inspiração e criatividade. Se você está buscando dicas de como usar corpete sem parecer que você acabou de voltar de uma máquina do tempo diretamente do século XVI, acaba de encontrar o post perfeito para arrasar com essa peça por onde for!

Antes de você conferir nossas dicas de como usar corpete, que tal conhecer a história dessa peça tão controversa?

Como, quando e por que surgiu o corpete?

Foi no século XVI, na França, que o corpete surgiu. Na época, o sutiã ainda não existia. Assim, quando a peça foi criada, seu objetivo não era definir a cintura, mas sim corrigir a postura das mulheres e dar mais sustentação aos seus seios. O corpete era sinônimo de requinte e somente as mulheres de classe alta poderiam ter.

Os corpetes eram feitos de materiais muito pesados e rígidos, geralmente barbatanas metálicas na frente que se fechavam com amarrações nas costas. Na época, médicos repreendiam firmemente o uso da peça pois ficava muito apertada e acabava prejudicando os órgãos internos, fazendo até com que algumas mulheres desmaiassem com falta de ar.

Depois da Revolução Francesa, as curvas femininas passaram a ser vistas com mais naturalidade e a sociedade passou a condenar as mulheres que usavam a peça em exagero. Pouco depois, o corpete foi extinto e substituído por tecidos leves e fluídos.

No entanto, logo o padrão de beleza que valorizava cinturas extremamente finas voltou à tona. Com o avanço da indústria surgiram novos modelos, dessa vez um pouco mais flexíveis e com foco na definição da cintura, para atender a demanda das mulheres que buscavam o que a sociedade via como um corpo perfeito na época. Esse padrão se manteve vivo até o final do século XIX.

Com a invenção do sutiã no século XX, o corpete deixou de ser uma peça voltada para a definição da cintura e passou a designar um papel mais livre, o qual conhecemos até hoje, e que permite que as mulheres o utilizem apenas como um acessório de estilo, sem prejudicar sua saúde.

Ainda é possível usar o corpete para modelar a cintura?

Sim. Alguns modelos ainda são criados com essa finalidade, mas hoje as peças são muito mais flexíveis do que antigamente e, se usadas com moderação, não prejudicam mais os órgãos internos.

No entanto, quem quer experimentar a sensualidade da peça sem sentir dor pode optar pelos modelos de corpete que não possuem amarrações e são mais delicados.

Agora que você já conhece a história da peça, chegou a hora de aprender como usar corpete! Prepare-se para as nossas dicas!

Dicas de como usar corpete e criar looks arrasadores!

Por baixo de outras peças de roupa

Alguns modelos de corpetes são criados para serem usados por baixo de outras peças de roupas. Eles caem bem com blusinhas de malha ou de alça. São uma boa pedida para mulheres de estatura baixa que querem criar a ilusão de uma silhueta maior. Esses modelos também ajudam a melhorar a postura.

Modelos mais longos

Há alguns modelos de corpete que são maiores e mais longos e se assemelham a blusas femininas. Estes podem ser usados por praticamente todas as mulheres e caem muito bem quando sobrepostos com uma jaqueta ou um casaco.

No inverno ou no verão?

Nas duas estações! Apesar da peça combinar principalmente com a moda verão, também cai bem durante o inverno. Casaquinhos leves, cardigãs e jaquetas de couro são boas pedidas. Já na parte de baixo, saias, shorts, calças e jeans costumam combinar.

Com calças wet legging

As calças wet legging são aquelas bem justas ao corpo com efeito de brilho molhado que as celebridades adoram usar por aí. Quem quer fazer referência a um look mais fetichista pode combinar as wet leggings com um corpete preto.

Com saias soltinhas

Combine seu corpete com uma saia soltinha ou com babados se não quiser exaltar o lado sexy da peça. Assim, você cria um visual descontraído, casual, feminino e romântico e pode ficar mais livre na hora de escolher o calçado. Sandálias de salto fino e sapatilhas caem bem. Para arrematar, você pode escolher uma clutch ou uma bolsinha pequena.

Com calças e jeans

Como usar corpete sem falar da combinação mais clássica? A peça é melhor amiga de calças e jeans. A combinação deixa o look esportivo ou casual, dependendo da sua escolha, e ainda ressalta suas curvas. Uma sandália ou um sapato mais aberto são boas opções de calçado para não deixar o look muito carregado. Jogue um casaquinho ou um blazer por cima e você ficará elegante e atraente.

Com shorts e camisa

Nos dias em que o tempo estiver nem tão frio e nem tão quente, que tal combinar seu corpete com um shorts e uma camisa? Alguns acessórios modernos vão ajudá-la a criar um visual mais descolado e descontraído. Camisas de estampa xadrez quebram o excesso de sensualidade que um shorts e um corpete podem ter e deixa você mais à vontade.

Gordinhas também podem usar corpete?

É claro que sim! Na moda, tudo é permitido.

Se você é uma gordinha que se sente bem vestindo uma roupa mais discreta, vá em frente. Porém, se você se sente melhor com roupas mais ousadas e justas e não se incomoda com olhares de reprovação, vá mais em frente ainda! O que é importa é você se sentir bem consigo mesma.

Muitos corpetes são fabricados em modelos plus size e podem criar looks arrasadores. As gordinhas podem usar tanto os modelos que ajudam a definir a cintura quanto os modelos mais soltos e delicados.

10 modelos para você se inspirar!

Esperamos que todas essas dicas de como usar corpete tenham deixado você curiosa para experimentar a peça e sem medo de ousar, afinal, a moda é livre e democrática!

Se você quer ainda mais inspiração, é só conferir os 10 modelos que selecionamos a seguir!

/* ]]> */