Nutrição Plantas Medicinais Saúde

Crataegus: conheça os benefícios da famosa “planta do coração”

A cada 40 segundos, uma pessoa morre vítima de doenças cardiovasculares no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O número resulta em uma média de 350 mil mortes por ano, duas vezes maior que todos os óbitos decorrentes de câncer e seis vezes mais que as provocadas por todas as infecções no país, incluindo a Aids.

No mundo todo, os dados chegam a 17,5 milhões. Os dados são alarmantes e preocupam as autoridades, instituições e profissionais de saúde, que lançam campanhas anuais para combater o problema e reduzir o número de pacientes com problemas no coração no Brasil e no mundo todo.

Praticar exercícios físicos regularmente, apostar em uma alimentação saudável, controlar o colesterol, a pressão arterial e o diabetes, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e sal, evitar fumar e usar corretamente a medicação indicada pelo médico, no caso de pacientes cardíacos já diagnosticados, são ótimas maneiras de prevenir doenças arteriais coronárias, acidentes vasculares cerebrais (AVCs), entre outras doenças relacionadas ao coração, de acordo com especialistas.

Além disso, existem alguns remédios caseiros e 100% naturais que podem ser grandes aliados da saúde cardiovascular e, quando associados aos hábitos indicados acima, ajudam a prevenir doenças cardiovasculares de forma eficiente, sem que você precise gastar com medicamentos caros. É o caso do crataegus, que você vai conhecer melhor no nosso artigo de hoje…

Conhecida como a “planta do coração”, o crataegus, de nome científico Crataegus oxyacantha, é utilizada há séculos por civilizações antigas, especialmente da Ásia, Europa e América do Norte, para fins medicinais. Com os seus benefícios comprovados pela ciência, tanto os bagos como as flores e folhas da plantinha ajudam a melhorar o fluxo de sangue das artérias coronárias para o coração, prevenindo e auxiliando no tratamento de doenças cardiovasculares. Interessante, não é?

Quer saber mais sobre o assunto e conhecer outros benefícios da crataegus para a saúde? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo que eu te conto tudo! Vamos lá?!

O que é a crataegus?

A crataegus é uma planta medicinal da família as Rutáceas, também conhecida como espinheiro albar, crataegus, espino albar, majuelo, biancospino, hawthorn, aubépine (ou epine blanche) e Shan Zha. Apesar de ser originária da Europa, Ásia e América do Norte, também é possível encontrá-la no Sul e Sudeste do Brasil.

Além de ter os seus benefícios comprovados pela ciência na prevenção e tratamento de doenças relacionadas ao coração, como aterosclerose e AVC, a planta também é cercada de mitos na sua história. O principal deles diz serem dela os ramos da coroa da Crucificação de Cristo. Se isso é verdade ou não, nós não sabemos, de fato. Mas, acerca das suas propriedades importantes para a saúde, sim.

Graças aos nutrientes presentes em sua composição, dentre eles, pigmentos flavónicos, como vitexina, rutina e quercetina, protoantocianidinas, glicosfosceos, vitamina C; ácidos fenólicos; histamina; tanino; aminas e triterpenos, como ácido ursolico, oleanólico e crataegolico, a crataegus é bastante utilizada por pessoas que possuem problemas cardíacos para aliviar os sintomas que causam o mal estar ou, ainda, para prevenir o desenvolvimento dessas doenças, como arritmias, taquicardia ou hipertensão.

As partes mais utilizadas da famosa “planta do coração” são as suas flores e folhas, que, devido à presença dessas substâncias, possuem funções diuréticas, hipotensoras, adstringentes, febrífugas e antiespasmódicas. E os benefícios são inúmeros, como você vai ver a seguir…

Benefícios

Previne e trata doenças do coração

Vários estudos científicos comprovaram que a crataegus pode ser usada por pacientes cardíacos para tratar problemas no coração e de circulação, aliviando os sintomas dessas doenças de maneira eficiente. Inclusive, também é possível prevenir o desenvolvimento desse tipo de quadro clínico, quando a planta é inserida regularmente na rotina alimentar.

Os efeitos da crataegus sobre o sistema cardiovascular estão relacionados ao controle do ritmo do coração quando o mesmo está acelerado, aumento da circulação de oxigênio e melhora da forma com que o órgão bombeia o sangue para o corpo. Isso porque as substâncias presentes na planta ajudam a reduzir os radicais livres, promover a circulação e apoiar a saúde normal das artérias.

Controla a pressão alta e baixa

Devido à presença de procianidinas e compostos flavonoides em sua composição, a “planta do coração” também é indicada para ajudar no equilíbrio da pressão arterial. Para quem não sabe, a pressão arterial elevada pode danificar os vasos sanguíneos e, quando não tratada, pode até levar ao ataque cardíaco ou AVC.  As partes usadas para evitar o problema são as suas flores e as folhas.

Combate problemas circulatórios

Também é possível dizer que a crataegus pode ser consumida por pessoas que sofrem com aterosclerose ou má circulação periférica para amenizar os sintomas ou até prevenir o agravamento dessas doenças. Inclusive, a chamada síndrome de Raynaund, que nada mais é que a circulação deficiente nas mãos e nos pés, também pode ser tratada com o consumo regular da plantinha.

Controla o colesterol

Como você já deve saber, o acúmulo do colesterol ruim (LDL) pode levar à sérias complicações de saúde, especialmente no que diz respeito aquelas relacionadas ao coração. Isso porque, quando em níveis muito altos, ele pode dobrar o risco de doenças cardíacas. Daí, a importância de consumir a crataegus, já que esta ajuda a manter os níveis normais de colesterol.

Como usar?

Depois de conhecer todos esses benefícios da crataegus para a saúde, aposto que você ficou curiosa para saber como utilizar essa poderosa plantinha para prevenir ou tratar problema no coração, certo? Pois bem! A boa notícia é que ela pode ser consumida de diferentes maneiras e, ainda, para tratar outros tipos de enfermidades.

Você pode usar os frutos secos contra a diarreia e as folhas e flores podem ser usadas para regular as batidas do coração e acalmar o sistema nervoso. O ideal é consumir 10 gramas para cada 1 litro. Já a sua flor é tonificante do coração, podendo ser usada na dose de 10 gramas para cada 1 litro para deixar o órgão mais fortalecido.

Por fim, as suas bagas são úteis contra a dor de garganta comum e podem ser ingeridas na proporção de 10 por 10 litros.

Efeitos colaterais e contraindicações

Apesar de ser extremamente eficiente para prevenir e tratar doenças cardíacas, entre outros benefícios, a crataegus deve ser usada por um curto período de tempo para evitar quaisquer tipos de efeitos colaterais, que podem incluir dor de cabeça, tontura, vertigem, queixas gástricas, palpitação, fogachos, dispneia e taquicardia.

Como precaução geral, crianças, grávidas ou mulheres que estejam amamentando não devem consumi-la. Além disso, se você estiver tomando qualquer forma de medicação ou tiver quaisquer preocupações com o seu coração, a recomendação é consultar um médico antes de adicionar qualquer medicamento, inclusive os fitoterápicos, na sua rotina diária.

E lembre-se! Comer alimentos saudáveis, praticar atividades físicas regularmente e controlar o estresse são estratégias eficazes e de longo prazo para promover um coração saudável.

Onde comprar?

A crataegus pode ser encontrada em feiras e lojas de produtos naturais, inclusive pela internet. Não se esqueça de pesquisar bastante para comprar a planta in natura ou suplementos alimentares à base dela que sejam 100% naturais, ou seja, livre de substâncias nocivas à saúde. Depois, é só seguir as recomendações de uso para obter todos os efeitos benéficos do produto.

Cuide-se e até a próxima!

/* ]]> */