Flores

Lírio do campo: perfume inigualável, forma exuberante e lição de vida

Os lírios pertencem à família Liliaceae e originalmente são encontrados na América do Norte, Europa e Ásia. Seu formato enche os olhos e seu aroma é inebriante. Por isso e muito mais, o lírio do campo não poderia ficar de fora; merece um post todinho para ele. Vem comigo!

Ao lado das rosas, os lírios são as flores com o perfume mais embriagador. Algo atribuído à feniletilamina, uma substância capaz de potencializar a síntese de endorfina em nosso corpo, proporcionando sensação de tranquilidade e bem-estar.

Os lírios fazem parte da história da humanidade. São plantas cheias de mistério, magia e encanto. Uma trajetória que mistura lendas, misticismo, religiões, simpatias e crendices, além de beleza, claro.

Desenhos de lírios foram achados nas paredes de palácios na Grécia Antiga, em homenagem à deusa Hera.

Diz-se também que havia uma lenda atribuindo à flor a capacidade de reconciliar os amantes que romperam relações, mais precisamente por meio de um pedaço de seu bulbo.

Boa parte dos lírios vem do cruzamento entre suas espécies, resultando em cores e variedades impressionantes. São os lírios híbridos. Porém, algumas espécies são nativas dos trópicos, de áreas com altitude elevada.

Entre os diversos tipos de lírios, destacam-se os orientais, que ostentam flores maiores e mais perfume, e os lírios asiáticos, praticamente sem cheiro e com flores reduzidas, porém, repletos de cores fortes. Sem falar nos longuiflorum, que exibem flores grandes nas cores creme e branca.

Os dois primeiros servem tanto para corte quanto para vaso. Neste recipiente, o lírio necessita de boa iluminação, mas sem contato direto com o sol forte.

Outro cuidado é quanto ao substrato, que não pode secar completamente. É importante regá-lo sempre que preciso, chegando ao ponto em que a água escorra através dos furos. Evite apenas o acúmulo do líquido no prato.

As características físicas, que incluem o caule longo, conferem uma imagem elegante à flor. Não é à toa que ela é uma das queridinhas para decoração de eventos e palácios. E até hoje são símbolos de brasões de famílias reais na Europa.

Curiosidades, história e simbologias ligadas ao lírio…

Um dos significados atribuídos à palavra lírio é “amor eterno”, que teria sido concedido pelos chineses, que cultivam a planta há mais de 3 mil anos.

Na China, lírio também é sinal de fartura, sendo a flor associada à chegada do verão.

Em várias outras partes do mundo, os lírios são considerados os reis das flores. Mesmo assim, apresentam uma certa simplicidade impressionante.

Os lírios são muito citados em livros sagrados como a Bíblia. Estas plantas remetem à pureza, inocência e castidade. Por estas razões, surgem com frequência em buquês de noivas.

Mas, como ganham destacam em qualquer arranjo, podem ser empregados em diversas ocasiões e oferecidos como presentes. Dependendo da cor escolhida, o sentido muda um pouco.

Mais especificamente em relação aos lírios do campo, existe toda uma representação espiritual ou de conduta, baseada no discurso de Jesus durante o Sermão da Montanha, relatado nos evangelhos de Mateus e Lucas: “Olhai dos lírios do campo” (ou Olhai os pássaros do céu).

Parte do texto diz “Olhai para os lírios do campo, como eles crescem: não trabalham nem fiam…” Mt. 6.28.

O lírio é uma flor que dura pouco. E foi citada por Jesus como a flor mais delicada e linda.

Na verdade, os lírios do campo estão por aí, belos, frondosos, independentemente de os homens notarem sua presença ou não.

Não é uma planta rara. Ao contrário, é comum, e não tem nada de extraordinário, mesmo com sua exuberância e perfume. Mas é encantadora, pura, bela; enfeita o ambiente e fala ao coração, transmite algo bom.

Em nosso contexto atual, de profundo personalismo, de superestimação exagerada de nós mesmos, os lírios do campo bem que servem para lembrar que, no final das contas, é bom manter a humildade em dia… Religiões à parte, não custa nada pensar no assunto…

Até a próxima!

/* ]]> */