Maternidade

Acne na gravidez: cuidados, tratamentos e detalhes sobre o quadro

A acne e as espinhas não ocorrem somente na adolescência. A acne na gravidez afeta algumas mulheres que não sabem ao certo como lidar com o problema. Nesta matéria iremos esclarecer qual a origem da acne gestacional, como tratar e os cuidados que devem ser tomados com a pele.

O que ocasiona a acne na gravidez?

Apesar de não ser um quadro frequente, a acne na gravidez pode afetar algumas mulheres que, inclusive, não passaram por esse problema durante a adolescência. Enquanto muitas mulheres afirmem que as condições da pele melhoram durante a gravidez, outras sofrem com o problema que tende a evoluir de maneira imprevisível.

Um dos principais vilões da acne na gravidez é a alteração hormonal que pode levar a uma hiperatividade das glândulas sebáceas. Os níveis de estrógeno aumentam 10 vezes mais no decorrer dos nove meses e, os de progesterona, 30 vezes mais. Porém, esses hormônios são essenciais para o desenvolvimento fetal e são levados até ele através da corrente sanguínea.

De acordo com dermatologistas, tanto o aumento do estrógeno quanto da progesterona durante a gravidez proporcionam uma melhora significava da pele promovendo um aspecto mais macio e hidratado. Em contrapartida, podem ocorrer alterações na pigmentação, bem como o surgimento de pintas, manchas e sardas.

Hormônios e acne na gravidez

Mesmo algumas mulheres relatarem uma significativa melhora na pele, a acne gestacional é uma doença multifatorial, ou seja, depende de uma série de aspectos como hereditários, hormonais e genéticos que, em conjunto, podem determinar a predisposição da mulher a ter ou não a acne.

Fatores desencadeantes de acne na gravidez

Não somente as alterações hormonais podem desencadear a acne na gravidez. Pesquisas recentes apontam que o surgimento da acne gestacional que acomete, principalmente, no tronco (colo e dorso), face e pescoço, regiões com maiores glândulas sebáceas, está associada ao consumo de determinados alimentos.

Determinados alimentos influenciam na produção do sebo, tanto em relação à sua quantidade quanto à qualidade, como, por exemplo, o consumo de alimentos que elevam rapidamente os níveis de glicose no sangue. Esses alimentos aumentam de forma drástica o nível de insulina e de fatores de crescimento, que alteram a produção de gordura pela pele, aumentando a oleosidade.

Desta maneira, é importante que a gestante evite determinados alimentos para controlar o surgimento de acne. Conheça alguns deles:

  • Farinhas de milho e mandioca;
  • Pão branco;
  • Batata;
  • Biscoitos recheados industrializados;
  • Cereais matinais;
  • Mel;
  • Uvas;
  • Manga;
  • Bolos em geral.

Exposição solar

Outro fator que deve ser evitado para prevenir o agravamento do quadro, além de favorecer o surgimento de manchas sobre as áreas afetadas, é evitar a exposição solar. Portanto, o uso do protetor solar pela gestante com acne deve ser frequente. Existem vários FPS no mercado para todos os tipos de pele, lembrando que pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o FPS deve ser de 30 (no mínimo) e o PPD de 10.

Drogas para o tratamento da acne na gravidez

São muitas as dúvidas do que pode ou não ser feito para combater a acne durante a gravidez para não prejudicar o bebê. Podemos dizer que alguns medicamentos são realmente proibidos como, por exemplo, os antibióticos da classe das tetraciclinas e a isotretinoína e, entre os tópicos, o ácido salicílico.

A realização de alguns peelings químicos, entre eles o com ácido retinóico, também são proibidos. Vale ressaltar que um dermatologista deve ser consultado para avaliar o risco/benefício de qualquer tratamento para a acne durante a gravidez, mesmo porque o quadro é passageiro e tende a desaparecer logo no período de amamentação.

Higienização da pele na gravidez

A limpeza da pele, mesmo sendo fundamental para controlar a oleosidade e a proliferação bacteriana, também querer alguns cuidados com relação aos produtos que são utilizados. Para todos os tipos de pele, o ideal é optar por sabonetes específicos. Porém, os produtos para a pele normal estão liberados para o uso pela gestante.

Já os produtos para peles oleosas devem ser prescritos pelo dermatologista, tendo em vista que, geralmente, costumam conter algumas substâncias proibidas para a mulher grávida. Esse procedimento também deve ser adotado em relação aos adstringentes e as loções tônicas.

Existem alguns sabonetes naturais no mercado que auxiliam no combate a acne, como os que possuem extratos de camomila, malva, erva-doce e melaleuca, que podem ser utilizados pelas gestantes. Na dúvida sobre o seu uso o médico deverá ser consultado.

Alimentos que auxiliar no combate da acne na gravidez

Da mesma forma que alguns alimentos devem ser evitados como os doces, frituras, carboidratos, embutidos, doces e enlatados, além do que já citamos, outros devem fazer parte da dieta da gestante regularmente para auxiliar na prevenção e no controle da acne. Conheça alguns deles.

Grãos integrais

  • Arroz integral, farinha integral e macarrão integral;
  • Aveia e quinoa.

Alimentos ricos em vitamina A

  • Cenoura;
  • Mamão;
  • Espinafre;
  • Gema de ovo.

Alimentos ricos em ômega-3

  • Atum;
  • Sardinha;
  • Salmão;
  • Linhaça;
  • Chia.

Carnes magras

  • Peixes;
  • Frango sem pele;
  • Peito de peru;
  • Lagarto;
  • Patinho.

Alimentos ricos em vitamina C e E

  • Laranja;
  • Acerola;
  • Brócolis;
  • Açaí.

Esfoliação natural para a pele

A esfoliação da pele com produtos naturais auxilia na remoção de impurezas que podem causar cravos e as temidas acnes. Anote estas 3 receitas simples e seguras para as gestantes.

1. Esfoliação com fubá

Você irá precisar de:

  • 4 colheres de sopa de fubá mimoso;
  • 1 colher de sopa de mel.

Modo de preparo e aplicação

  • Misture os ingredientes até conseguir uma consistência pastosa;
  • Aplique nas regiões afetadas sem exercer muita pressão, mas apenas com movimentos circulares;
  • Massageia as regiões por 2 a 3 min;
  • Retire bem com água fria e seque com toalha macia.

2. Loção anti cravos e espinhas

Você irá precisar de:

  • 1 colher de sopa de chá verde preparado;
  • 1 colher de sopa de chá de alecrim preparado;
  • 1 colher de café de álcool 70%.

Modo de preparo e aplicação

  • Misture todos os ingredientes e coloque em um recipiente com tampa;
  • Assim que surgir uma acne ou cravos, molhe um algodão na loção e aplique sobre ela 1 ou 2 vezes ao dia.

3. Loção de própolis e óleo essencial de melaleuca

Você irá precisar de:

  • 5 gotas de própolis;
  • 1 gota de óleo essencial de melaleuca;
  • 1 colher de sopa de chá de camomila.

Modo de preparo e aplicação

  • Misture todos os ingredientes e aplique com o auxílio de um algodão sobre a acne;
  • Deixe agir por 5 min;
  • Lave bem o rosto com água fria e seque com toalha macia.

8 dicas para ter unhas impecáveis!


/* ]]> */