Beleza Cabelos

Cabelo ressecado? Descubra como o Óleo de Algodão pode ajudar

Já pensou em aproveitar a onde de produtos naturais e orgânicos que invadiu o universo beauty para cuidar do cabelo? Para algumas vaidosas, essa parece ser a melhor alternativa entre os tradicionais produtos que usamos no cotidiano para agredir menos os fios, já que não possui aditivos químicos, e pode torná-los mais fortes, saudáveis e bonitos na frente do espelho.

Por isso, alguns óleos vegetais, como é o caso do Óleo de Algodão, que você vai conhecer melhor no nosso artigo de hoje, têm conquistado de vez o coração de muitas mulheres quando o assunto é manter a saúde e beleza das nossas madeixas sempre em dia.

O produtinho, que também é famoso na culinária, ganhou adeptas em todo o mundo depois de mostrar uma excelente carga de nutrientes essenciais à fibra capilar, capaz de hidratá-la profundamente e combater com tudo o ressecamento.

Quer saber mais sobre os benefícios do Óleo de Algodão para o cabelo e como usá-lo? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo e descubra por que esse produto não poderá mais faltar na sua penteadeira a partir de agora. Vem comigo!

O que é e para que serve o Óleo de Algodão?

O Óleo de Algodão é um alimento extraído da prensagem da semente da planta, que é originária da Índia. No entanto, por ter se adaptado muito bem aos climas tropicais, o Brasil também possui grande cultivo do algodoeiro, como é chamada a árvore, principalmente nos estados do Paraná, Bahia, Mato Grosso e São Paulo.

Por isso, o Óleo de Algodão é tão fácil de ser encontrado em terras brasileiras, o que logo você vai descobrir que é uma ótima notícia depois de ler esse artigo. A sua coloração geralmente varia entre dourada e amarela avermelhada e possui uma série de nutrientes importantes para a saúde capilar.

Dentre eles podemos citar vitamina D, vitamina E, ácidos graxos (Ômega 3, Ômega 6 e Ômega 9) e antioxidantes, que ajudam a reter a água dentro dos fios e remover os resíduos de produtos da fibra capilar, mantendo a hidratação do cabelo e combatendo o ressecamento com tudo. O resultado é de mais maciez e brilho como você nunca viu antes, entre outros benefícios que você vai conhecer a seguir!

A essência do Óleo de Algodão é muito parecida com a de outros óleos populares, como é o caso do óleo de linhaça e de rícino. No entanto, a diferença em relação aos demais, além de suas próprias propriedades nutricionais, é a sua textura, que é bem mais leve e não deixa o cabelo muito pesado após a utilização.

Benefícios

Depois de saber o que é e quais são as propriedades do Óleo de Algodão, chegou a hora de saber quais são os benefícios que esse poderoso produto natural pode trazer à saúde e beleza dos seus cabelos:

Combate o ressecamento

Esse é o principal benefício do Óleo de Algodão para o cabelo. Ao aplicá-lo nas madeixas, você pode devolver a umidade (água) dos fios, deixando a fibra capilar mais saudável e brilhosa por mais tempo e, é claro, melhorando a aparência do cabelo na frente do espelho.

Nutre a fibra capilar

Por conter nutrientes essenciais à fibra capilar e de alto poder emoliente, o óleo também pode ajudar a mantê-la nutrida e livre de problemas como queda e quebra.

Reduz o frizz

O Óleo de Algodão também possui alta concentração de ceramidas, mais especificamente cerca de 54%. Esse lipídeo ajuda a fechar as cutículas (parte externa dos fios) e as mantêm seladas, protegendo o cabelo de problemas como frizz e agressões de agentes externos, como vento, poeira, poluição, etc.

Limpa o couro cabeludo

Como falamos anteriormente, o Óleo de Algodão também ajuda a reter a água (umidade) dentro dos fios. Por isso, é ideal para remover os resíduos de produtos acumulados no couro cabeludo, evitando a obstrução dos folículos pilosos e as consequências dela, como é o caso da queda e dificuldade no crescimento de novos fios.

Como usar?

Existem duas diferentes maneiras de usar o Óleo de Algodão no cabelo, o que vai depender da etapa do cronograma capilar em que você irá utilizá-lo. Você pode usá-lo tanto na nutrição ou hidratação dos fios, conforme vamos ensinar a seguir:

Nutrição

Para nutrir os fios usando o produto, aplique o óleo em todo cabelo seco, massageie bem e deixar descansar por cerca de uma hora. Em seguida, lave os fios por três ou quatro vezes, até retirar completamente o óleo. Espere secar naturalmente ou usando um secador.

Se o seu caso for esse último, é recomendado usar o ar mais frio, já que os resíduos de óleo em contato com o calor podem danificar os fios.

Hidratação

Para usar o Óleo de Algodão para hidratar o cabelo, basta misturá-lo à sua máscara de hidratação. Adicione uma colher rasa (chá) do Óleo de Algodão à máscara que você costuma usar na sua rotina. Misture bem.

Em seguida, lave o cabelo com shampoo, enxágue bem e retire o excesso de água com a ajuda de uma toalha. Agora, divida o cabelo em mechas e aplique a mistura em cada uma delas, massageando bem, e espere agir de acordo com o tempo recomendado na embalagem da máscara.

Passado esse tempo, enxágue em água corrente e aplique o condicionador normalmente. Prontinho! Você pode deixar o seu cabelo secar naturalmente ou com um secador.

Cuidados aos usar o Óleo de Algodão no cabelo

Mesmo tendo uma textura mais leve em relação aos demais óleos vegetais, o Óleo de Algodão não deve ser aplicado em quantidades exageradas no cabelo, pois isso pode deixar os fios mais pesados e com uma aparência “suja”. Por isso, acerte na quantidade sempre levando em consideração se o cabelo é seco ou oleoso e de acordo com o volume.

Também não é indicado aplicar o produto antes do uso de aparelhos térmicos nos fios, como é o caso do secador, chapinha ou babyliss. Isso porque o contato do óleo com o calor pode danificar a fibra capilar.

As ceramidas presentes em sua composição, quando em contato com altas temperaturas, serão removidas rapidamente e, com isso, as cutículas serão abertas, o que poderá prejudicar a saúde dos fios. Fique ligada!

/* ]]> */