Beleza Cabelos

Prender o cabelo faz mal? Veja 7 erros que podem detonar os seus fios

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

Prender os cabelos é um hábito muito comum na rotina de muitas mulheres. Quando estamos em ambientes mais quentes ou realizando as nossas atividades diárias, momento em precisamos tirar os fios que estão atrapalhando da frente dos olhos ou do rosto, a ação de prender os cabelos é praticamente automática.

Ainda, no caso das mais vaidosas, os cabelos presos costumam dar lugar aos mais diferentes penteados para variar o visual no dia a dia ou até mesmo para compor um look mais formal para uma ocasião especial, seja em confraternizações no trabalho, em um casamento, festas de fim de ano, etc.

Enfim, seja por uma questão de praticidade ou vaidade, o fato é que recorremos corriqueiramente a elásticos, presilhas, grampos e até a lápis e canetas para fazer penteados – inclusive, improvisados – e manter as madeixas sob controle.

Mas, você já parou para se perguntar se prender o cabelo faz mal? Será que os seus fios ficam quebradiços ou caem quando você prende o cabelo? Caso você nunca tenha pensando nessa possibilidade, é melhor começar a pensar a partir de agora.

Na verdade, o ato de prender o cabelo em si não faz mal à saúde dos cabelos. No entanto, a frequência, modo e material que você utiliza para prendê-los é que pode prejudicar os seus fios, podendo provocar a queda ou quebra deles a longo prazo.

A seguir, você vai conhecer quais são os principais erros cometidos por nós mulheres na hora de prender os cabelos e que podem tornar esse hábito tão comum no nosso dia a dia o pesadelo de qualquer madeixa. Vem comigo!

1º erro: Prender o cabelo todos os dias

O hábito de prender os cabelos com muita frequência prejudica a saúde dos seus fios, uma vez que a raiz pode ficar enfraquecida devido à tensão causada sobre ela na hora de puxar o cabelo e fazer força para amarrá-lo.

Por isso, é muito comum ver bailarinas sofrer com uma maior queda capilar, principalmente na região próxima à testa, ocasionada pelo coque feito com frequência nas madeixas para não atrapalhar durante os ensaios de balé.

2º erro: Prender o cabelo muito forte

Da mesma forma que você deve se preocupar com a frequência, prender o cabelo com muita força pode causar a quebra e queda dos fios, uma vez que a raiz capilar fica tensionada devido à força que você faz para amarrar as madeixas, além de fragilizar o fio até parti-lo ao meio.

Por isso, como você já deve ter notado, é muito comum a maioria de nós ter alguns fios quebrados e mais curtos emoldurando a testa e os lados da cabeça.  Mas, então, o que fazer para deixar o penteado firme? Neste caso, a dica para deixar os cabelos no seu devido lugar é usar um spray fixador em vez que amarrar os cabelos com força.

3º erro: Prender o cabelo molhado ou úmido

Como você já leu aqui no blog, o ato de dormir com o cabelo molhado, por si só, já faz muito mal à saúde dos nossos fios. Por isso, quando você o prende, a situação pode ser ainda pior.

Isso porque as madeixas costumam ficar naturalmente mais sensíveis quando estão úmidas e, ao entrar em atrito com o acessório que você utiliza para prendê-las, podem quebrar mais facilmente.

Além disso, deixar os cabelos presos pode dificultar o processo de secagem do couro cabeludo, o que pode causar problemas como fungos, mofo e seborreias, como a caspa.

4º erro: Prender o cabelo para dormir

Quando você dorme com os cabelos presos, além de tensionar a raiz capilar e causar a queda e quebra dos fios, o atrito com o travesseiro pode tornar o problema ainda pior, fazendo com que você perca ainda mais o volume das suas madeixas.

Se os fios estiverem molhados, então… Preciso nem falar o problemão em que você está se metendo, né? Por isso, se você sentir necessidade de prender os cabelos para tirar uma soneca, em vez de um rabo de cavalo ou coque, opte por fazer uma trança baixa e bem solta, de preferência presa com um elástico suave ou grampo.

5º erro: Prender o cabelo com elástico de borracha

Se você é adepta aos cabelos presos e não pode dispensar esse hábito na sua rotina, tente pelo menos escolher acessórios com os materiais adequados para fazer isso. Os elásticos de borracha, por exemplo, não são recomendados para prender os cabelos, já que podem tensionar a raiz capilar e dar nós “cegos” nos fios.

Em vez deles, opte por prender as suas madeixas com elásticos encapados ou de meia, piranhas de plástico ou até mesmo grampos, que podem dar aquela refrescada no calor sem prejudicar a saúde e beleza dos seus fios.

6º erro: Prender o cabelo sempre do mesmo jeito

Às vezes, você está sem tempo para um penteado mais sofisticado e acaba investindo todos os dias em um daqueles mais simples, seja um coque ou rabo de cavalo, para aliviar o calor ou relaxar no trabalho, certo? Eu te entendo!

No entanto, não posso deixar de dizer que, infelizmente, o hábito de prender o cabelo sempre do mesmo jeito pode sim prejudicar a saúde e aparência das suas madeixas. Isso acontece porque, cada vez que você prende os fios naquela mesma posição, torna-os cada dia mais sensíveis em um mesmo ponto de sua estrutura, o que pode causar o seu enfraquecimento e quebra a longo prazo. Por isso, alterne os modos de prender os seus fios, mesmo que isso exija um pouco mais da sua atenção. Se você não é expert em penteados, confira aqui algumas dicas de penteados fáceis e simples de fazer.

7º erro: Puxar o elástico de uma vez para soltar o cabelo

Seja na pressa ou por falta de paciência, muitas vezes, algumas mulheres acabam cometendo o erro no dia a dia de soltar o cabelo puxando o elástico de uma vez, até mesmo com certa brutalidade. As estressadinhas de plantão podem não saber, mas esse ato pode causar a quebra dos fios, uma vez que prejudica o seu revestimento.

Por isso, a dica para evitar o problema desfazer uma ou duas voltas do elástico antes de soltar o cabelo. Muita calma nessa hora, ok?

/* ]]> */