Beleza Pele

Conheça as causas e tratamentos para pele ressecada

A pele ressecada é um problema bastante comum entre as mulheres e caracteriza-se pela quantidade inapropriada de umidade e óleos naturais na epiderme.

Normalmente não é um problema grave, mas afeta a autoestima da mulher já que deixa a pele com uma aparência opaca e áspera, e em alguns casos, esbranquiçada e com rachaduras.

Se este é seu caso, veja neste post os principais fatores que desencadeiam o ressecamento da pele e quais os tratamentos para voltar a ter uma tez macia, saudável e com viço. Confira!

O que causa o ressecamento da pele?

A pele ressecada é resultado da falta de hidratação da epiderme – camada mais superficial da pele – que passa a apresentar uma quantidade de água abaixo do normal, além de uma redução nos óleos e lubrificantes naturais da pele.

Homens e mulheres são igualmente afetados pelo ressecamento, mas a incidência tende a ser maior em idosos, já que a oleosidade da pele tende a diminuir com a idade.

Pode atingir o corpo inteiro, mas as áreas que costumam ser mais afetadas são as mãos, braços e a parte inferior das pernas.

As causas do ressecamento estão associadas ao lugar onde a pessoa vive e à sua rotina, pois fatores como umidade do ar, clima e hábitos influenciam na hidratação natural da pele.

Veja as principais causas:

  • Temperaturas muito baixas, tanto que a pele costuma ficar mais seca no inverno, quando a temperatura e a umidade caem;
  • Temperaturas muito altas somadas à baixa umidade do ar, típica de regiões desérticas;
  • Exposição a ambientes muito quentes, como incêndios, fogueiras, locais com fogão à lenha, lareira, aquecedor central ou elétrico, pois reduzem a umidade do ar;
  • Banhos longos e com água muito quente;
  • Exposição prolongada à água, principalmente em piscinas, onde, normalmente há cloro;
  • Manipulação de produtos químicos e de limpeza, como detergente, por exemplo;
  • Uso de sabonetes e desodorantes de limpeza profunda ou antissépticos;
  • Exposição constante ao ar condicionado;
  • Exposição ao sol sem proteção;
  • Não beber água, ou tomar quantidades insuficientes.

Além das causas citadas acima, a pele ressecada pode surgir como sintoma de algumas doenças e condições, como dermatites, psoríase, e diabetes.

Também pode ser resultante do envelhecimento e de alterações hormonais ligadas à tireoide e à menopausa. O ressecamento também pode ser um efeito colateral associado do uso de medicamentos diuréticos e estatinas.

Sintomas da pele ressecada

sintomas-de-desidratacao-01

Como vimos, a pele ressecada é uma condição associada a hábitos e rotina das pessoas ou pode estar relacionada a outras doenças, mas pode apresentar sintomas adjacentes. São eles:

  • Coceira e vermelhidão;
  • Sensação de pele endurecida, principalmente após o banho ou nadar;
  • Descamação que pode ser leve, moderada ou grave;
  • Linhas finas ou trincas brancas;
  • Rachaduras profundas que podem chegar a sangrar.

Tratamentos e prevenção

ca-beleza-hidratante-certo-d-732x412_0

A maioria dos casos de pele ressecada pode ser revertido com o uso de cremes hidratantes a base de ácido lático ou ureia.

Em casos mais graves, que vem acompanhado de problemas como dermatite e psoríase, um dermatologista pode receitar cremes específicos ou fórmulas de manipulação.

Como o ressecamento está associado aos hábitos da pessoa, o tratamento compreende uma série de mudanças de comportamento:

  • Prefira os sabonetes hidratantes e líquidos;
  • Tome banhos rápidos (menos de 5 minutos) e com água morna;
  • Passe o hidratante para pele seca em todo o corpo até 3 minutos após o banho, pois neste tempo a pele está mais apta absorver seus ativos;
  • Beba no mínimo 2 litros de água por dia;
  • Use roupas com tecidos de algodão ou hipoalergênicos;
  • Use cremes específicos para regiões mais ressecadas como mãos, pés, cotovelos e joelhos.

A pele ressecada é um problema comum e que pode ser evitado e facilmente resolvido mudando alguns hábitos, usando bons cremes hidratantes e óleos, como o de amêndoas, por exemplo.

No entanto, em casos em que o ressecamento é muito severo, frequente e não apresenta melhora mesmo com cuidados, um profissional dermatologista deve ser consultado. Ele poderá investigar as causas do ressecamento e indicar os melhores tratamentos para o sintoma.

Você sofre de pele ressecada? O que faz para melhorar essa condição? Conta pra gente nos comentários!

Veja também:

/* ]]> */