Flores

Crisântemo: “flor de ouro” é repleta de beleza e simbologias

Existem mais de 100 espécies e, aproximadamente, 800 variedades de crisântemos no mundo. Uma riqueza sobre a qual falarei, ao menos em parte, no artigo de hoje. Vamos lá!

O crisântemo pertence à família Asteraceae, também conhecida como Compositae. Seu nome científico é Chrysanthemum; é uma planta muito cultivada e valorizada no continente asiático.

A cor original do crisântemo é amarela. Tanto é que, em grego, seu nome significa “flor de ouro“.

Na China, a flor está relacionada ao Sol e, muitas vezes, simboliza a nobreza.

O crisântemo tem origem provável lá mesmo, de onde veio a maioria das espécies que formam linhagens a partir das quais foram desenvolvidas todas as outras utilizadas no mundo nos dias de hoje.

Na Ásia, ele significa também felicidade, vida completa. E no caso específico do crisântemo branco, há uma crença de que ele é símbolo de sinceridade, verdade.

Segundo o taoísmo, o crisântemo é representa simplicidade e perfeição.

Por ser uma flor típica do outono, ainda remete a uma espécie de mediadora entre céu e terra, vida e morte.

Diz-se que o crisântemo foi levado para o Japão pelos budistas, sendo mesmo um dos símbolos daquele país, cujo próprio trono do imperador era denominado “trono do crisântemo”.

Há relatos do cultivo da flor de mais de 2 mil anos. A planta chegou à Europa por volta do século XVII. Foi lá que, em função do trabalho dos botânicos e cultivadores, assim como das alterações genéticas, começou a ganhar variedades e cores diversas.

Atualmente, podemos encontrar crisântemos brancos, vermelhos, roxos, alaranjados e rosados.

Desde então, o crisântemo vem sendo melhorado e selecionado. A ideia é encontrar cultivares adequadas a diferentes locais; adaptar as plantas às mais diversas condições de plantio.

Veja também

Crisântemo: formas, cores, histórias e mais…

O crisântemo apresenta cultivares com botões de formatos diferentes, tornando-se uma ótima alternativa na decoração de ambientes.

É uma planta que prefere clima quente e úmido. Embora necessite de muita luminosidade, não pode ser exposta ao sol diretamente.

A flor tem boa aceitação no mercado e comercialização fácil em função de sua beleza delicada e da riqueza de cores, oferecendo renda garantida aos que optam por sua produção em escala.

Nos grandes centros de abastecimento, o preço do pacote com 20/30 crisântemos é de R$ 8,00 a R$ 10,00.

Hoje, a tecnologia criada para escurecer artificialmente o interior das estufas garante produção da flor praticamente o ano todo. No geral, é uma espécie que cresce bem em períodos de dias curtos, florescendo naturalmente em pleno inverno.

Essa característica interessante do crisântemo faz dele uma excelente opção para o jardim ter flores durante o ano inteiro, pois a maioria das plantas fica dormente nas épocas mais frias.

Além da parte estética e das simbologias, é considerada também planta medicinal. Na China, por exemplo, o crisântemo é usado como remédio para combater a dor de cabeça.

Já suas pétalas podem ser aproveitadas em saladas; enquanto suas folhas servem para preparar uma bebida.

Existe uma lenda de que as pétalas de crisântemo em taça de vinho serviriam para prolongar a longevidade e vitalidade de uma pessoa.

Grande parte dos crisântemos encontrados no mercado brasileiro é descendente de plantas vindas do Japão. A disseminação delas ganhou força entre nós com a chegada de imigrantes daquele país no começo do século passado.

Existem ainda cultivares de origem europeia, trazidas pelos holandeses que se estabeleceram aqui.

Este gênero botânico originário da Ásia pode enfeitar nossos ambientes externos e internos com sua variedade de cores e formatos. Geralmente, apresenta ao menos uma destas tonalidades: amarela, branca, vermelha, azul e roxa.

Dependendo do formato, o crisântemo pode ter mais de uma cor misturada, normalmente com uma central e pétalas periféricas em outro tom.

Motivos não faltam para incluir estas belezinhas da natureza cheias de simbologias em nossas rotinas, não é mesmo?

Até o próximo post!