Casamento

Músicas para Casamento: como escolher?

Lá vem a noiva… Toda de branco ou não, moderna ou tradicional… Não importa o estilo do casal, o ambiente da cerimônia. Música para casamento faz diferença.

Então relaxe! Hoje eu trago dicas para você acertar na escolha e na forma de programar a trilha sonora do amor. Dá uma olhada:

1. Quem casa em bufê, sítio, praia, fazenda ou coisa parecida, tem mais liberdade para escolher as músicas e entradas. Se o casório é na igreja, a dica é conferir as normas da paróquia em relação ao número de entradas e às músicas permitidas.

2. Lembre-se: uma cerimônia com 12 músicas dura em média 1 hora e meia; com 8, cerca de 1 hora. Quanto mais entradas, mais tempo de espera para os convidados – e especialmente para as crianças.

Uma forma de não prolongar demais é deixar algumas músicas para a sala de espera e/ou festa.

3. Entrada dos padrinhos ou do noivo – opte por um tema instrumental ou de filme (cantado). É a primeira música da celebração. Geralmente, o pacote fechado com a orquestra ou coral já ajuda a definir a abertura musical.

4. A passagem de floristas, daminhas e pajens pede músicas clássicas suaves ou temas de filmes infantis com solos de violino ou flauta, por exemplo.

A-entrada-da-noiva-660x396

5. Entrada da noiva – sem dúvida, é o ponto alto; nenhuma música pode ter mais destaque, ser mais forte e marcada. Normalmente, a escolha é Marcha Nupcial antecedida de Clarinada ou Campanas.

Pode ser também um som mais suave, porém, em equilíbrio com os temas anteriores.

6. Na hora da benção, música sacra é a melhor alternativa, e dentro do contexto do momento. Por exemplo: nos casamentos católicos, ave- maria é praticamente obrigatória; nas cerimônias evangélicas, a sugestão é o pai-nosso.

7. O momento dos cumprimentos é o mais livre. Ideal para a música romântica dos tempos de namoro do casal. Existem temas elegantes que já fazem parte dos casamentos.

Ao escolher, só não esqueça de prestar atenção à letra, pois às vezes ela fala de sofrimento e separação, embora a melodia seja linda.

8. A saída do casal combina com uma canção mais animadinha. É hora de relaxar e curtir!

saida

Músicas para casamento: veja mais dicas

Assim como os demais preparativos, a seleção musical também deve ser feita com uma certa antecedência: aproximadamente 3 meses antes do casamento. É o tempo para os músicos capricharem nos arranjos e ensaiar (no caso de música inédita).

Outra sugestão é pensar em mais de uma música para cada momento, sempre visualizando mentalmente o local, os convidados e a canção que escolheu. Este exercício ajuda a definir a trilha sonora da cerimônia.

Mesmo que as clássicas sejam quase sempre a melhor pedida, é interessante que os noivos discutam quais as músicas que gostariam de apreciar no grande dia.

Começar montando um roteiro do casamento, do cortejo à saída dos noivos, é um bom caminho para acertar na escolha. Depois, é só anotar as músicas preferidas do casal para cada um dos momentos.

No casamento tradicional brasileiro, geralmente a cerimônia conta com 6 (e no máximo 10) músicas, no total. Portanto, evite falta ou exagero!

É importante conferir o histórico da banda ou DJ, saber o estilo musical predominante antes de contratar, para ter a garantia de que tudo sairá como sonhado durante a execução das músicas para casamento.

Viu como não é tão complicado assim? O grande truque é não deixar tudo para a última hora, e seguir as dicas de hoje…

Boa sorte, e até mais!

Veja também:

Comentar

/* ]]> */