Maternidade

3 curiosidades sobre a placenta que vão surpreender você!

A placenta é o órgão que fica junto ao bebê dentro do útero da mãe. Ela é responsável pela nutrição e fornecimento de oxigênio para o bebê durante a gestação. Além disso, a placenta produz vários hormônios essenciais ao desenvolvimento saudável da gravidez.

Quer saber mais sobre a placenta? Veja nesse artigo tudo sobre a placenta!

1. Produção exclusiva

A placenta é o único órgão que o ser humano produz durante um período da vida para um objetivo específico e depois é descartado pelo corpo.

No início da gestação, os hormônios produzidos para o desenvolvimento do embrião são produzidos pelo corpo lúteo, que é uma estrutura temporária. Apenas ao final do primeiro trimestre é que a placenta se forma completamente e passa a ser responsável pela produção hormonal e demais manutenções do embrião.

Após o nascimento do bebê, o corpo produz um hormônio chamado ocitocina, que estimula a produção de leite materno e também ajuda na dequitação da placenta, que é expelida por contrações.

Também pode ocorrer o chamado parto empelicado, como o que ocorreu com Gisele Bündchen, extremamente raro, no qual o bebê não rompe a bolsa e nasce dentro do saco amniótico, ainda recebendo os nutrientes da placenta, que sai junto com ele.

2. Fonte de vitaminas e minerais no pós-parto:

Uma tendência que se iniciou nos EUA e já possui adeptas como Bela Gil e Fernanda Machado é a placentofagia.

Pode ser ingerida por meio de cápsulas, que são produzidas por empresas especializadas, utilizando o órgão como matéria-prima, ou até mesmo batidos com frutas numa vitamina para lá de especial.

No mundo animal, dos mamíferos mais especificamente, a prática é muito comum e, segundo algumas culturas orientais, o consumo da placenta contribui para a nutrição e a imunidade da nova mamãe e de seu bebê.

Há controvérsias sobre a eficácia dessa prática, pois ainda não há estudos que comprovam os benefícios extraordinários provenientes do consumo da placenta.

3. Obra de arte:

Para quem não gosta de comer, a placenta também pode ser fonte de criação artística. Há quem utilize técnicas para carimbar as marcas da placenta numa imagem para guardar de recordação. Há também quem prefira uma prática ecológica e  utilize o órgão como adubo para o cultivo de alguma planta especial. Muitas mães envolvem os filhos nos cuidados com a planta para simbolizar um vínculo com a natureza.

 

A placenta é um órgão produzido pela mulher exclusivamente para a gestação, que possui diversas utilidades, tanto para o sucesso do desenvolvimento da gravidez, quanto fora da barriga, podendo servir de alimento, de inspiração artística e também de adubo.

O que você achou das 3 curiosidade sobre a placenta? Deixe sua opinião nos comentários!

/* ]]> */