Beleza Pele Saúde

Ácido tranexâmico: o que é e para que serve?

Você já ouviu falar no ácido tranexâmico? E sobre seus benefícios para a pele? Saiba como ele funciona e quais as suas indicações. Confira neste artigo!




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

Ácido tranexâmico: o que é?

O ácido tranexâmico (princípio ativo) encontrado em alguns medicamentos é utilizado para controlar e evitar hemorragias. É amplamente utilizado em várias cirurgias e para o tratamento de outras enfermidades. Conheça algumas delas.

  • Prostatectomia (câncer de próstata);
  • Menorragia (fluxo menstrual intenso);
  • Epistaxe (perda de sangue pelo nariz);
  • Hemofilia (doença hereditária que se caracteriza por incapacitar a coagulação sanguínea, provocando sangramentos espontâneos, internos e externos);
  • Angiodema hereditário (inchaço em camadas profundas da pele, muito parecida com a urticária, que provoca vermelhidão e coceira);
  • Cirurgias cardíacas;
  • Tratamentos neurológicos;
  • Cirurgias ortopédicas;
  • Cirurgias otorrinolaringológicas.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Quais são os benefícios do ácido tranexâmico para a pele?

Além de ser amplamente utilizado para diminuir e evitar sangramentos, o ácido tranexâmico é um aliado no combate a vários problemas de pele. Por possuir ação antifibrinolítica, ele é capaz de inibir a ação de uma enzima conhecida como plasminogênio, que se liga aos coágulos para destruí-los. O ácido tranexâmico impede a formação de melanina, substância responsável pelo surgimento de manchas na pele.

O ácido tranexâmico vendo sendo utilizado para tratamentos de alguns problemas de pele. Conheça alguns deles.

1. Melasma

O melasma é caracterizado por uma mancha escura, geralmente em tonalidade marrom, que surge no rosto, na região das bochechas, buço e testa, e em outras áreas do corpo, chamada de extrafacial, como braços, pescoço, pernas e colo.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Essa anomalia ocorre quando há um aumento da atividade de melanócitos, que são as células responsáveis por produzir melanina na epiderme, o que faz com que ocorra um acúmulo desse pigmento nos queratinócitos (células responsáveis pela formação da epiderme).

Existem três tipos de melasma que são tratados com o ácido tranexâmico. Veja:

Melasma epidérmico

O melasma epidérmico ocorre quando a formação de melanina se instala apenas na primeira camada da pele, ou seja, na epiderme, responsável por proteger o corpo das agressões externas.

Melasma dérmico

Já a melasma dérmico atinge a camada mais profunda da pele, a derme, localizada entre a epiderme e a hipoderme, tornando mais difícil o tratamento das manchas.

Melasma misto

Este caso ocorre quando as manchas afetam tanto a epiderme quanto a derme.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Causas do melasma

A causa do melasma ainda é desconhecida, mas alguns fatores podem desencadeá-lo:

  • A exposição solar sem protetor pode provocar o surgimento de manchas marrons na pele em virtude dos raios UV aumentarem a produção de melanina. Pode ocorrer também o surgimento de outro tipo de mancha como o lentigo, muito parecido com a sarda;
  • A pílula anticoncepcional pode causar o melasma em mulheres com predisposição genética;
  • Os hormônios da gravidez como o estrógeno, a progesterona e o melanotrófico (este ainda em estudo) agem na ativação da melanina;
  • A luz visível, ou luz azul como é chamada, é a parte da luz visível que possui maior energia, penetra de forma mais profunda na pele, provocando manchas difíceis de serem tratadas. Ela está relacionada com várias doenças de pele, inclusive o melasma.

Como prevenir o melasma

A melhor maneira de prevenir o melasma, exceto nos relacionados a problemas hormonais, é evitando a exposição solar sem um protetor específico para cada tipo de pele, bem como o uso de barreiras físicas como chapéus, óculos escuros, entre outros.

O uso do ácido tranexâmico para o tratamento do melasma

O tratamento do melasma com o ácido tranexânico tem sido bastante eficaz e duradouro, reduzindo bastante as manchas e evitando o surgimento de novas. O tratamento pode ser feito com medicação oral, injetável ou com dermocosméticos. Procure um dermatologista para maiores informações.

2. Olheiras mistas

As olheiras são um problema estético que incomoda muito as mulheres. Podem ser amenizadas com uso de alguns cosméticos como o primer e o corretivo e são as mais comuns. Já as olheiras mistas são aquelas que possuem mais de um fator para o seu surgimento e podem se agravar no período pré-menstrual, por noites mal dormidas, estresse, bebidas alcoólicas ou até mesmo por problemas psicológicos, como a ansiedade. Conheça as suas causas.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina
  • Causa genética ou hereditária;
  • Excesso de pigmentação na região dos olhos;
  • Flacidez;
  • Bolsas de gordura;
  • Acúmulo de vasos sanguíneos na região dos olhos;
  • Alergias;
  • Sulco lagrimal profundo, que causa uma aparência escurecida e de cansaço.

Como prevenir as olheiras mistas

Dependendo do que causam as olheiras mistas, alguns fatores que podem desencadeá-las devem ser evitados como excesso de bebidas alcoólicas, de café e o fumo. Procurar dormir pelo menos 8 horas por noite e manter uma dieta equilibrada, também são fundamentais para evitar as olheiras mistas.

O uso do ácido tranexânico para o tratamento das olheiras mistas

O ácido tranexânico é indicado para o tratamento de alguns tipos de olheiras mistas, em especial as causadas pela vascularização e pigmentação da pele, auxiliando na prevenção do escurecimento causado pelos raios UV. Entretanto, como outros tratamentos para as olheiras, a sua aplicação não garante a cura, uma vez que as olheiras requerem um tratamento permanente.

3. Ácido tranexâmico: eficaz no tratamento da rosácea e da acne

A rosácea é uma doença inflamatória da pele e se manifesta principalmente no centro do rosto e pode se expandir par a testas, as bochechas, nariz e queixo. Ocorre em adultos entre 30 e 50 anos, de ambos os sexos, mas é mais acentuado nas mulheres.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Causas da rosácea

Existem várias causas e fatores para o surgimento da rosácea como:

  • Alterações hormonais e emocionais;
  • O uso de bebidas alcoólicas;
  • Exposição solar;
  • Mudanças bruscas de temperatura;
  • Predisposição genética;
  • Uso de medicamentos vasodilatadores;
  • Ingestão de alimentos muito quentes e ou picantes.

O ácido tranexâmico, em conjunto com a niacinamida, é indicado para o tratamento da pele com rosácea. O ácido tranexâmico reduz a vermelhidão, enquanto a vitamina B3 contida na niacinamida tem efeitos anti-inflamatórios.

Causas da acne

A acne é uma doença de pele muito comum que ocorre com maior frequência na adolescência, provocada pela obstrução das glândulas de gordura da pele, causando inflamações e erupções.

A combinação de ácido azelaico, que trata à inflamação e evita a proliferação de bactérias como a propionibacterim acnes e a staphylococcus epidermidis, típicas da acne, com o ácido tranexâmico, que reduz a vermelhidão, é uma opção de tratamento muito eficaz e que vem sendo bastante utilizado.

Para maiores informações e orientações sobre o uso, dosagem, aplicação tópica e contraindicações do ácido tranexâmico, consulte um dermatologista de sua confiança.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */