Beleza Infográficos Unhas

10 erros comuns que estragam as unhas [Infográfico]

Erros que estragam as unhas

Está com as unhas muito quebradiças e com dificuldades para crescer? Talvez, o problema esteja em alguns hábitos comuns do seu dia a dia que você faz sem perceber que está deixando as unhas fragilizadas, rachando com um simples toque errado em um local qualquer.

Por isso, fique atenta à rotina de cuidados que você está tendo com as suas “garras” e certifique-se de que não está cometendo os seguintes erros capazes de tirar toda a beleza das suas mãos!

Erros que estragam as unhas

Erro 1: Arrancar esmalte com os dentes

É óbvio que não tem nada mais agoniante para uma mulher ver aquele esmalte velho descascando das unhas. No entanto, quando você arranca uma pequena lasca dele com os dentes, apesar de parecer mais terapêutico por não utilizar um removedor ou acetona, isso pode prejudicar em muito a saúde das unhas.

Afinal, uma vez que você a tira “à força” dali, pode estar levando junto a camada de proteção superficial da sua unha, deixando-a mais exposta e suscetível a proliferação de fungos e bactérias, além de torná-las mais finas e fáceis de quebrar.

Erro 2: Bater as unhas repetidamente em um local

Quem tem mania de ficar batendo repetidamente a ponta dos dedos em uma mesa ou, por trabalhar com computador, acaba fazendo isso no teclado ao digitar, também pode acabar ficando com unhas mais frágeis e quebradiças por conta do atrito e pressão com esses locais. Mas, fique tranquila! Você não vai precisar parar de trabalhar, ok?

Nestes casos, basta manter as unhas e mãos sempre hidratadas, bem como as cutículas, para deixar as “garras” mais flexíveis e, é claro, mais resistente contra os atritos no teclado, na mesa ou em qualquer outro lugar.

Erro 3: Deixar as mãos embaixo d’água por longo período

Já imaginou que as suas unhas podem estar enfraquecidas por passar muito tempo embaixo d’água na hora do banho? Pois, acredite. Isso pode mesmo acontecer. A água também pode ajudar a amolecer as unhas e, portanto, torná-la mais quebradiça. Por isso, a dica é ser mais rápida nos banhos e usar luvas para lavar louças e roupas. Ainda, quando for simplesmente lavar as mãos, nunca se esqueça de usar um bom sabonete hidratante!

Erro 4: Manipular produtos químicos sem luvas

Assim como a água ajuda a amolecer e quebras as unhas, as fórmulas dos produtos químicos que você usa comumente no seu dia a dia, como sabão (em pó ou em barra), detergente, desinfetante, entre outros, também as enfraquecem, danificando-as até chegar ao ponto de ficarem finas como uma folha de papel. Por isso, na hora de lavar louças, roupas ou fazer a limpeza da casa, use sempre luvas de proteção.

Erro 5: Usar acetona para remover esmaltes

A acetona é capaz de prejudicar a rigidez da lâmina ungueal das unhas e torná-las ainda mais fracas e quebradiças. Por isso, a dica é optar por removedores de esmaltes que não contenham a substância entre os seus compostos, pois, mesmo que demorem um pouco mais para retirar o esmalte por completo, são menos prejudiciais à saúde das unhas.

Erro 6: Lixar a superfície das unhas

Essa é uma estratégia comum usada por muitas mulheres para aumentar a fixação dos esmaltes e deixar a pintura mais duradoura. Porém, esse hábito pode afetar em muito a saúde das unhas, uma vez que pode remover a primeira capa de queratina que as protege e deixá-las porosas e enfraquecidas.

Ainda, ao passar o esmalte sobre a superfície lixada, o problema pode ser piorado, fazendo as unhas quebrarem e dicarem suscetíveis à instalação de fungos e bactérias.

Erro 7: Fazer esmaltação contínua

Quem não gosta de estar sempre com as unhas bem feitas e pintadas, não é verdade? No entanto, apesar de ser um hábito comum para estar com o visual sempre em dia, aplicar esmaltes um atrás do outro, sem deixar as unhas respirarem, pode acabar estragando-as.

Por isso, opte por pintá-las em uma semana sim e outra não. Se for inviável ficar sem fazer as unhas neste intervalo, tente deixá-las livres dos produtos por pelo menos 24 horas em cada semana, fortalecendo-as com um hidratante ou óleo direto na superfície para potencializar a sua força e nutrição.

Erro 8: Retirar as cutículas

As cutículas são feitas para proteger as unhas, uma vez que evitam que fungos e bactérias adentrem para as camadas internas das unhas e causem doenças. Por isso, ao removê-las, você pode estar correndo sérios riscos de infecções e, ainda, acabando com a beleza das suas unhas, enfraquecendo-as e tornado-as quebradiças.

Em vez de retirar as cutículas, tente apenas empurrá-las com a ajuda de uma espátula e, se for o caso, elimine apenas o excesso.

Erro 9: Não hidratar as unhas diariamente

Assim como o restante do seu corpo, as unhas também precisam de hidratação e nutrição para se manter saudáveis e bonitas. Por isso, não se esqueça de usar todos os dias um produto hidratante para evitar que elas fiquem ressecadas e, portanto, quebradiças.

Erro 10: Não usar bases fortalecedoras

Muitas mulheres não sabem, mas a base fortalecedora é mesmo muito importante para manter as unhas fortes e protegidas e, por isso, deve ser usada continuamente, a cada 15 dias ou, se a unha for muito frágil, sempre antes de cada esmaltação.

Os esmaltes, principalmente os mais escuros, contêm bastante pigmentos em suas fórmulas e podem acabar manchando a placa de queratina da unha, tornando-a amarelada. A base servirá para reestruturar a lâmina ungueal e deixar as “garras” mais fortes e rígidas.

/* ]]> */