Beleza Cabelos Casa Infográficos Limpeza Nutrição Pele

Sal amargo (Sal de Epsom): conheça os benefícios para a saúde

Quem diria que um sal poderia fazer tão bem à saúde! É o caso do sal amargo – ou sal de Epsom, sal de magnésio, sulfato de magnésio e tantos outros nomes que muitos o chamam por aí… O fato é que eles são todos a mesma coisa e, apesar dos vários nomes, o sal amargo tem um conceito unânime quando se fala em benefícios para a saúde: faz muito bem.

Conheça outros sais benéficos para a saúde aqui

O sal amargo nada mais é que um mineral oriundo de locais com formações rochosas com incidência de fontes termais. Por esse mesmo motivo, é que várias pessoas na Antiguidade tomavam banho nessas fontes para tratar de dores reumáticas, articulares e musculares, processos inflamatórios, problemas respiratórios e dermatológicos.

Com os estudos mais recentes, foram constatados ainda mais efeitos benéficos do sal amargo para a saúde. Dentre eles estão o tratamento para a pele e cabelos. Além de fazer bem para a saúde, nós mulheres ainda podemos utilizar o mineral até mesmo para fazer a limpeza da casa! Não é maravilhoso?

Afinal, será que isso tudo é mesmo verdade? Se você se interessou e quer saber sobre os benefícios do sal amargo para a saúde, leia esse artigo até o final e saiba tudo sobre o poderoso mineral.

O que é o sal amargo?

sal-amargo

Na verdade, o sal amargo não é exatamente um sal. Como assim? É isso mesmo! Como dissemos acima, ele é um mineral proveniente de locais com água quente. Depois de descobertos os seus benefícios, muitos laboratórios e a indústria farmacêutica passaram a utilizar o sal para fabricar medicamentos e soluções para tratar diferentes enfermidades.

Por ser um mineral que tem em sua composição o sulfato de magnésio, ele é capaz de trazer diversos benefícios dessas duas substâncias para a nossa saúde. O magnésio é conhecido por ajudar a regular o funcionamento de mais de 325 enzimas, o que ajuda a reduzir inflamações, prevenir o enrijecimento de artérias e até mesmo auxiliar as funções nervais e musculares.

Já o sulfato, por sua vez, ajuda o organismo a expelir toxinas, absorver nutrientes e, ainda, auxilia no tratamento de dores de cabeça e das temidas enxaquecas, que tanto acometem nós mulheres.

Fora os benefícios para a saúde, como o poder de tratar doenças graves, como a fibromialgia, a bursites e a flebites, o sal amargo também pode ser usado para limpar a casa, além de funcionar como um fertilizante para as suas plantas no jardim! Não é ótimo?!

Conheça a seguir os benefícios do sal amargo para o corpo e para a sua vida:

Benefícios

Sal amargo benefícios - infográfico

Trata prisão de ventre ou constipação

Devido ao seu poder de desintoxicar internamente do corpo, o sal amargo pode funcionar como um laxante natural, ajudando na limpeza do cólon ou até mesmo de grande parte do intestino grosso.

Limpa o organismo e elimina toxinas

Como você viu no parágrafo anterior, o sal amargo ajuda na limpeza do cólon de maneira eficiente. Porém, esse não é o único benefício do mineral neste sentido. O sulfato do sal pode, ainda, eliminar toxinas, metais pesados e outras substâncias nocivas das nossas células.

Alivia câimbras e dores musculares

Como já se havia descoberto há milhares de anos, o sal amargo teve comprovação científica de que é mesmo capaz de aliviar dores musculares, deter inflamações e, ainda, tratar a chamada asma brônquica apenas com um banho com o mineral e água.

Trata o estresse

Muitas não sabem, mas o fato de estarmos estressadas em algum momento significa que os níveis de magnésio no corpo estão reduzidos drasticamente. Ou seja, há pouco magnésio e muita adrenalina nos incomodando.

Por isso, o sal amargo é usado para combater o estresse, uma vez que possui sulfato e magnésio em sua composição. Além disso, é cientificamente provado que o magnésio ajuda a melhorar o humor, sendo um excelente auxiliador quando se fala em tratamentos que pedem mais a presença de serotonina no organismo.

Esfolia a pele

Se você tem problemas com cravos e espinhas, o sal amargo é uma ótima opção para esfoliar a sua pele de forma leve e suave. Com o uso contínuo, é possível notar a pele mais limpa e renovada, com aspecto jovem.

Reduz hematomas

Se você caiu e se machucou, é muito provável que fique uma mancha indesejada e feia no local da ferida. Por isso, é preciso usar o sal amargo para conter a inflamação e ajudar na aparência das manchas. Basta usar compressas e o seu problema estará resolvido.

Remove fragmentos da pele

Quem nunca passou por uma situação em que entrou um pequeno caco de vidro ou lasca de madeira na pele, não é mesmo? É muito dolorosa e requer muito cuidado na hora de retirar, uma vez que pode causar dor e inflamação.

Por isso, uma dica é usar o sal amargo, que tem poder de aumentar a chamada pressão osmótica, essencial para impulsionar os fragmentos para a superfície da pele.

Suaviza queimaduras solares e irritação na pele

Sair de casa sem passar o protetor solar é mesmo um problemão! As queimaduras solares são inevitáveis nestes casos, além de desconfortáveis e dolorosas. A recomendação é usar o sal amargo em compressas com água fria para tratar as queimaduras ocasionadas pelo sol.

Ainda, quem tem alergia à picadas de insetos – principalmente crianças – e costuma ficar com a pele irritada, o mineral também pode ser uma excelente dica.

Melhora a qualidade do sono

Como o magnésio é uma substância excelente para melhorar o humor e, consequentemente, reduzir o estresse, não é por menos pensar que o sal amargo também é muito bom para quem deseja dormir melhor. Ele ajuda a melhorar a qualidade do sono de forma eficiente, o que é excelente para diminuir o estresse do dia a dia e aumentar a capacidade de concentração.

Previne e trata o diabetes

Por ser muito conhecido por aumentar os níveis de insulina no organismo, o sal amargo é capaz de diminuir os riscos ou agravamento – no caso de quem já é paciente – do diabetes. Por isso, é comum especialistas recomendarem banhos semanais com o mineral.

Trata bronquite, asma e enxaqueca

Para tratar e aliviar os sintomas de quem sofre com essas doenças, o sal amargo é sempre utilizado como uma cataplasma, onde é feita uma pasta com o mineral para colocar sobre o peito ou testa.

Acaba com o chulé

O sal amargo também pode ajudar a acabar com os maus odores nos pés, o tão indesejado chulé, além de tratar problemas da proliferação de fungos nessa região. Para isso, é usado apenas um recipiente com água misturada ao mineral para mergulhar os pés por alguns minutos.

Outras dicas para usar o sal de Epsom…

sal-amargo-no-jardim

Além de fazer bem para a nossa saúde, o sal amargo também pode trazer outras vantagens para a sua rotina. Veja quais são:

Fertiliza plantas

Se você tem um jardim ou uma horta em casa, o sal amargo pode ser o seu melhor amigo para cuidar das plantas. Ele atua como um fertilizante que, se utilizado de forma contínua sobre as plantas ou frutos, pode ajudá-las a se desenvolverem de forma saudável e duradoura.

Limpa a casa

É isso mesmo! O poderoso mineral ainda pode ajudá-la a limpar azulejos, pisos, pias, garagem, quintal, telhados, entre outros, e deixar a sua casa impecável e limpa. Além disso, se você for usá-lo no jardim, é possível inibir a presença de lesmas e caracóis nos arredores do seu lar doce lar.

Confira outras dicas para limpar a casa aqui

Controla ervas daninhas

Para quem não sabe, as ervas daninhas são aquelas plantinhas exóticas que nascem espontaneamente em locais inapropriados nos jardins. Se não houver cuidado, elas podem até interferir no desenvolvimento da agricultura.

Portanto, se você tem esse problema no seu jardim, o sal amargo também pode ser utilizado para ajudar a controlar a aparição dessas ervas, sem que você precise recorrer a produtos tóxicos.

Sal amargo emagrece?

emagrecer

Na verdade, esse é um mito em torno do consumo do sal amargo. O fato é que há uma falsa sensação de perda de peso ao se fazer o uso do mineral de forma inadequada. Como assim?

É simples! As pessoas que utilizam o sal amargo de maneira equivocada, ou seja, em dosagens muito altas, sofrem com a desidratação. Este problema, por sua vez, causa a diarreia. Com isso, há uma falsa sensação de emagrecimento devido à eliminação de água do organismo.

A verdade é que essas pessoas não estão queimando gorduras, que é o procedimento correto para emagrecer de forma saudável, mas sim eliminando água do corpo. Assim que essa água for consumida novamente, o peso voltará ao normal na balança.

Portanto, se você está querendo emagrecer com saúde, o sal amargo não deve ser adicionado à sua dieta.

Como usar Sal de Epsom?

mulher-tomando-banho-na-banheira

Existem várias maneiras de utilizar o sal amargo para se beneficiar das suas propriedades. O modo como você vai utilizá-lo vai depender do seu objetivo ou problema que quer tratar.

Confira abaixo:

Como esfoliante para a pele:

Misture ½ colher (chá) de creme de limpeza para a pele ou óleo de massagem à uma colher (chá) de sal amargo. Em seguida, aplique com algodão sobre as áreas do rosto onde há a incidência de cravos e espinhas. Faça uma massagem leve por alguns segundos e enxágue em água morna.

Contra picadas de insetos:

Em um copo de água fria, coloque uma colher (sopa) de sal amargo e mexa bem. Faça compressas sobre a área picada pelo inseto. A dica é usar várias vezes ao dia. Os efeitos percebidos serão de redução da coceira e inchaço.

Para tratar hematomas:

Em um copo de água fria, coloque uma colher (sopa) de sal amargo e misture. Com um algodão ou gaze, faça compressas e aplique nas feridas. Neste caso, também pode ser usado várias vezes ao dia.

Para desintoxicar a pele:

Neste caso, é preciso tomar um banho de imersão no mineral. Portanto, dissolva uma xícara de sal amargo em uma banheira com água morna e fique lá por, pelo menos, dez minutos. A sua pele eliminará todas as substâncias ruins presentes no organismo.

Para eliminar o chulé:

Deixe os pés mergulhados por alguns minutos em um recipiente com dois litros de água quente e uma xícara de sal amargo. Antes do procedimento, você pode fazer uma esfoliação para potencializar os resultados. O mesmo tratamento pode ser feito por quem sofre com problemas de fungos nos pés.

Para tratar bronquite, asma e enxaqueca:

Para quem sofre com essas doenças e dores de cabeça, como a enxaqueca, a dica é preparar uma pasta grossa com sal amargo e água. Depois, é só aplicar na testa, nas costas ou no peito e deixar agir por alguns minutos.

Para remover fragmentos da pele:

Em um copo com água fria, misture uma colher (sopa) de sal amargo e mexa bem. Em seguida, com um algodão, aplique a mistura na área onde está alojado o fragmento. Isso evitará dor e inflamação.

Para suavizar queimaduras solares e irritação na pele:

Coloque uma colher (sopa) de sal amargo em um copo com água fria e misture bem. Faça compressas e aplique sobre as áreas afetadas. Utilize várias vezes ao dia para amenizar o incômodo. Ah! E não se esqueça de deixar longe das crianças.

Para quaisquer outros problemas de saúde:

Para casos de saúde, como dores musculares ou reduzir estresse, inchaço, torções ou contusões, doenças como gota, entre outras, o recomendado é sempre o banho de imersão no sal amargo.

Coloque uma ou duas xícaras em uma banheira com dois litros de água quente. Fique submersa por, pelo menos, 30 minutos.

Para fazer a limpeza da casa:

Utilize sal amargo misturado em um detergente líquido da sua preferência. A quantidade deve ser a mesma dos dois ingredientes. Use a mistura para lavar quaisquer cômodos da casa, como cozinha e banheiro.

Para evitar ervas daninhas no jardim:

Misture ¼ de sabão comum, um frasco de vinagre branco e duas xícaras de sal amargo e coloque em um borrifador. Está pronto! Em seguida, é só borrifar pelo jardim e estará livre do surgimento das plantinhas por um bom tempo.

Efeitos colaterais

O sal amargo, se usado de forma adequada, não possui nenhum efeito colateral grave. O mais comum é a diarreia.

Contraindicações

Apesar de benéfico para a saúde, o sal amargo não deve ser usado por:

  • Alérgicos ao mineral;
  • Pacientes com disfunções renais;
  • Crianças menores de dois anos;
  • Grávidas;
  • Idosos;
  • Pessoas com obstrução intestinal crônica;
  • Pessoas portadoras da Doença de Crohn;
  • Pessoas com colite ulcerativa e outras patologias intestinais.

Onde comprar sal amargo?

como-usar-sal-amargo

O sal amargo pode ser encontrado em qualquer farmácia perto da sua casa, supermercados ou lojas de artigos para fabricação de produtos de limpeza e sabonetes e afins. Ainda, você pode encontrá-lo à venda pela internet.

Preço

O mineral pode ser encontrado em uma grande variedade de preços. O valor vai depender da quantidade e marca do produto, além do local onde você vai comprar. Normalmente, o preço é bem barato, variando entre R$ 3 e R$ 8 nas melhores farmácias.

2 comentários

  • Olá!
    No texto temos a seguinte frase:”Na verdade, o sal amargo não é exatamente um sal”. Eu gostaria de ressaltar que o Sal Amargo, sulfato de magnésio, quimicamente falando é um sal sim. Produzido da reação de neutralização de ácido sulfúrico com hidróxido de magnésio.

    Até

Comentar

/* ]]> */