Maternidade

Mala da Maternidade: o guia completo para você montar a sua

O planejamento do que levar para a maternidade é essencial. Principalmente para futura mamãe que quer uma mala prática, com tudo que irá precisar, porém sem exagerar e acabar levando coisas que vão atrapalhar nos dias no hospital.

Se você quer saber mais dicas sobre como se preparar para o parto, confira esses dois artigos:

Como saber que o trabalho de parto está começando?

Tudo sobre a gravidez: como funcionam as contrações?

Qual tipo de mala levar?

Há várias maneiras de levar suas coisas e do seu bebê para a maternidade.

Algumas mães utilizam malas específicas para a maternidade, com uma mala para a mãe e outra para o seu bebê. É possível encontrar para comprar na internet e em lojas físicas vários modelos.

Existem profissionais que produzem malas de maternidade sob encomenda com detalhes exclusivos, como bordados com o nome da mãe e do bebê, ou outros detalhes temáticos.

Outras preferem usar malas de viagem que já têm em casa. Neste caso a principal vantagem é a economia, já que não é necessário comprar um novo kit para levar na maternidade.

Não existe uma regra, o que existe é a opção que mais se encaixa para a sua realidade.

Mais adiante, separamos alguns estilos de malas de maternidade ajudar você a escolher a sua.

Algumas dicas básicas para levar em conta antes de montar a mala:

Antes de pegar a lista e montar sua mala, é importante pensar em alguns detalhes sobre você e seu bebê, para garantir que você vai levar coisas que serão realmente úteis para vocês. Veja:

Quanto tempo você ficará no hospital?

Essa é uma pergunta impossível de responder com certeza, afinal vai depender de vários detalhes: se o parto será natural ou se você fará uma cesariana; como será sua recuperação; como será a recuperação do bebê e seu estado de saúde.

Na maioria dos hospitais, a mãe fica de 3 dias internada se recuperando do parto e fazendo vários exames antes de ir para a casa.

Esse período pode ser maior se houver uma complicação de saúde para a mãe ou para o bebê.

Como está o clima?

Mesmo que exista uma lista mais básica de coisas para levar na maternidade, é importante fazer algumas adaptações de acordo com a estação do ano.

No verão, não é necessário levar muitos agasalhos ou roupas de bebê muito grossas.

Já no inverno, você pode deixar as roupas leves em casa e pensar em composições de roupas com sobreposições.

Quando arrumar a mala da maternidade?

O ideal é que a mala esteja pronta a partir da 33ª semana. No entanto, você pode começar a organizar as coisas antes, principalmente se você quiser encomendar peças exclusivas com bordados e outros detalhes.

O que levar para o bebê na mala da maternidade:

  • 6 trocas de roupas: dependendo do clima, você pode colocar peças mais leves ou mais reforçadas. Os macacões são mais práticos para vestir o bebê nos primeiros dias de vida, mas os boddies com calça, tanto de manga longa quanto de manga comprida são boas escolhas. Lembre-se: uma dessas trocas será a saída da maternidade;
  • 2 cobertores: se estiver calor, leve apenas mantas leves e se estiver muito frio, separe cobertores mais reforçados;
  • 2 cueiros: são utilizados para embrulhar o bebê e fazem com que eles se sintam mais calmos e confortáveis;
  • 8 fraldas de pano: você pode levar 4 fraldas grandes e 4 menores, para a boca;
  • 2 toalhas: você pode levar as toalhas-fralda, que são mais adequadas à pele delicada do bebê.
  • sabonete líquido para cabelo e corpo: costuma ser mais prático para os primeiros banhos;
  • cotonetes: separe um pacote, pois você usa bastante para higienizar as orelhinhas, o narizinho e o coto do cordão umbilical;
  • álcool 70%: ele será utilizado para limpar o coto do cordão umbilical;
  • pomada para prevenir assaduras: é importante usar bastante nos primeiros dias para prevenir esse problema que pode causar muito desconforto ao bebê;
  • algodão ou lenços umedecidos sem álcool: como a pele do bebê ainda é muito sensível nos primeiro dia, é bom usar algodão umedecido com água morna ou lenços sem álcool etílico;
  • pacote de fraldas: mesmo que sobrem fraldas depois de você distribuí-las nos kits de troca, leve mais algumas de reserva, porque os recém-nascidos fazem cocô muitas vezes ao dia;
  • trocador portátil: será muito útil para evitar acidentes com cocô e xixi que eles fazem às vezes durante a troca;
  • saco para as roupas sujas: pode ser plástico ou não;
  • chupeta: é opcional.

Itens para o bebê que ficam fora da mala:

  • bebê conforto;
  • lembrancinhas para quem for visitar vocês na maternidade;
  • enfeite de porta.

O que levar para a mamãe na mala da maternidade:

  • 6 calcinhas: procure levar calcinhas maiores, pois elas ajudam a manter a barriga mais firme nos primeiros dias;
  • 2 sutiãs de amamentação: eles são mais práticos, principalmente nos primeiros dias, que é quando os bebês costumam mamar várias vezes num curto período;
  • 3 pijamas: as camisolas são mais práticas, procure modelos bem largos e com abertura para amamentar, para facilitar a amamentação e não incomodar a barriga que ainda fica inchada nos primeiros dias;
  • 1 robe ou roupão: é uma ótima opção para manter a privacidade quando receber visitas;
  • 1 toalha de banho: na maioria dos hospitais há toalhas de rosto de papel, mas você também pode levar uma de tecido;
  • 1 pacote de absorvente: existem marcas de absorvente específicas para o pós-parto, que são maiores para dar conta do fluxo grande desse período;
  • 1 par de chinelos ou pantufas: você pode comprar um par de chinelos acolchoados para o hospital. Lembre-se que seus pés ainda podem ficar um pouco inchados nos primeiros dias;
  • itens adicionais: meias, escova de cabelo, escova de dente, creme dental, shampoo, condicionador, maquiagem, hidratante para o corpo, elástico de cabelo, etc;
  • 1 roupa para a saída da maternidade: escolha peças confortáveis e que não incomodem sua barriga.

E o acompanhante?

É muito comum que o pai ou outra pessoa também fique na maternidade como acompanhantes, veja os itens essenciais para o papai:

  • 6 cuecas ou calcinhas;
  • 1 par de chinelos;
  • 6 mudas de roupas;
  • 2 agasalhos, caso esteja frio;
  • itens adicionais: meias, escova de cabelo, escova de dente, creme dental, shampoo, condicionador, creme para barbear, aparelho de barbear, etc;

Como organizar a mala?

Como são muitas coisas, desde roupas até acessórios pequenos, além das fraldas, você pode utilizar pequenos saquinhos (de pano ou de plástico) para montar kits de troca para o bebê.

Cada kit deve conter uma troca de roupa com todas as peças, três fraldas descartáveis e um fralda de boca.

Também é importante separar usar necessaire com os itens usados para a higiene, tanto do bebê quanto da mãe.

Leve também um saquinho com meias e luvas. Isso vai ajudar a não perder essas peças menores.

Pasta de documentos:

Preparamos uma lista básica para você não esquecer do essencial para a mãe e acompanhante. Porém, é importante checar quais documentos que o hospital pede.

  • RG e CPF ou carteira de habilitação;
  • certidão de casamento para os pais casados e separados;
  • averbação da separação, para os pais separados;
  • passaporte e RNE de pais estrangeiros;
  • cartão do plano de saúde ou do SUS;
  • carteira do pré-natal;
  • exames realizados durante o pré-natal;

Malas de maternidade para você ter ideias para montar a sua:

Ufa! Quanta coisa, não é mesmo? Mas o importante é preparar tudo para os primeiros dias com seu bebê!

E já que estamos falando em preparação, veja este artigo sobre como se preparar para o parto!

 

/* ]]> */