Beleza Pele

Rachaduras nos pés: saiba como prevenir e tratar o problema

Só de pensar nelas já dá arrepio. As rachaduras nos pés causam desconforto e prejudicam o visual. Algumas são tão graves que chegam a sangrar. Calma, que tem jeito! Veja como prevenir e tratar o problema que afeta principalmente as mulheres.

Antes mesmo de as fissuras na pele aparecerem, há o ressecamento do local. Por isso, uma forma de evitar as rachaduras é usar com frequência os cremes específicos para os pés. Nem sempre os produtos que servem para as demais partes do corpo ajudam a combater o incômodo.

Então, a primeira dica é caprichar na hidratação diária para que a pele não fique áspera e, portanto, favoreça o surgimento de rachaduras.

Você pode colocar meias de algodão depois de aplicar o produto de sua preferência e dormir com elas. Isso potencializa o efeito dele. No dia seguinte, seus pés estarão mais macios.

Como tratar as rachaduras nos pés

Se já houve um comprometimento dos tecidos a ponto de rachar, o ideal é procurar um dermatologista, antes que o quadro fique complicado. As fendas podem doer muito e servem de porta de entrada para infecções por bactérias.

E tem mais: ao diagnosticar as causas dos pés secos e rachados, aí sim é possível atacar o problema com mais precisão. Isso inclui avaliar a presença ou não de certas doenças de pele. Em algumas situações, são feitos exames de laboratório para descartar condições como eczema, psoríase e dermatites.

Muitas vezes, o histórico médico e familiar da pessoa traz informações interessantes para fechar o diagnóstico. A psoríase, por exemplo, é uma doença genética.

Nas rachaduras mais simples, o reforço da hidratação em casa mesmo geralmente dá conta do recado, de preferência com cremes mais espessos, oleosos, que são mais umectantes. Por exemplo: produtos à base de lanolina ou vaselina.

Existem, ainda, os cosméticos com ureia e outras substâncias capazes de auxiliar na remoção da camada de células mortas da pele e na recuperação dos tecidos afetados.

Outro segredinho para turbinar os resultados é envolver os pés com filme plástico depois de passar o hidratante, e dormir com ele. No dia seguinte, é só conferir a diferença no aspecto da pele, que fica mais delicada outra vez.

Ah! E sabe aquele velho hábito de lixar os pezinhos? Quem nunca?! Então, tente não exagerar no procedimento, porque remover demais a camada de células mortas causa um tipo de efeito rebote. Isto é, faz com que o organismo reaja criando uma camada mais grossa de pele.

Lixar um pouco e hidratar o local é uma maneira de prevenir rachaduras nos pés.

Os banhos excessivamente quentes podem provocar ressecamento e levar às fissuras, assim como o uso de sabonetes inadequados para a hidratação da pele. Portanto, ficar de olho na temperatura da água e nos itens de higiene são formas de prevenir as rachaduras.

Quem tem pés secos naturalmente, ou seja, sem tantos fatores como os citados até aqui, deve redobrar os cuidados para que eles fiquem hidratados na maior parte do tempo.

Mais dicas sobre como prevenir e tratar rachaduras nos pés

Óleos, pomadas ou cremes costumam dar fim às rachaduras. Em relação às loções, a maioria não é recomendada por conter álcool, podendo agravar o ressecamento da pele.

Procure não esfregar ou coçar a área afetada. Um truque para “acalmar” o desconforto é usar compressas frias ou bolsas de gelo durante alguns minutos.

Evite também lavar os pés com muita frequência, além de banhos de espuma, sabonetes com perfume e qualquer outro produto que possa piorar a irritação da epiderme.

A secagem com uma toalha deve ser com leves batidinhas – jamais esfregando. Paciência, carinho e cuidados adequados formam a combinação perfeita para ter pés sedosos, saudáveis e bonitos sempre!

Até a próxima!

/* ]]> */