Remédios Saúde

Tamiflu: conheça a medicação contra o influenza vírus

Siga nosso dia-a-dia no insta! Clique aqui para acessar nosso perfil.

O Tamiflu é um medicamento antiviral que bloqueia as ações do influenza virus de tipo A e B no organismo. O Tamiflu é especialmente utilizado em pessoa que apresentam os sintomas de gripe por até dois dias.

O remédio também pode ser ministrado como forma de prevenir o influenza em pessoas com mais de um ano de idade, que provavelmente serão expostas ao vírus. O Tamiflu não possui eficácia contra a gripe comum.

Como tomar o medicamento?

Recomenda-se tomar o Tamiflu imediatamente após o aparecimento dos sintomas da gripe. Os sintomas são, possivelmente, febre, arrepios, dores musculares, garganta seca e nariz escorrendo.

A equipe médica responsável deve definir se o Tamiflu é uma solução eficiente para seu caso. Se for avaliado que é, toma-se uma cápsula junto a um copo de água. Alguns profissionais preferem ministrar doses líquidas da medicação para facilitar a ingestão do medicamento.

O remédio não deve ser tomado com comida ou leite, poia a ingestão conjunta pode gerar desconfortos no trato digestivo.

Para tratar os sintomas da gripe, o Tamiflu deve ser tomado a cada doze horas, durante cinco dias. Caso o medicamento esteja sendo ministrado para prevenção, é necessário seguir o que foi estabelecido pelo médico.

Geralmente, utiliza-se uma dose a cada 24 horas, durante dez dias.

remedio-tamiflu

Cuidados e armazenamento

As cápsulas de Tamiflu devem ser guardadas em temperatura ambiente, longe da exposição ao sol, calor e umidade. O remédio líquido deve ser guardado na geladeira (sem congelar).

Neste ambiente, sua validade é de 17 dias, após aberto. Se o líquido for armazenado em temperatura ambiente, ele pode durar por até dez dias.

Evite utilizar outras vacinas contra a gripe em um período de até 48 horas após a dose de Tamiflu. Isso pode interferir na atuação dos dois medicamentes, tornando-os menos efetivos. Se as recomendações forem feitas por médicos diferentes, informe-os a repeito do remédio já utilizado.

Efeitos colaterais

O Tamiflu pode gerar algumas reações alérgicas ou outros efeitos colaterais mais graves. Procure auxílio médico imediatamente, caso algum destes sintomas ocorra:

  • Dificuldade de respirar e dores no peito;
  • Febre, dores de garganta e inchaços no rosto ou na língua;
  • Ardência nos olhos;
  • Vermelhidão, dores na pele e coceiras, que podem evoluir para pele descascando ou pústulas.

Alguns raros casos demonstram, ainda, confusão, alucinações, tremores e problemas de fala. Casos ainda mais extremos resultam em convulsões mais graves.

Geralmente, estes sintomas são apresentados por crianças e a causa não é exatamente conhecida. Por isso, ao ministrar o medicamento a uma criança, é necessário observá-la atentamente nos períodos seguintes. Isso deve evitar que efeitos indesejados ocorrem sem serem percebidos.

Além disso, é comum observar outros efeitos colaterais em crianças, como náuseas, vômitos e desconfortos no trato digestivo. Por vezes, este desconforto resulta em diarreia.

Interação com outros medicamentos

Diversas outras drogas podem interagir com Tamiflu. Muitas vezes, estas drogas incluem os medicamentos vendidos sem prescrições médicas. Por isso, é essencial perguntar sobre sua utilização para os profissionais responsáveis por sua saúde.

Isso deve garantir que você não corte o efeito do tratamento e nem favoreça o aparecimento de diversos sintomas indesejados.

tudo-ela-alerta

Comentar

/* ]]> */