Remédios Saúde

Remédios caseiros para depressão

Em pleno século XXI, muita gente tem encarado a depressão como uma doença comum, o que é algo preocupante. O problema que é causado em parte por distúrbio emocional, altera o humor da pessoa de forma profunda, podendo ir bem além do “momentaneamente triste”.

De modo geral, a questão pode afetar diretamente os pensamentos, sentimentos, humor, comportamento e saúde física. Seus sintomas incluem o sentimento de desânimo, de tristeza, de perda, desinteresse em tudo, baixa energia, perda de apetite, trauma mental e até sono perturbado.

O problema pode ser causado por um fator genético ou questões como ansiedade, estresse mental, tensão, ou até deficiência em vitaminas do complexo B, ômega-3 e ácido graxos.

Da mesma forma que acontece com problemas de natureza física, o mais indicado ao paciente que está com os sintomas da depressão é procurar auxílio com um profissional da saúde.

Vale mencionar também que, de acordo com a medicina popular, alguns itens naturais podem funcionar como uma espécie de “remédio” caseiro para a depressão, no entanto, antes de aderir a qualquer caminho, é preciso conversar com o médico e perguntar clara e especificamente sobre a viabilidade desses “métodos” alternativos.

A título de informação, os remédios caseiros para depressão mais compartilhados são:

Erva de São João

erva-de-sao-joao1_18560_53041

A erva de São João é usada em um tratamento herbal muito popular e que recentemente vem sendo apontado por muitos como aliado no tratamento da depressão ligeira e moderada.

O motivo seria o fato dela possuir componentes químicos como a hipericina e hyperforin, que em tese agem como antidepressivos. Na própria internet é possível encontrar matérias de pessoas que compartilham detalhes sobre o preparo do tratamento.

Cardamomo

Cardamomo

O cardamomo é apontado por muitos como aliado na desintoxicação do corpo e em um eventual rejuvenescimento das células. Como se não bastasse, muita gente atribui a ele o poder de contribuir na melhoria do humor e até amenizar sintomas da depressão.

Nesse caso, a receita consistiria em adicionar meia colher de chá de cardamomo em pó em uma xícara de água morna ou leite.

Noz-Moscada

cha-de-noz-moscada-beneficios-da-infusao

Estima-se que a noz-moscada tenha o poder de atuar como um tônico cerebral, ajudando a estimular o cérebro e eliminando a fadiga e o estresse, melhorando por consequência o bom humor.

No caso da depressão, uma sugestão compartilhada como suposta aliada no combate ao problema, consiste na mistura de 1 / 8 de colher de chá ou uma pitada de noz-moscada em pó em uma colher de sopa de suco de groselha indiana. A ingestão seria duas vezes ao dia.

Vale dizer que, muita gente alerta para um possível efeito psicoativo do consumo resultante do consumo da noz-moscada em grande quantidade, pelo que, isso deve ser evitado.

Castanha de Caju

castanha-de-caju-beneficios-e-propriedades

A castanha de caju é rica em vitamina C e ajuda a estimular o sistema nervoso. Além disso, a riboflavina presente na castanha de caju ajuda a aumentar a energia, deixando a pessoa mais ativa. Não obstante, pelo fato de possuir triptofano, magnésio e vitamina B6, imagina-se que ela também possa ajudar no combate à depressão.

Veja também:

/* ]]> */