Decoração

Plantas Aéreas: tipos, cuidados e dicas para decorar

Ambientes internos ganham vida com bromélias, trepadeiras, cactos e filodendros. As possibilidades de decoração são tantas, por causa da diversidade de folhagens e flores, que hoje eu trago dicas para facilitar sua escolha.

Primeiro, entenda um pouco mais sobre o tema… Plantas aéreas são espécies cujas raízes se desenvolvem fora do solo. Geralmente, são encontradas na natureza em cima de rochas ou árvores de maior porte.

isolamento_trepadeira

Nas residências, ajudam a compor espaços proporcionando um certo toque de leveza, conforto visual, e também reduzem a temperatura no microclima. As plantas aéreas favorecem a regulação da umidade do ar. Ou seja, são vários os benefícios objetivos e subjetivos delas.

Plantas aéreas são bonitas, agradáveis e funcionais – representam alívio, calmaria e bem-estar; são formas de aproximação com a natureza, oferecendo cores, cheiros e outras sensações muitas vezes impossíveis em grandes centros urbanos, por exemplo.

Mas as plantas aéreas também servem para compor lindos jardins verticais suspensos em áreas externas.

Seja qual for o tamanho da casa ou apartamento, ficam charmosas quando instaladas no teto ou paredes.

Se o espaço é pouco, é possível aproveitar até mesmo cantinhos subutilizados. Além de todas as vantagens já mencionadas, as plantas aéreas permitem que o piso fique livre. Aí você pode inserir móveis ou, simplesmente, facilitar a circulação.

Tipos e usos de plantas aéreas: saiba mais

img_como_cuidar_das_samambaias_2897_orig

Samambaias e bromélias são espécies bastante comuns entre as plantas aéreas, sendo encontradas com frequência em jardins verticais de varandas. Elas nunca sem de moda e agradam a todos com sua beleza rústica.

Jiboia, orquídea-grapete e dinheiro-em-penca são outras excelentes para este uso.

Embora terrestres, as orquídeas fazem as vezes de plantas aéreas, pois são facilmente adaptáveis ao plantio desta maneira.

cj684_ddebora_66

Um dado importante: não é recomendado o uso de xaxim, que normalmente serve de vaso para as plantas aéreas.

Na verdade, o xaxim faz parte da chamada Lista Vermelha de Plantas Ameaçadas de Extinção pelo IBAMA.

Em vez de xaxim, existem produtos como fibras e palhas de coco; vasos e jardineiras suspensos, que cumprem bem a missão.

Para você ter uma ideia da variedade de projetos executados a partir de plantas aéreas, as chamadas paredes vegetadas ficam incríveis, principalmente quando há espaço de sobra.

Estes verdadeiros paredões verdes podem ser feitos com trepadeiras em grade e plantas de forração. O efeito é obtido ainda com plantas ornamentais cultivadas em vasos pequenos fixados à parede.

Porém, o recomendado é instalar as paredes vegetadas afastadas por meio de um suporte e mantendo cerca de 10 cm de distância dos tijolos, uma vez que elas podem causar excesso de umidade, e danificar a parede.

E mais: antes de instalar o jardim vertical, o local precisa ser impermeabilizado e deve contar com ponto de água e elétrico. O sucesso do projeto, especialmente se ele for grande, depende de uma boa irrigação controlada.

Sobre a manutenção, as plantas aéreas necessitam de cuidados que variam de uma espécie para outra. Orquídeas, por exemplo, não devem ser encharcadas; já as bromélias precisam de água com frequência.

Mais rústicas, as samambaias pedem apenas rega e fertilizações de tempos em tempos.

Lembrando: água em exagero provoca doenças e apodrecimento da planta.

No quesito pragas, em geral, o controle delas pode ser feito com produtos encontrados em supermercados, tais como os inseticidas domésticos.

Antes de levar uma planta aérea para casa, conheça seus hábitos, para aproveitar melhor os benefícios e prolongar a vida delas.

Plantas de sombra devem ser utilizadas em espaços internos ou em locais externos desde que não recebam luz direta do sol.

As chamadas plantas de sol pleno ou de meia sombra têm passe livre para as áreas externas.
Com as dicas certas, carinho e atenção, suas plantas aéreas têm tudo para embelezar sua residência com muito charme por um bom tempo.

Sucesso! Até breve…

Veja também:

Comentar

/* ]]> */