Pele

Adapaleno: propriedades, indicações e cuidados

A acne é uma condição que acomete a maioria das pessoas. É incômodo e, por vezes, deveras constrangedor. Para tratá-la, podemos usar o Adapaleno, que atua impedindo a formação de espinhas abaixo da superfície da pele.

Este medicamento pertence a uma classe de compostos semelhantes aos chamados medicamentos retinóides. Geralmente são comercializados em gel, solução (líquido) e creme para ser aplicado na pele. Comumente se aplica uma vez por dia na hora de dormir, mas isso dependerá no grau de acne e das indicações médicas.

O que é acne?

A acne é uma doença da pele que afeta as glândulas sebáceas. Os pequenos buracos que podemos ver em nossa pele, se olharmos de perto, são chamados poros. Estes são conectados através de tubos chamados folículos com as glândulas sebáceas que estão sob a pele e produzem uma substância gordurosa chamada sebo. Quando o sebo sobe pelos folículos até os poros, carrega consigo as células mortas que são expelidas para o exterior.

Quando um folículo é ligado por qualquer razão, bactérias no sebo ou células mortas criam uma infecção, e então uma espinha se forma. Dependendo do tamanho, da infecção e da profundidade, eles podem permanecer em uma espinha preta ou branca.

A maioria das espinhas é formada no rosto, pescoço, costas, peito e ombros. Elas geralmente não representam uma séria ameaça à saúde, mas podem ser irritantes, dolorosas e deixar cicatrizes.

O que causa a acne?

É difícil dizer, uma vez que é uma doença de fatores complexos em que várias causas intervêm em diferentes medidas.

Fatores genéticos

Se um de seus pais sofreu episódios agudos de acne, é mais provável que você experimente o mesmo. Há uma relação entre a genética e esta doença.

A genética afeta a estrutura do folículo, a atividade das glândulas sebáceas, os níveis hormonais e a resposta do sistema imunológico às bactérias.

Os hormônios

Quando dizemos que a acne é uma doença intensamente hormonal, a causa é que hormônios regulam a atividade das glândulas sebáceas, a produção de sebo e resposta imunológica a bactérias que causam acne.

Por essa razão, os estágios da vida, como a adolescência e a gravidez, estão relacionados com maior probabilidade. Nesse sentido, os contraceptivos hormonais são às vezes usados ​​como tratamento anti-acne.

As bactérias

A acne comum e a acne inflamatória, estão especialmente relacionadas com a presença de uma bactéria, Propionibacterium acnes ( P. acnes ). Ela está dentro dos poros e dos folículos, gerando as moléculas que induzem a resposta imune e resultam na vermelhidão e inchaço típicos.

Por esta razão, os antibióticos são, por vezes, prescritos como parte do tratamento da acne. No entanto, muitas variedades de P. acnes desenvolveram resistência a antibióticos comumente usados, o que dificulta o tratamento.

O ambiente

Temperatura, umidade ou luz solar também afetam a aparência ou agravamento da acne. O frio torna o sebo da pele mais denso, o que favorece o entupimento dos poros.

O sol, alergias e outros fatores podem influenciar a produção hormonal, estruturas da pele ou colônias bacterianas. Estes acabam diferenciando a aparência da espinha.

O estresse

O estresse é um fator conhecido que desequilibra os níveis hormonais e afeta o sistema imunológico. Ambos estão envolvidos no aparecimento da acne.

Dieta

É comum dizer que comer alimentos gordurosos afetam a acne e faz ter mais espinhas. A ciência não conseguiu encontrar evidências que apoiassem essa crença, mas parece haver uma relação entre dietas ricas em açúcares e carboidratos simples e a acne.

Adapaleno: efeitos e como utilizar

Deve ser levado em conta que o adapaleno controla a acne, mas não a cura. Além do mais, sua acne pode “piorar” durante as primeiras semanas de tratamento, levando de 8 a 12 semanas para mais antes que se note o benefício total.

Espinhas podem demorar entre 6 a 8 semanas para se formarem sob a pele. O que acontece é que nas primeiras semanas de tratamento, a substância traz essas espinhas à superfície. É preciso continuar o tratamento sem interrupções para que a ação não seja descontinuada.

É muito fácil de aplicar. Você apenas precisa criar uma rotina que comece com uma lavagem suave da pele afetada com um sabão ou produto de limpeza específico. Em seguida, deve-se secar suavemente com uma toalha macia.

Não use produtos de limpeza agressivos ou abrasivos. Também não esfregue a pele vigorosamente. É melhor esperar alguns minutos para o rosto secar completamente e, em seguida, utilizar os dedos para espalhar uma película fina do medicamento sobre a área afetada.

Se você estiver usando uma compressa, remova-a da embalagem e limpe cuidadosamente toda a superfície afetada. Se o produto for em forma de solução líquida, aplique uma camada fina nos devidos locais usando o aplicador próprio da embalagem.

Cuidados e precauções

Os retinóides aumentam a fotossensibilidade, portanto, você deve evitar a exposição ao sol. A aplicação de fotoproteção com filtros solares não comedogênicos é imprescindível.

Além desses cuidados, é importante você informar o médico se:

  • For alérgico a qualquer outro medicamento, prescrito ou não;
  • Estiver grávida ou planejando engravidar enquanto estiver usando o medicamento;
  • Estiver amamentando;
  • Estiver usando qualquer outro medicamento de prescrição ou não;
  • Tiver qualquer outro problema ou condição médica.

É muito importante que você use este medicamento apenas como indicado pelo profissional. Não use uma maior quantidade, com mais frequência ou por mais tempo do que o prescrito. Isso pode causar irritação na pele.

Como todas as condições relacionadas à acne, não é preciso tocar, estourar ou beliscar, pois isso só causa contágio em outras áreas e a aparência de cicatrizes. Uma dieta equilibrada também ajuda, bem como a exposição ao sol e agentes como cloro, sal e areia.

Infelizmente não existe cura mágica para esse mal. Se você sofre de acne, a melhor opção é criar uma rotina eficiente que inclui limpeza, esfoliação, hidratação. Não se pode esquecer também de aplicar cremes antissépticos ou loções para diminuir o risco de surtos, uma vez que as acnes são pequenas infecções.

8 dicas para ter unhas impecáveis!


/* ]]> */