Beleza Cabelos

Mechas californianas azuis: saiba mais sobre a tendência de fios coloridos

As mechas californianas tornaram-se o maior sucesso entre as técnicas de clareamento capilar no Brasil e mundo afora, sendo as mais pedidas nos salões de beleza por conta da naturalidade e beleza que elas oferecem aos fios, além da praticidade no dia a dia.

O famoso visual praiano inspirado nas surfistas das praias da Califórnia, nos Estados Unidos, possibilita a iluminação dos fios através de um efeito solar nas pontas, como se o cabelo tivesse sido “queimado do sol”. A ideia é criar um contraste entre o claro e o escuro que evidencie a sensação de mais movimento às madeixas, o que cai super bem tanto em fios claros quanto escuros.

Por este motivo, além das nuances loiras que introduziram a técnica por aqui, as mechas californianas ganharam várias versões desde que a tendência ganhou o coração das adeptas vaidosas. Seguindo a onda de cabelos coloridos, favoritos entre as fashionistas de plantão, as mechas californianas coloridas também já caíram no gosto das mulheres mais modernas, inclusive aquelas nas tonalidades azuis.

Você já quis ter um cabelo azul, mas nunca teve coragem ou oportunidade para pintar? Pois bem! As mechas californianas azuis podem ser uma ótima forma de você realizar o seu sonho e, o melhor, sem precisar pintar o cabelo todo. Apenas com as pontas azuladas, você pode deixar o visual todo cheio de estilo e atitude, sem radicalizar demais.

Precursoras de novas tendências, muitas famosas já investiram nessa novidade, dentre elas, Demi Lovato e Katy Perry, o que quer dizer que a cor fica linda em cabelos pretos ou escuros. No entanto, saiba que, para apostar nessa técnica ousada, é necessário ter muita paciência para sustentar o colorido e cuidar dos fios após a tintura.

Veja também:

Quer saber como fazer mechas californianas azuis? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo e aprenda tudo sobre a técnica que deixa as pontas do cabelo coloridas!

Revivendo a tendência Dip-Dye

Se você é fã da famosa moda hipster Dip-Dye típica dos anos 70, em que o tingimento de roupas era feito a partir do mergulho em tintas, apenas pela metade, para dar o efeito de “manchas” coloridas nas peças, vai adorar saber que as mechas californianas azuis podem criar esse mesmo efeito nas suas madeixas.

A especialista Glória Kalil já havia alertado sobre a volta da tendência aos dias atuais, inclusive nos cabelos. Portanto, caso você ainda tinha algum receio de pintas as pontas dos fios de azul, pode ficar tranquila! Você não vai cair no demodê, pois as mechas californianas azuis são o Dip-Dye dos cabelos.

Por que apostar nas tonalidades azuis?

A cor azul está fazendo a cabeça das mulheres por vários motivos. Além de a tendência colorida estar super em alta e de várias famosas já terem aderido ao cabelo azul, fazer essa mudança radical nos fios pode divertir o visual e demonstrar muito estilo e personalidade forte por parte das adeptas.

A tonalidade azulada combina principalmente com mulheres com cabelos pretos ou escuros, que podem dar um up no look sem precisar causar um “choque” total na aparência na frente do espelho. Mas as loiras também podem apostar nas mechas californianas azuis sem qualquer problema.

Leia também:

Cuidados antes de fazer mechas californianas azuis

Seja a tonalidade azul ou qualquer outra que você escolher para mudar o visual, é fundamental ter conhecimento dos cuidados antes e após a tintura. As chamadas tintas “fantasia” formam uma película nos fios, que vão perdendo a cor com o tempo, o que requer retoques frequentes e, consequentemente, cuidados redobrados para manter a fixação da cor e saúde dos cabelos. Dentre eles, é preciso que você:

  • Esteja com o cabelo saudável: O processo para fazer as mechas californianas azuis é bastante agressivo, podendo causar danos graves e até irreversíveis às suas madeixas, caso elas tenham algum problema anterior. Por isso, consulte um profissional de beleza especializado para avaliar como anda a saúde dos seus fios e, em caso de algum problema, indicar o melhor tratamento antes da realização do procedimento.
  • Respeite o tempo de descoloração: Alguns tipos de cabelo aceitam bem procedimentos de descoloração, enquanto outros não conseguem abrir o tom desejado apenas com essa técnica. Se este for o seu caso, respeite o limite e o tempo de descoloração que os seus fios aguentam, pois, se você forçar, o processo poderá ressecar as madeixas de forma profunda.
  • Mantenha o cabelo em um tom único: Para evitar que os seus cabelos fiquem manchados após a aplicação das mechas californianas, é preciso cuidar para que os seus fios estejam em um só tom na hora de fazer a técnica. Se você já estiver com alguma coloração, procure um profissional de beleza antes para achar uma forma de criar uma base para as madeixas para receber a descoloração.
  • Invista em produtos confiáveis: Use sempre produtos profissionais e confiáveis, evitando aqueles mais baratos e que podem danificar os seus fios. Afinal, muitas vezes, o barato pode sair mais caro no fim das contas, certo?

Como fazer mechas californianas azuis passo a passo

O procedimento das mechas californianas azuis é praticamente o mesmo usado para fazer as mechas californianas tradicionais. A diferença é que, em vez de descolorir e deixá-las loiras, você mergulha as mechas em tinturas coloridas, neste caso, as de tonalidade azul.

Você pode fazer as mechas em casa, mas recomenda-se ir até um salão de beleza procurar a ajuda de um profissional de beleza especializado para ajudar no processo, pois os cabeleireiros usam colorações profissionais de alta fixação de cor que ainda contêm substâncias que auxiliam na preservação e hidratação dos fios.

Caso você já tenha experiência e prática com coloração, basta seguir o passo a passo a seguir para arrasar com suas novas mechas californianas azuis:

Você vai precisar de:

  • Tonalizante da cor azul (da marca que preferir);
  • Máscara de hidratação branca (de sua preferência);
  • Papel laminado (cortado em tiras);
  • Elásticos (para prender o cabelo);
  • Recipiente de plástico.

Como fazer:

Passo 1: No recipiente de plástico, misture algumas colheres da sua máscara de hidratação branca e o tonalizante azul. Tente equilibrar a quantidade de máscara de hidratação e tonalizante conforme você queira o tom de azul das suas mechas (mais escuras ou mais claras).

Passo 2: Em seguida, com os cabelos sujos e secos (é melhor para fixar a cor), divida-os em cinco partes para facilitar na hora de fazer a aplicação da coloração. Deixe duas partes atrás da cabeça, duas na frente e outra no topo. Prenda as mechas com elásticos.

Passo 3: A quantidade de fios que você quer que sejam coloridos vai depender da espessura que você quer que fiquem as mechas (mais grossas ou mais finas). Agora, comece a aplicar a mistura.

Passo 4: Solte uma mecha da parte de trás da cabeça e aplique o produto do meio até as pontas do cabelo, seguindo o modelo de um “W”, em mechas finas e paralelas, para deixar o efeito final mais natural. Lembre-se de concentrar a mistura principalmente nas pontas. Depois, é só colocar o papel alumínio.

Passo 5: Solte a próxima mecha da parte de trás da cabeça e faça o mesmo procedimento. Não se esqueça de colocar o papel alumínio. O produto deve ficar, pelo menos, a dois centímetros de distância da raiz e as mechas a cinco centímetros uma da outra.

Passo 6: Finalize a pintura nas mechas da parte de trás da cabeça e do topo e, só depois, vá para as mechas laterais, que também devem ser feitas em formato de “W”.

Passo 7: Depois de terminar a última mecha, deixe a tintura agir por 45 minutos (ou pelo tempo indicado na embalagem) e enxágue bem até sair todo o produto. Lave com shampoo e condicionador específicos para cabelos coloridos.

Passo 8: Finalize como de costume utilizando o secador ou deixando os cabelos secarem naturalmente.

Cuidados após a aplicação

A primeira coisa que você precisar ter em mente depois de fazer as mechas californianas azuis é que cabelos coloridos, de qualquer que seja a cor, necessitam de cuidados especiais e redobrados.

Portanto, depois do procedimento que ensinamos acima, invista em hidratações e reposições de queratina para recuperar os danos causados pelo excesso de produtos oxidantes. Se você usa secador e chapinha ou, pior que isso, algum tipo de alisamento químico, fique atenta! Quando somados ao processo para fazer mechas californianas coloridas, as consequências podem ser quebra, elasticidade ou até mesmo a queda dos fios.

Para evitar esses problemas, alterne o retoque da tinta com tratamentos profundos, como a nutrição e as hidratações semanais com produtos específicos para fios quimicamente tratados. Feito tudo isso, é só curtir o seu novo visual azulado e divertido!

Fotos de mechas californianas azuis

Gostou de saber tudo sobre as mechas californianas azuis? Então, chegou a hora de ver algumas fotos para se inspirar e começar a pensar no visual para o próximo verão. Confira!

/* ]]> */