Casa Decoração

Decoração de cozinha estilo industrial: elegante, prática e bonita

Entre as décadas de 1950 e 1970, galpões foram transformados em residências. Surgiam os lofts, espaços urbanos e modernos que deram origem estilo industrial de décor.

A tendência, que está em alta, pode ser aproveitada em vários cômodos. Hoje, vou falar de decoração de cozinha estilo industrial.

O jeitão industrial chegou à decoração principalmente por causa da falta de espaço e do alto valor dos imóveis em metrópoles como Nova York.

Então, o que antes era utilizado como estoque e depósito de máquinas, virou lar. Com poucos recursos, a saída dos moradores era se virar com a arquitetura que já estava ali.
Era natural, portanto, que vigas, concreto e metal convivessem em harmonia com cortinas, roupa de cama, almofadas, abajures, tapetes etc.

Olhando as coisas por este ângulo, fica fácil de entender por que, para compor o estilo, a dica é investir em materiais e cores como: aço, cimento queimado, cinza, preto, tijolos, tubulações aparentes, entre outros. Sempre com uma pegada elegante e funcional.

01-cozinha-estilo-industrial-tijolinho

Entre os fãs do estilo, há ainda os que valorizam ao máximo a sofisticação, buscando um ar mais classudo, ou seja, um industrial chic. A versão mais glamurosa, que pode incluir peças de design, além de revestimentos com aparência bruta, mas caros.

Um dos motivos pelos quais a decoração de cozinha estilo industrial combina tão bem com nosso modo de viver hoje é a contemporaneidade que ela propõe, dispensando paredes e valorizando a integração de ambientes.

Algo perfeito principalmente diante dos espaços reduzidos de muitos apartamentos. É quando os móveis têm duas funções, e uma mesa de jantar serve também para trabalhar.

Engana-se que pensa que uma decoração estilo industrial tem que ser, necessariamente, um design que passa imagem de “frieza” ou desconforto.

O clima de acolhimento tem seu lugar em materiais rústicos (tijolos aparentes, piso de madeira de demolição), jardins verticais e outros elementos. Fora a beleza que fica usar eletrodomésticos coloridos em estilo retrô…

Mesclando uma paleta acolhedora de cores à decoração de cozinha estilo industrial, é possível ter um mix de elementos em harmonia, tais como pé-direito alto, metal, madeira e trilhos com spots que lembram a rede elétrica exposta, contrastando com tons naturais, como o trigo e o verde-folha.

O jeito industrial e elegante de decorar: saiba mais

2-cozinha-estilo-industrial-ilha-madeira

É moderno e vintage ao mesmo tempo. Um conceito que une peças pesadas, em vários sentidos, influências do universo das fábricas.

Um décor de cozinha tipo industrial faz uma releitura de itens atemporais de forma dinâmica. E ainda aproveita para estimular a reciclagem de objetos que iriam parar no lixo.

O “faça você mesmo” (DIY), tão comum atualmente, tem tudo a ver com a origem da decoração de cozinha – e todo o resto – em estilo industrial. O resultado: um quê de nostalgia, graças a peças antigas que são repaginadas ou ganham novas funções.

A amenizada retrô, que confere mais leveza aos ambientes, também ajuda a decoração de cozinha estilo industrial a ficar menos masculina, é bom lembrar.
O estilo que surgiu fruto do urbanismo, especialmente a partir de 1970, não é previsível ou óbvio. Suas soluções, embora muitas vezes simples, podem ser surpreendentes. E mais: favorecem a livre circulação, a amplitude, mas sem poluir visualmente – e ainda inserindo cores.

Uma decoração de cozinha estilo industrial tem tudo para ser encantadora, clean, elegante, sustentável e acessível. Basta garimpar um objeto ali, fazer uma mudança acolá… aproveitar peças, enfim, reutilizar ideias, móveis e acessórios.

Isto é, criar espaços super contemporâneos e cosmopolitas sem perder de vista a brasilidade e o conforto. Inspire-se!

Até o próximo post!

Veja também:

Comentar

/* ]]> */