Maternidade

As fraldas de pano estão de volta: só que agora mais práticas e modernas

As fraldas descartáveis são, sem dúvidas, as mais utilizadas entre as mães. Mas isso não impediu que as fraldas de pano tenham voltado. Agora estão mais práticas e modernas, diminuindo o impacto ambiental, o custo e as assaduras no bebê.

As fraldas descartáveis comuns podem levar até 450 anos para se decompôr na natureza, enquanto as fraldas biodegradáveis pode levar 100 anos para serem reabsorvidas pelo ambiente.

A cada ano, um bebê que usa fraldas descartáveis acaba jogando fora de 300 a 400 kg de plástico. São mais de 200 fraldas descartadas por segundo no Brasil.

Na Inglaterra, existe um programa de reciclagem de fraldas de plástico, em que seus componentes são tratados e processados para se transformar em objetos como capacetes para ciclistas e telhas. No Brasil, por enquanto, ainda não temos nenhuma iniciativa que se propõe a diminuir o impacto ambiental das fraldas.

A questão ambiental é apenas um dos motivos para que as fraldas de pano sejam produzidas hoje e usadas por mães que se preocupam tanto com o futuro do planeta quanto com o bem-estar de seus bebês.

Neste artigo, entenda como funcionam as fraldas de pano modernas, onde comprar e também quanto custa.

Por que fraldas de pano?

Se você nunca viu, provavelmente já ouviu de alguém mais velho sobre as fraldas de pano de antigamente. Amarradas à criança com alfinetes, as fraldas de antigamente eram o terror das mães. Horas esfregando, estendendo ao varal e passando a ferro aqueles tecidos. Hoje, com as máquinas de lavar e as fraldas modernas, tudo ficou mais fácil.

As fraldas de pano levam de 6 meses a 1 ano para se decompôr, principalmente as que são feitas de tecido orgânico, como algodão. Em comparação com as fraldas descartáveis, que podem levar séculos para serem absorvidas pela natureza, as fraldas de pano modernas são muito vantajosas ambientalmente.

Praticidade:

Mas, não só de benefícios ambientais vive a mãe atarefada de hoje em dia. É preciso que a fralda seja prática e tenha um custo baixo. E é exatamente isso que a fralda de pano promete: ela é muito mais fácil de usar do que as fraldas de antigamente.

Embora sejam de tecido, elas não precisam ser passadas a ferro. Isso faz com que se economize um tempo considerável. Para lavar, basta retirar o excesso de sujeira e deixar os tecidos absorventes e as capas de molho no sabão neutro por alguns dias. Do molho, vai direto para a máquina.

Saúde:

As fraldas descartáveis possuem um componente químico chamado poliacrilato de sódio, também conhecido como polímero superabsorvente, que começou a ser usado nas fraldas na década de 1980 e revolucionou o mercado, principalmente porque sua capacidade absorvente é muito maior e ele não incha tanto, comparado aos materiais usados anteriormente.

O problema é que o polímero superabsorvente não distingue a umidade do cocô e do xixi da umidade natural da pele. Ele absorve a água de tudo que está próximo dele. Isso faz com que a pele do bebê acabe perdendo a hidratação natural. Por isso se usa tanta pomada anti-assaduras: para proteger o bebê do poder de absorção da própria fralda.

Além dos benefícios práticos, a fralda de pano dispensa o uso de pomadas anti-assaduras diariamente, porque o tecido é muito mais fresco e não há produtos químicos como na fralda comum. Isso faz com que a pele do bebê fique mais ventilada e confortável.

As chances de alergia também diminuem consideravelmente, já que as fraldas de tecido feito exclusivamente com algodão são muito mais agradáveis e saudáveis para a pele do bebê.

Mas como funciona a fralda de pano moderna?

Não adianta só falar que ela é prática, é preciso explicar como e porque, não é? Não existe (ainda) um tipo de fralda que elimine completamente o trabalho da mãe atarefada, por isso é preciso pensar em prós e contras. Se você já usa fraldas descartáveis, já sabe o trabalho que elas dão: ter que ir comprar, descartar, passar pomada, usar lenços umedecidos, etc.

E a rotina da mãe que usa a fralda de pano moderna? Nós vamos falar disso em partes, para facilitar.

Tipos de fraldas de pano modernas e acessórios:

  • Fralda pocket ou de bolso: a fralda de bolso possui uma capa com um bolso para colocar os tecidos absorventes. Esse tipo de fralda com o absorvente usado dentro do bolso precisa ser lavado tanto a capa quanto o absorvente em todas as trocas. Se você colocar o absorvente fora do bolso, você evita a troca da capa se o bebê fizer apenas um xixi ou cocô sem sujar a parte de fora;
  • Fraldas AIO (all in on) ou tudo em um: são inteiras costuradas, inclusive o tecido absorvente. Ela deve ser trocada inteira todas as vezes, o que a torna mais prática e fácil de usar, porque não precisa ficar colocando e tirando os absorventes. Elas não permitem que você coloque absorventes extras (para a noite ou passeios) e demoram mais para secar;
  • Fraldas AIT (all in two) ou tudo em dois: os absorventes são fixados à fralda com velcro ou botões de pressão. Assim, elas secam tão rápido quando a pocket e os absorventes podem ser trocados sem trocar a fralda toda. A desvantagem é que é preciso comprar absorventes específicos para este tipo de fralda;
  • Fraldas híbridas: esse tipo de fralda possui uma capa impermeável onde é possível fixar um absorvente descartável ou um reutilizável. São difíceis de encontrar, porque qualquer fralda pode ser adaptada para o uso de absorventes descartáveis;
  • Linners ou forrinhos biodegradáveis: são tecidos que podem ser usados com a fralda pocket ou AIO para evitar sujar o conjunto (de cocô ou de pomada, quando for preciso usar). Quando for limpar o bebê, o forro é descartado junto com o excesso da sujeira (pode até ser descartado no vaso sanitário);
  • Absorventes: os absorventes de tecido geralmente vêm junto com a fralda, mas é bom ter alguns a mais para trocar ao longo do dia. Por isso, é possível comprá-los separadamente.

Tipos de tecido:

Também existem vários tipos de tecido das fraldas de pano e eles ainda podem variar conforme o revestimento interno e externo. O tipo de fralda mais recomendável por questões de saúde, meio ambiente e conforto, é a fralda feita toda de tecido 100% algodão. O algodão é mais confortável para o bebê, evita alergias e também é bem fácil de higienizar. A principal desvantagem do algodão, é que como ele absorve muito rápido a umidade, ele fica molhado mais rápido, criando a necessidade de trocar mais vezes a fralda durante o dia.

Mas existem outras opções sintéticas:

  • PUL (poliuretano laminado): tecido sintético e impermeável, é muito usado para compôr a parte externa das capas de fraldas de tecido. Não favorece tanto a ventilação quanto o algodão, no entanto é ótimo para segurar a umidade e evitar que ela passe para a roupa do bebê. Muito usado em fraldas diurnas e noturnas.
  • Soft ou fleece: não costuma absorver a umidade, por isso é muito usado em fraldas próprias para o uso à noite. Não é muito fresco e também é sintético. Se usado fora e dentro da fralda, deixar bem quente, mas será muito mais eficiente contra vazamentos.
  • Poliamida: reveste a parte de fora das capas. Sabe o tecido usado para fazer biquini? É o mesmo. Seca rápido e também é bem fresco.
  • Plush: é usado para revestir o exterior das capas, e é muito macio e suave ao toque. No entanto, é mais indicado para uso à noite ou nos dias frios, porque aquece muito bem o bebê.
  • Dry fit: tecido 100% poliéster, leve, favorece a circulação de ar e seca rápido. Não deixa o bebê molhado, pois é impermeável.
  • Minky: ele é mais macio na parte que fica em contato com o bebê e é de PUL atrás, diminuindo muito os vazamentos por umidade na capa e na roupa do bebê.
  • Suedini: assim como o dry fit, é 100% poliéster, mas ele é mais felpudo. Não deixa a umidade ficar na pele do bebê e pode ser usado em fraldas noturnas e diurnas.

Tamanhos:

Existem fraldas de pano de tamanho único, que vêm com regulagens para você adaptar conforme o bebê cresce. É o tipo de fralda de pano mais popular pela economia e praticidade. Neste vídeo da marca DiPano, você consegue ver como fazer cada uma das regulagens:

Existem também fraldas de pano específicas para recém-nascidos que possuem menos de 3 kg, que é o peso mínimo comportado pela fralda de tamanho único. Também é possível comprar fraldas de pano de cada tamanho, porém, isso aumenta bastante o custo do enxoval.

Como lavar?

Neste vídeo, você pode ver como é a rotina de lavagem das fraldas. Ela fala de um saco de tecido (PUL, o mesmo que pode revestir as capas) que ela usa para armazenar as fraldas. Ele também pode ser comprado em lojas especializadas.

Ela também cita o percarbonato de sódio, que ela usa para tirar as manchas. Você também pode usar apenas sabão líquido neutro, se preferir.

O ácido cítrico também não é obrigatório, mas é uma boa opção para quem quer maciez e não pode colocar o amaciante por causa da fragrância.

Quanto custa?

Falando em curto, quanto será que custa um enxoval de fraldas de pano?  Isso vai depender de qual tipo de fralda, qual tipo de tecido, a marca da fralda e onde você vai comprar.

Um bebê usa cerca de 4 mil fraldas até os 3 anos de idade. Isso dá mais de R$ 4 mil reais, se levarmos em conta uma fralda descartável de R$ 1 real cada, o que é bem menos do que os valores do mercado. Também não colocamos na conta as pomadas anti-assaduras.

Um enxoval de fraldas de pano com 20 fraldas diurnas, 5 fraldas noturnas e 40 absorventes internos fica em torno de R$1500 reais. Você pode procurar por promoções, comprar pelo AliExpress em grande quantidade pagando menos e ainda conseguir a ajuda dos familiares e amigos com um chá de fraldas.

A marca Nós e o Davi, por exemplo, dá várias vantagens, caso você escolha fazer o chá de fraldas com eles, tanto presencial, quanto pela internet. Veja aqui como fazer.

Será que vou me adaptar?

Essa é a grande dúvida das mães: será que vou dar conta de lavar todos essas fraldas, ainda mais no pós-parto? Bem, cada pessoa possui suas especificidades e estilo de vida, por isso não existe uma resposta única para todas as leitoras.

Dá uma olhada no que a Gabi fala da experiência dela com as fraldas de pano:

Se você gostou da ideia, mas ainda não tem certeza, faça um teste. Compre fraldas de pano aos poucos e faça uma transição gradual.

Você pode contar para mim nos comentários como está sendo sua experiência, tá?

 

/* ]]> */