Saúde

Menopausa engorda? Descubra se é mito ou verdade

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

A menopausa nada mais é do que um processo natural do organismo, pelo qual todas as mulheres acabam passando. Esse processo é marcado pelo fim do ciclo menstrual e, também, o termino da idade reprodutiva, visto que o ovário não irá mais liberar óvulos para que ocorra a fecundação.

A idade de início da menopausa varia muito de mulher para mulher, mas normalmente o ciclo tem seu início entre 40 a 45 anos de idade. Entretanto, não é incomum que algumas mulheres iniciem esse ciclo um tanto mais cedo, o que é chamado de menopausa prematura.

O fato é que esse processo é um momento de muitas mudanças no corpo feminino, causado pela variação hormonal. Graças a essa variação, é possível que a mulher venha a sofrer com alguns efeitos, tais como vermelhidão, ondas de calor e ondas de suor.

Outro acontecimento comum durante essa fase é que a mulher ganhe peso e acabe engordando durante a menopausa. Entretanto, o que muita gente se pergunta é o porquê de isso acontecer e se há como reverter esse problema emagrecendo.

Então, se você quer saber mais sobre a menopausa, continue lendo e descubra se a menopausa engorda, por que isso acontece e como reverter a situação. Vamos lá?!

Mas, afinal, por que a menopausa engorda?

Ao entrar na menopausa, os níveis do hormônio estrogênio tendem a reduzir e essa pode ser, justamente, a causa do aumento de peso durante esse período.

Estudos realizados em laboratório com animais comprovam que a baixa do hormônio feminino ocasiona o aumento de apetite e fazem com que o corpo fique fisicamente menos ativo, com o metabolismo menos eficaz. Tudo isso dificulta a queima da gordura e propicia o acúmulo da mesma.

Outro ponto importante é que a baixa de estrogênio no organismo faz com que o mesmo use o açúcar no sangue de uma forma menos eficaz.

O fato é que o IMEO, Instituto Médico Europeu da Obesidade, afirma que durante a menopausa as mulheres podem chegar a ganhar de 5 a 10 quilos.

Entretanto, de forma nenhuma isso deve ser tido como algo inevitável. O importante é ficar atento ao início da menopausa, buscar orientação médica e determinar estratégias para evitar que ocorra o ganho de peso.

Entretanto, para que seja possível entender bem esse processo, é importante entender aquilo que o causa.

Alterações endócrinas

Obviamente, com a pouca produção de estrogênio, supõe-se que o organismo irá sofrer mudanças, tais como o aumento das células adiposas no corpo, visto que o metabolismo fica mais lento. Isso porque o corpo necessita menos energia e o excesso é acumulado como gordura.

Algumas mudanças emocionais também aparecem em algumas mulheres, bem como ansiedade, distúrbios do sono e depressão. Em alguns casos, tudo isso se traduz em transtornos alimentares.

A menopausa também faz com que se perca, de forma gradual, o tônus muscular, ou seja, há mais gordura e menos músculo.

Como evitar o ganho de peso causado pela menopausa?

Se você está entrando em uma nova etapa, nada melhor do que adotar novas estratégias. Então, a primeira coisa a ser feita é buscar a orientação de um profissional para verificar se você realmente está entrando na menopausa.

Se confirmado, o mais adequado é realizar um tratamento de reposição hormonal, que ajuda a minimizar e até acabar com os sintomas citados anteriormente.

Obviamente, que esse tratamento varia de acordo com cada mulher e é por isso que o acompanhamento de um médio ginecologista, ou até mesmo uma equipe multidisciplinar, é fundamental.

Entretanto, o que não muda é que, a partir de agora, o corpo necessita de menos calorias do que antes, pois não tem a capacidade de gastar tudo como antes. Em contraponto, uma dieta mais rica e balanceada também se faz mais necessária, visto que as vitaminas e minerais assumem um papel fundamental para a mulher.

Então, cuide da sua alimentação, faça atividade física e tenha uma menopausa com muita qualidade de vida.

/* ]]> */