Exercícios Saúde

Treino HIIT: perca peso com exercícios curtos e intensos

Com tantas tarefas diárias para dar conta, otimizar o tempo com um treino HIIT é uma mão na roda – que ainda ajuda acelerar o emagrecimento. A rapidez na execução e a promessa de enxugar a silhueta são os principais atrativos deste treino aeróbico de 20 minutos que virou moda no Brasil inteiro.

O High-intensity interval training ou, simplesmente, treinamento intervalado de alta intensidade traz vários outros benefícios além da praticidade e da estética. O condicionamento é um deles.

O método conta com embasamento científico na comprovação de sua capacidade de queimar calorias, mas deve ser colocado em prática de uma forma ampla e cuidadosa. Ou seja, nada de sair por aí “se matando” em um exercício sem qualquer critério.

Sabe-se hoje que praticar um exercício aeróbio em baixa intensidade não é tão eficiente em termos de emagrecimento. Pesquisas e análises de casos estão revelando isso. E são os estudos complementares que auxiliam na constatação de um método em relação a seus objetivos propostos.

É claro que, se a pessoa só pode fazer caminhada regularmente, por exemplo, e tem uma dieta pouco calórica, ela provavelmente terá um bom resultado na eliminação da gordura, mesmo que a médio ou longo prazo.

No entanto, se o contexto é outro e ela pode treinar intensamente, emagrecer e ainda ganhar tempo no dia a dia, melhor ainda, concorda?

O HIIT segue todo um conceito sobre intensidade elevada, porém, não dispõe de um sistema predeterminado.

O método tabata é um dos principais recursos dentro do treinamento HIIT, isto é, conta com sessão curta e atividades na maior intensidade possível. Essa é a noção básica do treinamento intervalado.

Por isso, o HIIT vem sendo considerado tanto por alunos quanto por professores um dos mais eficazes atualmente quando o objetivo é a perda calórica.

Mas não se engane. Curto, nesse caso, não significa fácil. Ao contrário…

Como funciona o HIIT, quais suas vantagens e precauções

Existem diretrizes básicas no High-intensity interval training, que devem modificadas de acordo com a necessidade do aluno e o nível do treinamento.

É aconselhável ter mais cautela com os sedentários, uma vez que eles precisam de maior tempo de adaptação até chegarem ao ponto de dar conta de um treinamento mais vigoroso.

O programa é muito dinâmico na escolha dos exercícios. Pode ser feito na bike ou esteira, utilizando corda, jump e muitos outros equipamentos. O importante é respeitar os momentos de alta intensidade e descanso.

Um detalhe fundamental é que nem sempre a intensidade quer dizer velocidade. A carga usada também faz parte desse critério. Fora isso, os estímulos podem variar. É o caso, por exemplo, de quando estamos em pé ou sentados em uma bicicleta.

Além do benefício do emagrecimento devido à alta intensidade, o treino HIIT está associado à diminuição do apetite. Esse ganho secundário ainda está sendo discutido, mas pesquisas demonstram uma forte tendência de o treinamento intervalado ajudar a reduzir a fome e a vontade de comer, especialmente em relação a alimentos doces ou gordurosos.

Embora apresente diversos benefícios, o treinamento HIIT divide opiniões até entre os educadores físicos em um ponto: ele é para todas as pessoas?

A polêmica gira em torno da frequência cardíaca, que fica entre 85% e a máxima, porque quase não existe descanso e as atividades têm alto impacto.

Portanto, é recomendada uma boa avaliação médica prévia, para analisar tanto o sistema cardiovascular quanto o ortopédico. Há uma grande preocupação com lesões musculares, tendinites, sobrecarga nas articulações, entre outras condições.

Para alguns, o HIIT pode ser adotado, mas com respeito a certos critérios e adaptação individual em termos de intensidade, além de supervisão de profissional competente.

Já outros não recomendam de forma alguma o treino intenso para hipertensos, cardiopatas e pessoas com lesão de coluna grave, hérnia ou problemas nos joelhos.

Converse com seu médico antes de praticar qualquer atividade física, principalmente as de alta intensidade. Fora isso, se não houver restrição, aproveite o treino HIIT para ganhar mais disposição, saúde e boa forma – sem perda de tempo!

Até breve!

/* ]]> */