Beleza Estética Pele

Peeling de cristal: Quais os benefícios para a beleza da pele?

Peeling de cristal
Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Os peelings são os tratamentos mais procurados em clínicas de estética, principalmente quando o assunto é rejuvenescimento facial.

E o peeling de cristal tem sido um dos mais utilizados por sua eficiência ao tratar cicatrizes de acne, rugas finas e manchas sem fazer uso de produtos químicos abrasivos e irritantes como os ácidos, por exemplo.

Ficou interessada? Então leia este post e saiba como o peeling de cristal funciona, suas indicações de uso e benefícios para a pele. Confira!

O que é peeling de cristal e como ele funciona?

O peeling de cristal é uma microdermoabrasão – esfoliação mecânica da pele – que melhora o aspecto geral da cútis, tratando marcas, rugas, cravos, manchas e estrias corporais, através de um pequeno aparelho de sucção que possui cristais de hidróxido de alumínio na ponta, que dão nome ao tratamento.

Funciona removendo a camada mais superficial da pele, causando uma pequena descamação que estimula a renovação celular e a produção de colágeno, promovendo uma pele mais bonita e rejusvenescida.

Para quem esse tratamento é indicado?

A microdermoabrasão é indicada para pessoas que desejam tratar diversas imperfeições ou problemas cutâneos decorrentes do envelhecimento, exposição solar e outros tipos de lesões. Conheça algumas condições nas quais seu uso é indicado:

  • Cravos, acnes e espinhas;
  • Rugas e marcas de expressão;
  • Flacidez da pele;
  • Cicatrizes de acnes, sardas, manchas e marcas ocasionadas por lesões ou exposição solar;
  • Fotoenvelhecimento;
  • Estrias corporais, principalmente as recentes, finas e avermelhadas;
  • Pelos encravados e foliculite.

Como é feito o peeling de cristal?

O peeling de cristal é feito por um aparelho que realiza uma sucção na pele através de uma ponteira que libera cristais de hidróxido de alumínio.

Esses cristais promovem a esfoliação da pele removendo toda sua camada superficial com impurezas e células mortas. O aparelho também cria um vácuo puxando essas partículas de volta, o que pode ocasionar uma leve dor e incômodo. Em casos de pacientes como pele muito sensível, pode ser administrado um analgésico para redução da dor.

Existem duas possibilidades de peeling de cristal, com diferentes intensidades e que podem ser aplicadas pelo seu dermatologista de acordo com os danos e tipo de pele.

É possível manter a esfoliação em um nível mais superficial, na epiderme, ou atingir camadas mais profundas, chegando à derme superficial – primeira camada da pele, abaixo da epiderme.

Nesse método mais profundo, o paciente é beneficiado com a associação de princípios ativos considerados necessários, como hidratantes, máscara de colágeno, ácido retinoico, vitamina C, entre outros. Estes, quando aplicados na derme apresentam resultados mais visíveis, pois a permeabilidade e absorção de ativos é mais intensa nesta camada da pele.

Cada sessão de peeling tem duração média de 15 minutos e o número de sessões depende do tipo e estado da pele. Geralmente, são necessárias no mínimo três sessões, com intervalo de 20 dias entre elas.

Benefícios do peeling de cristal

O peeling de cristal traz diversos benefícios no tratamento da pele, principalmente por pessoas que buscam uma cútis mais uniforme, firme e rejuvenescida. Veja abaixo alguns benefícios:

  • Promove o clareamento facial, deixando a pele mais uniforme;
  • Remove manchas de sol e sardas;
  • Atenua cicatrizes de cravos e acnes;
  • Elimina rugas e marcas de expressão;
  • Diminui os poros dilatados;
  • Controla a oleosidade;
  • Estimula a produção de colágeno na pele, melhorando sua firmeza e aspecto geral;
  • Melhora a absorção de dermocosméticos;
  • Promove a renovação celular da pele.

Contraindicações, cuidados e riscos

Apesar de não ser um tratamento agressivo, o peeling de cristal possui algumas contraindicações.

Pessoas com doenças crônicas ou infecções na área onde será realizado o peeling, como acnes e herpes, devem evitar o procedimento. Gestantes podem fazer o tratamento, mas sempre perante a autorização do médico e acompanhamento do dermatologista.

O principal cuidado após o peeling de cristal é evitar a exposição ao sol e sempre utilizar protetor solar com FPS mínimo de 30, reaplicando o filtro a cada quatro horas.

Para acelerar a recuperação da pele, o uso de hidratantes calmantes e água termal são indicados, inclusive, a hidratação é essencial para a recuperação da pele, portanto deve ser feita pelo menos duas vezes ao dia, de manhã e a noite. O uso de cosméticos comuns como maquiagem, por exemplo, só deve ser feito após 3 a 5 dias do procedimento.

O peeling de cristal é um procedimento que traz riscos somente se o paciente não seguir os cuidados pós-procedimento ou se for aplicado incorretamente por pessoas não qualificadas, podendo causar manchas na pele. No mais, é um procedimento seguro e que traz bons resultados, que aparecem de forma mais discreta na primeira sessão, mas se tornam mais visíveis a partir da terceira.

Você já fez um peeling de cristal? Os resultados foram satisfatórios? Conta pra gente nos comentários!

/* ]]> */