Beleza Pele Saúde Saúde Bucal

Água oxigenada para a saúde: descubra os prós e contras do seu uso

O perióxido de hidrogênio, composto químico que nós conhecemos mais popularmente pelo nome de água oxigenada, é um produtinho encontrado a um custo bem em conta em qualquer supermercado ou farmácia e é reconhecido mundialmente por suas várias utilidades, inclusive para a nossa saúde.

Formado basicamente por água e oxigênio (H2O2), ele é um dos itens que nunca faltam na maleta de primeiros socorros, devido à sua ação antisséptica e desinfetante, que possui o papel fundamental de desinfetar feridas e evitar inflamações na pele como nenhum outro medicamento.

No entanto, o que muita gente não sabe é que os benefícios da água oxigenada para a saúde vão muito além do tratamento de machucados e, também, pode acreditar, não são assim tão recentes quanto se pensa. Há mais de 100 anos, muitos médicos passaram a descobrir outros efeitos surpreendentes do produto no corpo, até mesmo para cuidar da beleza.

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue lendo o nosso artigo de hoje e saiba quais são os prós e contras do uso da água oxigenada para a saúde!

De onde surgiu?

A água oxigenada foi criada em meados do século 20. Como ainda não haviam antibióticos nesse período, muitos soldados morriam por conta de infecções causadas por feridas de combate.

Pensando em uma solução que pudesse salvá-los, alguns especialistas químicos começaram a colocar água em ferimentos abertos, que formavam uma espuma. Dando início às milhares de pesquisas que viriam depois daquele momento, eles descobriram que essa espuma resultava da liberação de oxigênio livre e que esse oxigênio tinha a propriedade de matar as bactérias e os fungos.

Inclusive, por volta de 1988, o aclamado Dr. P. L. Cortelyon, da Georgia, nos Estados Unidos, utilizou o perióxido de hidrogênio no tratamento de diversas doenças nasais e de garganta, onde obteve bastante sucesso.

Observando os bons efeitos do produto no corpo, em outro caso em particular, ele passou a usar o composto em forma de spray nasal para tratar uma pessoa com difteria, uma doença considerada fatal à época, fazendo com que o paciente em questão conseguisse a recuperação em um único dia.

Hoje, a água oxigenada não só pode ser usada para prevenir e tratar problemas de saúde, como também para potencializar a nossa beleza e fazer a limpeza geral da casa, sendo uma boa ajuda para quem é dona de casa.

O seu corpo produz água oxigenada

Para se ter uma ideia do quanto a água oxigenada pode ajudar na melhora da saúde, um fato que ainda é bastante desconhecido, mas que pode ser confirmado por qualquer médico ou especialista, é o de que o perióxido de hidrogênio é um composto químico produzido naturalmente pelo nosso corpo, atuando no sistema imunológico como a primeira linha de defesa contra a ação de bactérias, fungos, parasitas ou qualquer outro agente invasor que possa causar infecções no organismo.

Os glóbulos brancos fabricam a substância para utilizá-la como uma tropa de choque para aniquilar germes invasores, combatendo inúmeras doenças sem trazer qualquer efeito colateral. Mas, como isso acontece? É simples! A proteção do corpo pelo composto se deve à junção da água com um átomo extra de oxigênio acoplado, que forma o perióxido de hidrogênio.

Quando em contato com um germe ou outro parasita invasor, este libera o átomo extra de oxigênio através de um processo denominado explosão respiratória, que oxida o germe e o destrói, combatendo qualquer tipo de inflamação e, desta forma, qualquer doença que possa prejudicar a nossa saúde. Interessante, não?!

Quais são os prós do uso de água oxigenada?

Como você já conseguiu perceber até agora, a água oxigenada pode ser utilizada para os mais diversos fins para potencializar a nossa saúde. A seguir, você vai conferir os principais prós na hora de usar o produto, de acordo com a opinião de médicos e especialistas no assunto.

Mas, atenção! A volumagem (potência) utilizada para os casos que serão citados abaixo é a de 10 volumes (solução em 3%). Esta é a versão mais fraca e pode ser encontrada em farmácias e supermercados. Soluções mais fortes, como as de 30%, por exemplo, podem causar danos se ingeridas. Fique atenta!

Limpa e desinfeta feridas

A água oxigenada possui propriedades antissépticas e desinfetantes, o que quer dizer que ela pode ser usada para higienizar e desinfetar feridas ou cortes, evitando inflamações causadas por microrganismos e ajudando na cicatrização da pele.

Para isso, é ideal que o produto utilizado tenha, pelo menos, de 3% a 5% de perióxido de hidrogênio, sendo a volumagem de 10 volumes a mais recomendada. Embebeda um algodão com um pouco de água oxigenada e aplique diretamente sobre o machucado ou corte na pele.

Combate o chulé

Usar a água oxigenada também pode ajudar a matar os microrganismos responsáveis pelo mau cheiro (o famoso chulé) nos pés e unhas, devido às suas propriedades antissépticas. Para isso, basta recomenda-se colocar os pés de molho por alguns minutos em uma proporção de 50/50 de água oxigenada e água comum, todas as noites, e depois deixá-los secar naturalmente.

Aplique a mistura principalmente entre os dedos e as unhas. No caso de infecções crônicas, você pode dobrar a quantidade de água oxigenada e misturá-la a uma dose de água destilada quente, aplicando-as no período de uma ou duas vezes por semana.

Faz bem para boca, dentes e gengivas

A água oxigenada é considerada um dos enxaguantes bucais mais eficientes e econômicos. Você pode fazer a limpeza da boca e evitar inflamações nas gengivas (como a gengivite), além de aliviar dores e clarear os dentes. Para isso, você pode colocar uma colher (de sopa) do produto por cerca de 10 minutos e fazer bochechos, uma vez ao dia.

Nunca se deve engolir o líquido, pois a sua ingestão pode causar irritações internas. Faça o bochecho e cuspa-o em seguida. Quem sofre de aftas e dores de garganta também pode se beneficiar das propriedades da água oxigenada. Para isso, basta misturar uma proporção de 50/50 do produto e água comum e fazer gargarejos diariamente.

Elimina manchas e verrugas moles na pele

A água oxigenada também é um excelente agente clareador e, portanto, pode ser uma grande aliada na eliminação de manchas marrom-escuras e verrugas moles da pele. Para isso, basta aplicar a versão de 10 volumes misturada com a mesma proporção de água sobre a área manchada ou verruga.

Faça isso com a ajuda de um algodão, repetindo o procedimento por 2 ou 3 vezes ao dia pelo período de algumas semanas ou meses, até que os problemas desapareçam. A dica é evitar aplicar o produto próximo à área dos olhos, sob o risco de causar irritações.

Clareia e limpa as axilas

Com o tempo, as nossas axilas vão ficando escurecidas por conta do sal presente no suor e, também, pelo uso de desodorantes. Para clareá-las, você pode usar a água oxigenada em um algodão embebido e aplicar sobre elas. Além ficarem mais claras e bonitas, as suas axilas também poderão ficar livres do mau cheiro.

Desintoxica e rejuvenesce

Utilizar a água oxigenada também pode ser ideal para eliminar microrganismos que se acumulam na pele e causam doenças, desintoxicando-a e deixando-a livre por mais tempo dos sinais do envelhecimento.

Para isso, basta misturar algumas colheres (sopa) do produto com água morna em uma banheira (ou algo do tipo) e deixar o corpo de molho por cerca de 30 minutos.

Combate a acne

O perióxido de hidrogênio é considerado um remédio caseiro bastante eficiente para combater acnes. Para isso, basta, após realizar a lavagem do rosto com água e sabonete neutro, aplicar o produto com a ajuda de um algodão embebido sobre as acnes e espinhas.

Mas, atenção! É importante tomar cuidado com o fato de que o produto pode gerar o efeito de ressecamento no rosto ou irritar um pouco a pele. No entanto, se nenhum desses efeitos acontecerem, faça a aplicação pelo menos 2 vezes por semana.

Trata a sinusite e resfriados

Você também pode usar a água oxigenada para tratar sinusites e resfriados que sejam de origem bacteriana e viral. Para isso, basta misturar uma colher (sopa) do produto a uma xícara de água destilada e usar a solução como um spray nasal.

Outra opção é aplicar 5 gotas de água oxigenada  em cada narina 2 vezes ao dia, de preferência, pela manhã e à noite. A princípio, ao realizar esse procedimento, você pode sentir uma leve sensação de queimação.

Cura infecções por ácaros

Pessoas que sofrem com esse problema podem tentar colocar um atomizador de água oxigenada pura a cada uma hora na pele. Isso ajudará a aliviar os sintomas, como coceira e irritação.

Irriga o cólon ou enteroclimas

Para isso, você pode adicionar uma xícara de água oxigenada a cerca de 15 litros de água, no caso de quem quer fazer irrigações no cólon. Para enteroclimas, basta misturar uma colher (sopa) de água oxigenada a um litro de água destilada quente.

Trata bronquite crônica

Você pode diluir em proporções iguais a água oxigenada e água comum em um copo para aliviar os sintomas da bronquite crônica. Para isso, recomenda-se colocar a solução em um nebulizador e inalá-la a cada noite, antes de deitar. Isso pode ser repetido pela manhã também.

E os contras?

Atualmente, com o maior acesso à internet e às muitas informações (duvidosas ou não) presentes nela, muitas pessoas, por ignorância, passaram a se automedicar e iniciar tratamentos de saúde sem a orientação de um médico.

Este é um erro que pode afetar o bom funcionamento do corpo e trazer uma série de consequências ruins. Portanto, antes de conhecer quais são os contras do uso da água oxigenada para a saúde, é preciso ressaltar que a utilização desse produto – ou de qualquer outro composto químico – deve ser consultada previamente por um médico ou especialista.

A utilização da água oxigenada também não é recomendada para crianças menores de 12 anos de idade. Ainda, não é recomendado usar o produto por mais de 14 dias seguidos sem a recomendação de um médico ou dentista.

Confira, a seguir, quais são as principais desvantagens e perigos do uso do perióxido de hidrogênio quando utilizado de forma indiscriminada.

Irritação e vermelhidão na pele

Como você leu no decorrer desse artigo, a água oxigenada pode ser usada para melhorar a saúde e aparência da pele, clareando as axilas, eliminando manchas, verrugas moles, sinais do envelhecimento, acnes e espinhas, combater o chulé e, ainda, desinfetar e cicatrizar feridas.

No entanto, o seu uso indiscriminado e exagerado pode trazer alguns problemas, como irritação e vermelhidão na derma, no caso de quem utilizar o produto sem a presença de infecções causadas por fungos ou bactérias. Quando não há infecções desse tipo, a aplicação da água oxigenada na pele poderá eliminar o microbioma saudável da pele, o que causará desequilíbrios, como coceiras, vermelhidão e irritações.

Irritação e sensibilidade no nariz

No caso de quem for utilizar a água oxigenada para tratar gripes, resfriados, bronquites crônicas ou sinusites, o cuidado deve ser o mesmo. As doenças mencionadas só podem ser tratadas com o produto se forem causadas por fungos ou bactérias. Do contrário, assim como o excesso do líquido, só poderá causar danos à mucosa nasal e torná-la irritada e sensível.

Manchas na pele

Utilizar a água oxigenada em quantidades exageradas, principalmente na pele e nos pés (no caso de quem quer acabar com o chulé), pode causar manchas. Por isso, é importante seguir à risca às dosagens recomendadas anteriormente para tratar cada problema.

Gengivites e dentes sensíveis

Se você pretende usar a água oxigenada para clarear os dentes, limpar a boca, acabar com aftas, dores de dente ou na garganta deve estar atenta às quantidades do produto, já que o excesso dele poderá causar danos às gengivas, tornando-as mais sensíveis, além de piorar quadros de gengivites.

Além disso, o uso inadequado do perióxido de hidrogênio pode “queimar” a mucosa e desmineralizar o esmalte dentário, ou seja, causar uma incômoda sensibilidade nos dentes.

Câncer

Alguns especialistas defendem que a água oxigenada é um agente carcinógeno promotor, que é capaz de potencializar o efeito dos indutores de câncer na boca, esôfago, da garganta, estômago e intestino.

Isso porque o seu uso pode estimular as substâncias cancerígenas presentes em pesticidas, produtos do tabaco, álcool, HPV e outros vírus oncogênicos, raios solares e demais químicos dos alimentos industrializados.

Obstrução dos vasos sanguíneos

O uso indiscriminado da água oxigenada por via oral ou em contato com a pele pode levar ao surgimento de problemas de saúde, como a obstrução de vasos sanguíneos, o que também pode deixar a pele esbranquiçada. Por isso, quando for utilizá-la para fazer bochechos ou gargarejos, cuspa-a imediatamente e evite engolir o produto.

Inchaço e vermelhidão

Utilizar a água oxigenada de maneira inadequada e em doses exageradas pode desregular o funcionamento dos linfonodos (íngua) e levar a uma multiplicação das células de defesa do corpo. Em outras palavras, é como se você estivesse provocando um processo inflamatório e estimulando o corpo a ativar os seus sistemas de defesa, o que automaticamente pode acarretar no aparecimento de inchaço e vermelhidão.

Inclusive, de acordo com alguns estudos, esse processo pode causar o desenvolvimento de radicais livres no corpo, que são os principais responsáveis pela perda de células saudáveis por meio de processos de oxidação.

/* ]]> */