Looks Moda

Como usar peplum para compor o visual em diferentes ocasiões

Peplum é uma peça muito feminina e atemporal. Mas se o look não for montado com equilíbrio, a produção pode ficar pesada, over ou cafona. Confira agora como usar peplum para compor o visual atual e bonito. É mais fácil do que você pensa…

Para quem ainda não conhece, peplum é basicamente um “babadinho” que começa na cintura e vai alargando como uma saia. Existe no formato mais estruturado, com pouco volume ou rodado com movimento. E o tecido escolhido faz toda a diferença, fazendo com que o detalhe transite em todos os estilos.

Ele é utilizado em tops, vestidos e saias, proporcionando um volume extra ideal para quem não tem muito quadril. Neste caso, vale a pena investir em peplum chamativo.

No entanto, não está proibido para as curvilíneas, ok? O segredo para não deixar a silhueta grande demais é optar por peças mais discretas e monocromáticas. Os tons profundos e escuros, como azul marinho, chumbo e preto são recomendados.

O monocromático é uma boa pedida para formas mais fartas e busto grande. Uma sugestão é saia ou calça na mesma cor do top.

Justamente por causa do tal volume, o ideal é usar tops de peplum com peças mais sequinhas, para balancear as formas. É o caso da calça skinny e da saia lápis. Mas se o seu nome do meio for ousadia, shorts e sandálias podem fazer parte da produção tranquilamente.

Foca no equilíbrio, amiga! Quando a blusa ou vestido tem peplum e a parte superior justinha, aí, sim, uma saia ou calça um pouco mais larga cai bem.

O babado atrai olhares. Então, a dica principal é pegar leve nos outros itens para não deixar o look carregado. Isso vale para propostas sofisticadas ou casuais.

Dicas de estilo para usar peplum

Looks mais basiquinhos do dia a dia pedem uma blusa com peplum e uma calça jeans justinha, ou até shorts, dependendo do compromisso.

Para montar uma produção elaborada e cheia de charme, vá de vestido de renda com peplum. Duvido que passe despercebida!

Um vestido peplum é excelente opção para corpos estilo ampulheta, isto é, com ombros e quadris equilibrados. As mais retilíneas também podem aproveitar o modelo para criar uma cinturinha, por causa do aumento dos quadris em função do detalhe.

Troca estação, muda tendência, e a frase “menos é mais” não sai de moda nunca. Seguindo essa linha, cintos, colares, brincos e pulseiras discretos são perfeitos para combinar com peplum. Agora, se o babadinho for bem light, você pode usar um maxi colar ou brinco mais extravagante.

Os tops cropped estão em alta ainda. Porém, o peplum é feminino o suficiente para brilhar sozinho. Deixe para mostrar seu abdômen sequinho e sua pele em outro momento.

As fendas também são dispensáveis quando já existe um belo peplum em cena. Quem gosta de valorizar a sensualidade pode trocar a abertura nas pernas por um tecido como o couro, que é sexy. Peplum justo ao corpo em textura assim é imbatível! O ar fetichista do couro que o diga…

Um segredo que vale para diversas produções, com ou sem peplum, é combinar o couro com roupas de alfaiataria, evitando assim que o look fique com qualquer sinal de vulgaridade. Quem disse que elegância não tem sex appeal?

O efeito do peplum é simplesmente superfeminino, pois ele marca a cintura, acrescenta ao mesmo tempo delicadeza e sensualidade. Agora que você sabe como usar peplum para montar um visual assim, valorize sua beleza e arrase!

Até a próxima…

/* ]]> */