Looks Moda

Como usar flatform, o calçado que divide opiniões

Flatform

Há quem ame; há quem odeie. Passar despercebido, ele não passa mesmo. O calçado flatform invadiu passarelas e ruas mundo afora. Uma coisa não podemos negar: é o sapato das últimas temporadas, especialmente para quem curte o street style.

Para quem ainda não conhece, flatform é um modelo de calçado com salto plataforma, porém, com base reta. Isto é, não existe grande diferença de níveis ao longo do solado. É uma releitura da antiga plataforma.

Flat, em inglês, quer dizer plano ou reto. Então, se você vir algo assim nas lojas, seja em sandália, tênis, chinelos, Oxfords ou sapatos fechados, já sabe…

O material do salto também varia bastante, da borracha à corda, para citar apenas dois exemplos. O resultado com este calçado é sempre algo moderno, atual, nas combinações mais ecléticas com os outros itens.

Flatform looks

As vantagens principais do flatform são o conforto e os centímetros a mais na altura. Com ele, as mais baixinhas podem ganhar um pouco de estatura sem precisar recorrer aos saltos.

Se ele veio para ficar, não sei, mas certamente está por aí dividindo opiniões. Cá entre nós, seria meio sem gracinha que todas as tendências agradassem a todas, não é mesmo?

Na verdade, a flatform não é uma novidade, como muita coisa no mundo fashion. No entanto, desde o verão de 2015, grandes marcas nacionais e estrangeiras apostam nesta trend. É o caso da Arezzo, Luiza Barcelos e Schtuz, entre outras.

As it girls simplesmente amam! Os cliques das blogueiras mais descoladas sempre incluem nas produções informais um bom calçado flatform.

Ok, falamos dos pontos positivos, mas por que será que tanta gente simplesmente detesta a proposta flatform? Em geral, o que li navegando por aí é que ela não agrada nos quesitos: beleza, classe, sofisticação, especialmente entre as que sempre preferiram um belo salto agulha.

Porémmmmm, moda é democrática, certo? E cada pessoa tem seu gosto, certo? E ninguém é obrigado a usar tudo, certo? Rsrsrsrs

Como usar flatform em diferentes looks

Na hora do passeio com o namorado ou amigos, dias quentes pedem shorts jeans. Nos pés, que tal uma flatform metalizada para dar um toque fresh ao visual? É uma ideia jovial e com informação de moda. Sem falar no conforto…

Aquele look girlie que você tanto adora não precisa ser deixado de lado ao aproveitar a trend flatform. A feminilidade e a delicadeza dos vestidos fofos fazem um bom contraponto com a aparência pesada do calçado. Se o tempo esfriar, tenha sempre por perto um blazer ou casaco.

Flatform como usar

Saias com camisas ou tops de tecidos como a seda ajudam a criar um efeito hi-lo impossível de passar despercebido quando seus pezinhos estão super-mega-blaster estilosos com um sapato Oxford vazado e seu solado flatform.

O calçado flatform é chamativo por natureza. Seu aspecto pesado é perfeito para compor looks casuais. De preferência com calças skinny e outras assim, sequinhas, porque isso cria uma silhueta equilibrada.

Quem busca, além dos centímetros extras da nova plataforma, uma silhueta ainda mais alongada, pode investir em cores neutras ou composições com tons similares no calçado e a roupa.

Aproveite também para dobrar a barra da calça, deixando o tornozelo à mostra. O efeito é mais leve, feminino e atual, e ainda harmoniza bem o visual.

Nada impede de usar uma bela flatform com uma calça de alfaiataria, se o local ou o compromisso assim “permitir”. Dependendo do tecido e da modelagem da roupa, ela serve até para trabalhar. O tipo de função ou área de atuação também influencia as escolhas.

A adequação é importante! O que é hit entre as blogueiras serve de referência a respeito do que a indústria fashion vem produzindo. Mas estilo e adaptação são pontos sobre os quais você deve pensar bem ao compor suas possibilidades de vestuário.

Por causa da aparência mais grosseira do calçado, o recomendado é ir com calma no restante. Fora isso, divirta-se, quebre a seriedade das produções e monte looks que passam beeemmmm longe do óbvio. Agora você já sabe como usar flatform!

Até breve com outras dicas…

/* ]]> */