Emagrecimento Nutrição Remédios Saúde Suplementos

Lugol emagrece? Saiba para que serve, como tomar e efeitos colaterais

A busca pela perda de peso rápida e saudável faz parte da incansável rotina de muitas mulheres. Além da beleza vislumbrada e solução para baixa autoestima ofertadas pelo padrão estético da magreza e músculos sobressaltados, a verdade é que o emagrecimento também tem sido mais bem visto nos últimos como uma questão de saúde e melhor qualidade de vida.

Afinal, mais que um assunto relacionado à estética, o sobrepeso e obesidade são fatores de riscos perigosos para o desenvolvimento de outros problemas de saúde. Dislipidemia, diabetes, dores articulares, hipertensão, câncer e doenças cardiovasculares são algumas das enfermidades que têm as suas chances de aparecimento aumentadas diante de um quadro de excesso de gordura corporal.

Por este motivo é que muitas pessoas recorrem a medicamentos e suplementos emagrecedores que podem ajudar nesse objetivo de forma mais eficiente e rápida, principalmente se aliados a uma dieta balanceada e à prática de exercícios físicos. Alguns desses produtos auxiliam diretamente na queima de gordura, outros na manutenção da saúde intestinal, enquanto outros na construção de massa magra.

Há outros, ainda, que podem estimular o melhor funcionamento do metabolismo, contribuindo para a perda de peso, mesmo que este não seja a sua função principal no corpo. É o caso do Lugol, que você vai conhecer melhor no nosso artigo de hoje…

O medicamento, que é considerado uma suplementação de iodo, tem sido bastante procurado por conter a deficiência desse mineral no organismo e, portanto, acelerar o metabolismo e promover o emagrecimento mais rápido e saudável. No entanto, estas não são as suas únicas funções no corpo.

Quer saber mais sobre o Lugol e quais os seus benefícios, modo de tomar e efeitos colaterais? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo e conheça tudo sobre esse poderoso medicamento!

O que é e para que serve o Lugol?

O Lugol é uma solução composta de iodo e iodeto de potássio – indicação de 5%, 30 ml. O seu nome é em homenagem ao médico francês J.G.A. Lugol e ela é considerada um medicamento eficaz para repor a deficiência de iodo no organismo, um mineral extremamente importante para desempenhar diversas funções no corpo, entre elas, o funcionamento do metabolismo, cérebro ou até sistema digestivo.

No entanto, vários estudos apontam que 75% da população brasileira sofrem com a deficiência de iodo, uma das principais substâncias necessárias para o pleno funcionamento do organismo.

A explicação para a pouca ingestão desse mineral está no fato de a alimentação da maioria dos brasileiros ser rica em alimentos industrializados e preparados à base do sal de cozinha refinado, que perde toda a concentração de iodo e outros componentes importantes do sal integral, que seria essencial para a saúde, durante o processo de industrialização.

O resultado da falta de iodo no organismo é o sobrepeso (e até obesidade), já que o funcionamento do metabolismo é retardado pela deficiência desse mineral, e o desenvolvimento de doenças relacionadas à glândula tireoide, por exemplo, como é o caso do hipotireoidismo.

Lugol emagrece mesmo?

Os benefícios do Lugol também estão ligados ao emagrecimento, apesar de esta não ser exatamente sua função principal. O medicamento pode ajudar na perda de peso porque o iodo é o responsável pelo funcionamento da glândula tireoide, que, por sua vez, é responsável pela produção de hormônios e, portanto, por controlar o desenvolvimento e manutenção do corpo, incluindo o peso.

Além disso, o suplemento também pode ajudar a manter níveis adequados de energia no corpo, melhorando o uso das calorias ingeridas através dos alimentos (bem como seu armazenamento, sem permitir o acúmulo excessivo de gordura), outro ponto positivo para quem está correndo contra a balança.

Como se não bastasse tudo isso, o Lugol também é essencial na eliminação de substâncias tóxicas do corpo (inclusive, aquelas que se depositam em nossa gordura), como metais pesados (flúor, chumbo, mercúrio, alumínio – todas substâncias tóxicas que podem causar doenças, inclusive degenerativas, como o Alzheimer). Para quem não sabe, manter o corpo desintoxicado também é crucial para manter o corpo magro. Daí, a fama das chamadas dietas “detox”.

No entanto, apesar de todos esses benefícios para o emagrecimento, o seu uso para a perda de peso não é recomendado, já que esta não é a função específica do medicamento.

O que causa a deficiência de iodo no corpo?

É comum falar do Lugol e logo pensar em quais são as causas que levam à deficiência de iodo no nosso organismo. Uma alimentação pobre em verduras e frutas é a primeira delas. Veja, a seguir, quais são os motivos que acarretam a falta do mineral no corpo:

  • Utilização do sal não iodado na dieta diária;
  • Consumo de produtos cultivados em áreas montanhosas ou oceânicas, onde o solo tem naturalmente baixo teor de iodo;
  • Consumo de produtos de áreas onde há uma deficiência de iodono solo devido a métodos de cultivo pobres ou a erosão do solo;
  • A exposição a produtos químicos tóxicos;
  • Escovação dos dentes com creme dental que contenha flúor;
  • A exposição ao cloro.

Quais são os sintomas da deficiência de iodo?

Todos os problemas mencionados anteriormente podem causar a deficiência de iodo no organismo. Portanto, se você se identificou com essas situações, pode ter os seguintes sintomas causados pela falta do mineral no corpo:

  • Constipação;
  • Queda de cabelo e unhas quebradiças;
  • Depressão;
  • Fadiga;
  • Pele seca;
  • Mudanças de humor extremas e irracionais;
  • Bócio;
  • Dor no peito e palpitações;
  • Aumento da sensibilidade ao frio;
  • Problemas respiratórios;
  • Ganho de peso repentino;
  • Irregularidades no ciclo menstrual;
  • Os baixos níveis de alerta;
  • Fraqueza excessiva.

Benefícios do Lugol à saúde

Agora que você já sabe o que é o Lugol e para que ele serve, chegou a hora de conhecer quais são os principais benefícios do seu uso. Confira abaixo:

Regula as taxas metabólicas

Como você leu no decorrer desse artigo, o iodo está diretamente ligado ao funcionamento do metabolismo hormonal. Portanto, ao ingeri-lo, você pode promover o funcionamento da glândula tireoide, auxiliando na produção de hormônios, que são diretamente responsáveis por controlar a taxa metabólica básica.

Aumenta os níveis de energia no corpo

Tomar o Lugol também pode ajudar a manter excelentes níveis de energia no corpo, garantindo uma ótima utilização de calorias, sem permitir que sejam depositadas como gorduras em excesso.

Melhora a saúde das unhas, cabelos e dentes

Se você é vaidosa e gostar de cuidar da saúde e beleza do corpo vai gostar de saber que o Lugol também pode ser útil para melhorar a aparência e saúde da pele, cabelos e dentes. Para quem ainda não sabe, a falta de iodo pode causar a perda de cabelo.

Portanto, ao ingerir o medicamento, além de evitar a queda dos fios, você também pode auxiliar no seu crescimento saudável e rápido.

Ajuda na gravidez

O Lugol também pode fazer muito à mulheres grávidas. Isso porque boas doses de iodo durante a gestação é essencial para evitar natimortos ou condições cognitivas, como cretinismo dos bebês. Além disso, o medicamento também garante a circulação adequada e ajuda no desenvolvimento da fala e da audição em bebês.

Previne o câncer

Este é, provavelmente, o segundo maior benefício do Lugol, além de sua influência tireoidiana. Rico em propriedades anticâncer, vários estudos têm demonstrado que o seu consumo pode reduzir as células cancerosas e, portanto, evitar os mais diversos tipos de cânceres.

Evita doenças na tireoide

A deficiência de iodo é a causa básica da Goitre e, também, do hipotireoidismo e hipertireoidismo. Uma dica é consumir ovos, sal, alimentos do mar, produtos lácteos para evitar a deficiência de iodo, que funciona como uma cura para o aumento da glândula tireoide.

Elimina toxinas do corpo

Ingerir o Lugol também pode ajudar a remover as toxinas químicas do organismo, já que boas quantidades de iodo atuam diretamente na eliminação de chumbo, flúor, mercúrio, etc., além de toxinas biológicas, e pode fortalecer o sistema imunológico. O iodo também evita a proliferação de bactérias nocivas no estômago.

Ajuda na morte celular programada

Por conter alta concentração de iodo, o Lugol garante a apoptose ou morte celular programada, que é crucial na formação de novos órgãos, bem como na remoção de células malignas e células doentes.

Combate doenças fibrocísticas

Ingerir a suplementação de iodo a partir do Lugol pode diminuir significativamente condições como a turgescência fibrose e a sensibilidade mamária.  Isso porque o mineral atua diretamente como um alívio para doenças fibrocísticas e é amplamente utilizado até mesmo em terapias.

Como tomar Lugol?

Muitos especialistas recomendam tomar Lugol no período da manhã, após o café da manhã. Isso porque o gosto é um pouco forte e pode causar um certo desconforto se você estiver com a barriga vazia.

Para tomá-los, basta colocar as gotas em um copo d’água e tome. A dica é consultar o seu médico para saber a dosagem correta para o seu caso em específico, pois somente ele saberá orientá-la para repor as quantidades necessárias de iodo no organismo a partir de exames clínicos.

Além disso, as recomendações para o iodo são de 150mcg para adultos; 220mcg para gestantes e 290mcg para mulheres que estejam amamentando.

Efeitos colaterais

Apesar de seus vários benefícios à saúde, o Lugol também pode trazer efeitos colaterais indesejados se tomado em quantidades inadequadas.

Alguns deles incluem náuseas, vômitos, dores de estômago, diarreias, gosto metálico na boca, febre, cefaleia, corrimento nasal, espirros ou acne. Além disso, podem ocorrer também alguns efeitos colaterais secundários, considerados graves.

Se você sentir qualquer um deles, suspenda o uso do medicamento e procure ajuda médica. São eles: ardor na boca, gengivas doloridas, dores de garganta, inchaço na boca, irritação ocular, aumento da saliva, pálpebras inchadas, inchaço da frente do pescoço, cefaleia intensa, confusão, formigamento, entorpecimento e dor ou fraqueza das mãos e pés.

Contraindicações

Antes de iniciar qualquer tratamento com o Lugol, é imprescindível consultar um médico. Você deverá informá-lo sobre possíveis casos de bronquite, condições de pele ou doença dos vasos sanguíneos.

Também será necessário que o profissional de saúde tenha acesso ao seu histórico médico, especialmente aqueles relacionados a ​​problemas de tireóide, tuberculose, doença cardíaca, níveis elevados de potássio no sangue, Doença de Addison, entre outros.

Onde comprar e preço

O Lugol pode ser encontrado em qualquer farmácia pelo Brasil, inclusive na internet. O preço médio de um frasco com conteúdo de 30 ml é de R$ 25, dependendo do fabricante e farmácia onde você for comprar.

/* ]]> */