Recomendados para você
Receitas

Alfajor: sua origem e algumas receitas de dar água na boca!

Sempre que viajamos para um lugar diferente, queremos conhecer os pratos típicos da região. Por isso mesmo, quem viaja para a Argentina sabe que não pode passar por lá sem provar um delicioso alfajor.

Apesar disso, ao contrário do que muitos imaginam, essa guloseima não é encontrada apenas na terra de Diego Maradona. A verdade é que ele é típico também no Peru, Chile e em outros países.

Além disso, o que pouca gente sabe é que originalmente o doce foi criado na Espanha. Surpreso? Pois saiba que essa é só uma das curiosidades que você vai conhecer aqui. A seguir você confere maiores detalhes e até receitas de alfajor que vão te dar água na boca.

Origem do doce alfajor

Para evitar mal entendidos, devemos considerar que o alfajor hoje faz parte da culinária Argentina. Quando dizemos que ele tem origem espanhola, portanto, estamos nos referindo ao surgimento de sua primeira versão.

Criado na Espanha, mais precisamente em Andaluzia, o doce ganhou esse nome em referência a um termo árabe, al hasu, que quer dizer recheado. Isso por si só justifica a característica principal dessa iguaria maravilhosa.

Para quem não conhece, o tradicional alfajor possui entre duas e três camadas de massa, que após assada deve apresentar uma textura macia. Mas isso não é tudo, apesar da maciez, ela deve ter também uma leve crocancia, chegando até perto do risco de esfarelamento.

Agora, a principal característica, como já sugerido em seu nome, é mesmo o recheio. O alfajor é recheado com doce de leite e recebe uma cobertura generosa de chocolate derretido, sendo finalizado com açúcar.

Em sua versão original ele tem seu preparo com ingredientes como mel, amêndoas, e avelãs. Obviamente, no entanto, com o passar do tempo a receita original ganhou algumas variações.

Graças a isso, atualmente os itens mais usados em seu preparo são ovos, amêndoas, um toque de limão, açúcar e farinha. O que não mudou foi o recheio, que continua sendo de doce de leite, sem contar a cobetura de chocolate ou apenas açúcar.

Mas por que o alfajor ficou conhecido como um doce argentino? Por mérito de um homem em particular. No ano de 1869, o senhor D. Augusto Chammás, um francês, se tornou o pioneiro na venda do doce.

Ele inaugurou seu comércio familiar trabalhando com a fabricação de alfajor e outros itens de confeitaria. E adivinha onde isso aconteceu? Na Argentina.

Diferentes receitas de alfajor

Agora que você já conhece a origem e um pouco da história dessa deliciosa iguaria, é hora de conhecer algumas das receitas do doce. As diferentes versões se devem ao fato de a guloseima já ter ganhado fama em muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil. Por aqui, aliás, o doce ganhou uma cara tipicamente nacional.. Vamos às receitas.

Alfajor tracidional

Ingredientes

  • 1 xícara de açúcar;
  • 1/2 colher de café de fermento em pó;
  • 1 e 3/4 de xícara de de trigo;
  • 2 xícaras de amido de milho;
  • 200 gramas de manteiga sem sal gelada em cubos;
  • 3 gemas peneiradas;
  • 1 colher de sopa de essêcia de baunilha; e
  • 1/4 xícara de cacau em pó.

Recheio

  • 450 gramas de doce de leite

Cobertura

  • 500 gramas de chocolate meio amargo

Modo de preparo

Junte todos os ingredientes secos juntamente com a manteiga em um tigela e misture todos. Em seguida acrescente as gemas e a essência e misture com as pontas dos dedos até obter uma massa macia e lisa. Envolva a massa com plástico filme e deixe descansar na geladeira por uma hora.

Deixe o forno pré aquecido em 180ºC e com papel manteiga forre o fundo da forma. Em seguida abra a massa e corte com aro de aproximadamente 6cm de diâmetro. Coloque os discos de massa para assar por quinze minutos, mas fique atenta pois o biscoito deve ter apenas a base dourada. Deixe os biscoitos esfriarem por completo.

Preparo da cobertura

Em uma panela coloque o chocolate para derreter, em seguida mergulhe cada alfajor, deixando secar sobre o papel manteiga. Depois de secos cada unidade pode ser embalada ou congelada.

Leia também:

Receita de Alfajor livre de lactose

Ingredientes

  • Bolachas de arroz ;
  • Manteiga de amendoim; e
  • Chocolate amargo.

Modo de preparo

O preparo desse doce é bem simples, uma vez que basta montá-lo. Tudo o que você precisa fazer é passar a manteiga de amendoim em uma bolacha de arroz e cobrir com outra bolacha.

Em seguida mergulhe as bolachas em chocolate derretido, e deixe esfriar em uma forma forrada com papel manteiga. Depois é só levar à geladeira para deixar endurecer.

Dica extra 1

Você pode substituir a manteiga de amendoim por ganache livre de lactose.

Dica 2

Outra opção de recheio livre de lactose é o brigadeiro feito com leite de amendoim.

Alfajor para veganos

Ingredientes

  • 2 xícaras de açúcar branco;
  • 3 xícaras de trigo integral;
  • 1/2 xícara de cacau em pó;
  • 1/4 de xícara de óleo vegetal;
  • 2 colheres de chá de fermento;
  • 2 xícaras de água;
  • Uma pitada de sal;
  • 1 pacote de biscoito vegano;
  • 1 caixinha de creme de leite vegetal; e
  • 700 gramas de chocolate meio amargo vegano.

Modo de preparo

Diferente dos tradicionais, esse alfajor tem preparo inicial similar ao de bolo, portanto, comece preparando a massa em uma tigela. Misture o trigo integral, açúcar, óleo vegetal, cacau em pó, água, fermento e sal com uma colher até obter uma massa homogênea.

Depois leve a massa para assar por aproximadamente meia hora ou até o ponto em que o bolo fica firme e o palito saia limpo ao espetá-lo. Essa receita também pode ser preparada com bolo vegano comprado.

Com o bolo já frio, esfarele ele completamente usando as mãos. Em seguida derreta o chocolate vegano e misture com o creme de leite vegetal até que se forme uma ganache.

Junte o bolo esfarelado com a ganache vegana e estará pronto o seu recheio. Se preferir pode acrescentar castanhas ou frutas secas, dando assim um novo sabor ao recheio.

Depois é só rechear os biscoitos veganos formando uma espécie de sanduíche. Em seguida mergulhe-os no chocolate vegano derretido e deixe-os esfriar até que endureça. Você também pode levá-los à geladeira para acelerar o processo. Assim estará pronto o seu alfajor vegano.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */