Nutrição Saúde

Óleo de Girassol: Benefícios e cuidados

Escolher boas fontes de gordura pode auxiliar na manutenção da saúde – e o óleo de girassol pode auxiliar. A maior parte da gordura presente no óleo de girassol é insaturada, o que o torna mais saudável do que outros óleos de cozinhas comuns.

Obviamente, o óleo de girassol não apresenta tantos benefícios quanto o já conhecido azeite de oliva. No entanto, suas características e benefícios o tornam uma boa opção entre os óleos acessíveis.

Além disso, quando consumido em moderação junto a uma dieta equilibrada, ele pode apresentar diversos benefícios para a saúde. Confira quais são estes benefícios, e quais os cuidados necessários ao se ingerir o ingrediente:

Ácido Linoleico

Cada colher de sopa de óleo de girassol possui quase 9 gramas de ácido linoleico. Esta substância é uma gordura poli-insaturada ômega-6, que é necessária para uma dieta saudável e completa. Estima-se a necessidade de 11 a 14 gramas do componente por dia, o que indica que um única colher de óleo de girassol é quase suficiente para suprir a demanda.

Ao mesmo tempo em que se faz necessário consumir, é importante saber dosar. O excesso do ácido pode ser prejudicial para a saúde, o que torna uma colher de sopa diária do óleo suficiente. Além disso, é importante equilibrar a dieta com mais fontes de ômega-3, em adição ao ômega-6.

Leia também:  Óleo de Abacate: conheça suas utilidades

Calorias e gorduras

oleo-de-girassol

 

O óleo de girassol fornece cerca de 120 calorias e 14 gramas de gordura a cada colher de sopa. Considerando as taxas crescentes de obesidade e ganho de peso desde a infância, isso pode dar a impressão de que este óleo é um inimigo natural.

Na verdade, em quantidades moderadas, gorduras são importantes para uma dieta equilibrada. Cerca de 20% a 35% das calorias consumidas diariamente devem ser obtidas a partir de gorduras. Isso representa algo entre 44 e 80 gramas diárias em uma dieta de 2.000 calorias.

Obviamente, nem toda a gordura deve vir diretamente de óleos vegetais, No entanto, o equilíbrio dos tipos é importante para o fornecimento de nutrientes. É neste momento que o óleo de girassol entra em ação. Ele é uma opção barata e versátil de óleos vegetais, que gera poucos malefícios para a saúde.

Vitamina E

Um dos principais benefícios do óleo de girassol é a grande quantidade de vitamina E e antioxidantes presentes em sua fórmula. Estima-se que uma colher de sopa do produto ofereça quase 6g do nutriente.

Na prática, isso representa uma das maiores concentrações da vitamina, à frente de outros tipos de óleos, incluindo azeites como o de oliva. O consumo adequado de vitamina E é essencial para fortalecer o sistema imunológico e diminuir o risco de doenças cardíacas.

Informações adicionais

O óleo de girassol apresenta algumas vantagens em relação ao de soja, por exemplo. Em especial, está sua baixa concentração em gorduras saturadas, que não são saudáveis para o organismo. As gorduras saturadas aumentam os níveis de colesterol exageradamente. Além disso, ele apresenta baixos níveis de sódio, o que é essencial para quem precisa diminuir o consumo do componente.

O óleo de girassol não possui gordura trans, em seu estado natural. No entanto, versões hidrogenadas e processadas podem apresentar gordura trans. Por isso, é importante checar na embalagem se aquela é, de fato, uma versão não hidrogenada.

Comentar

/* ]]> */