Sexo

Perder a virgindade dói? Tire suas dúvidas aqui

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Essa é a dúvida de muitas mulheres quando se trata do rompimento do hímen. A dor é muito pessoal e varia de pessoa para pessoa. Sendo assim, para algumas mulheres, a perda da virgindade dói bastante. Já para outras, nem tanto assim.

O rompimento do hímen não acontece somente com penetração do pênis. O rompimento pode acontecer nas preliminares sexuais, na masturbação (visto que os dedos têm grande espessura) ou com uso de absorventes internos.

O que fazer para doer menos?

Não tem uma fórmula que faz com que a perda da virgindade seja menos dolorida. Há pessoas em que o rompimento acontece em uma única vez. Outras precisam de mais de uma tentativa.

Como vou saber se estou pronta?

Muitas mulheres sonham com o momento perfeito para perder a virgindade. Algumas se imaginam com um amor romântico, entre flores e um jantar à luz de velas.

Mas, muitas vezes, a realidade será outra. Nunca se pode adivinhar o que realmente vai acontecer. No entanto, quando você quiser transar pela primeira vez, saberá se está realmente pronta ou não, porque, apesar da insegurança que toda mulher tem, você terá vontade de dar continuidade e, após a relação, se sentirá melhor.

virgindade

Tipos de hímen

Anular

É o mais comum entre as mulheres e tem apenas um furo no meio, facilitando o rompimento.

Complacente

Tem película grossa de difícil rompimento. Ou seja, você sempre sentirá um pequeno incômodo ao ter relações sexuais. Ele só é totalmente rompido durante o parto normal.

Cribriforme

Tem diversos furinhos que facilitam a passagem da menstruação.

Septado

Esse tipo de hímen tem uma pele no meio de fácil rompimento.

Quando rompe o hímen, sangra?

Como citado acima, nem todos os hímens têm difícil rompimento. Logo, o sangramento acontece em poucos casos.

Preciso me depilar?

Os pelos pubianos servem para proteger a área de possíveis infecções e bactérias. Por isso, a depilação é opcional. Há quem goste de tirar todos os pelos, assim como outras que gostam de apenas aparar.

Existem até mesmo aquelas que preferem mais cabeludas. Não existe uma regra.

Preciso ir ao ginecologista?

O acompanhamento com o ginecologista é importante para tratar da sua saúde sexual. Exames de rotina, como prevenção e ecografias, são super importantes para se manter saudável.

Além do mais, o ginecologista poderá indicar o melhor anticoncepcional, o que melhor se adaptará ao seu organismo sem prejudicar o desenvolvimento do seu corpo. Em hipótese alguma se automedique ou use anticoncepcionais sem prescrições médicas.

Vou sentir prazer na minha primeira vez?

Algumas mulheres sentem prazer na primeira transa, mas a maioria sente apenas um desconforto. Isso se dá pelo rompimento do hímen que, em algumas mulheres, fica mais latente do que em outras. O prazer na relação sexual pode vir somente da terceira transa em diante.

Preciso usar camisinha?

Horizontal view of male hands opening condom

Deve sim. Isso porque, além de prevenir a gravidez, a camisinha evita a transmissão de doenças, como HPV, herpes, HIV e sífilis, clamídia e gonorreia.

Toda relação sexual precisa de proteção, porque a transmissão de doenças está cada vez maior entre jovens de 16 e 25 anos. Relação sexual só é boa quando é feita de maneira segura e que não ofereça riscos à saúde. Seja consciente e responsável.

Até o próximo post!

Comentar

/* ]]> */