Emagrecimento Infográficos Nutrição

Conheça 18 alimentos anti-inflamatórios para inserir na dieta

Uma boa alimentação é o alicerce para deixar a saúde em dia e melhorar a qualidade de vida. Não é à toa que vários estudos já mostraram que uma dieta nutritiva, rica em vitaminas e minerais, pode fazer com que uma pessoa viva 20 anos mais que outra que se alimenta de maneira inadequada, inclusive no quesito qualidade.

No entanto, ao contrário disso, a sociedade tem se descuidado de forma perigosa da rotina alimentar e colocado a sua saúde em risco diariamente. Isso porque, com a gama de alimentos industrializados disponíveis hoje em dia nos supermercados, o que tem se notado é que cada dia aumenta o número de casos de doenças crônicas desencadeadas pelos efeitos negativos de uma má alimentação.

São enlatados, processados e congelados que entram no corpo e o agridem com a liberação das terríveis toxinas, as quais, em grande quantidade, são mais difíceis de serem combatidas pelo sistema imunológico e causam inflamações no organismo, levando ao desenvolvimento de câncer, doenças cardíacas, artrite e até demência.

Todas elas são causadas pelas substâncias inflamatórias que consumimos de maneira descontrolada e imprudente. É por isso que muitos especialistas, em especial, da área de Nutrologia, têm falado ultimamente sobre a importância de uma alimentação natural, baseada em produtos que não ofereçam malefícios à saúde, como os alimentos anti-inflamatórios.

Os famosos alimentos anti-inflamatórios, que são o assunto do nosso artigo de hoje, estão sendo inseridos no cardápio de várias pessoas  atualmente e são ideais para prevenir esses males ao corpo, uma vez que melhoram o funcionamento do organismo, desintoxicando-o de maneira eficiente, o que é essencial para se ter uma saúde de ferro e até mesmo uma silhueta magra e em forma por mais tempo.

Eles podem ajudar a aliviar e prevenir vários sintomas de inflamações pelo corpo, como cansaço, dores de cabeça, inchaços, vermelhidão, lesões em vasos sanguíneos, dores nas articulações e músculos – inclusive aquelas causadas por exercícios físicos – além de aumentar a imunidade, evitando até mesmo gripes e resfriados, e ajudar a emagrecer.

Se você ainda não sabe quais são os alimentos com propriedades anti-inflamatórias e quer saber como inseri-los na sua alimentação, continue lendo esse artigo até o final e conheça tudo sobre eles.

Alimentos anti-inflamatórios infográfico

O que é a inflamação?

A inflamação nada mais é do que uma resposta do nosso corpo para combater os danos causados por agentes externos (bactérias, fungos, vírus, parasitas, etc.), como lesões, infecções e irritações que acometem o nosso organismo, atuando como um processo de cura em todos esses casos. É o que acontece quando se torce o tornozelo, por exemplo, o qual o inchaço (inflamação) serve para avisar que há um problema no local.

O mesmo pode acontecer com a alimentação. Ao ingerirmos alimentos ricos em toxinas, o organismo mostra que eles são prejudiciais à saúde através das inflamações, provocando os terríveis inchaços, principalmente na barriga, e alguns desconfortos e dores pelo corpo de modo que a pessoa entenda que aqueles produtos fazem muito mal.

Em alguns casos, pode ser que a pessoa não desenvolva a curto prazo nenhum dos sintomas causados pelo consumo desses alimentos, a chamada “inflamação invisível”. No entanto, com o passar dos anos, quando estes sintomas aparecerem, os danos podem ser maiores e refletir no funcionamento do corpo em geral, as chamadas inflamações crônicas, que causam câncer, diabetes, hipertensão, entre outros males físicos e mentais.

Dormir de forma regular, não fumar, não abusar de bebidas alcoólicas, praticar atividades físicas, além de aderir a uma alimentação rica em alimentos anti-inflamatórios e livre de produtos industrializados, são algumas das formas de combater as inflamações no organismo.

Quais são os alimentos anti-inflamatórios?

Gengibre: Alimentos anti-inflamatórios

Depois de saber sobre a sua importância para o bom funcionamento do corpo, agora é hora de saber quais são os alimentos ricos em propriedades anti-inflamatórias e que podem beneficiar a sua saúde. Veja, a seguir, a lista que preparamos com alguns dos principais:

1 – Brócolis

Rico em propriedades antioxidantes, como o sulforafano, além de vitamina C, o vegetal pode ser um grande aliado para combater inflamações no organismo. O seu consumo regular previne a inflamação em até 45% e também o estresse oxidativo das células, ideal para evitar o câncer.

2 – Gengibre

Excelente fonte de gingerols, compostos anti-inflamatórios que combatem os radicais livres do organismo, o gengibre é capaz de prevenir e tratar inflamações no corpo, bem como proteger o sistema imunológico de várias enfermidades.

3 – Mirtilos

Mirtilo: Alimentos anti-inflamatórios

Ao prevenir o estresse oxidativo das células e as inflamações pelo corpo, o mirtilos é um alimento essencial para combater o câncer e outros tipos de doenças. Isso porque o alimento ajuda a baixar os níveis de inflamação no organismo, reduzindo, inclusive, as chances de adoecer.

4 – Nozes

Com alta concentração de Ômega 3 em sua composição, além de nutrientes e outros fitonutrientes essenciais ao bom funcionamento do corpo, as nozes podem auxiliar na redução das inflamações nos vasos sanguíneos e, consequentemente, nos riscos de doenças de doenças cardíacas.

5 – Repolho Roxo

Rico em antocianinas, substâncias com alto poder anti-inflamatório, o repolho roxo pode ajudar a reduzir os riscos de inflamações pelo organismo, sejam estas provocadas por alimentos com forte presença de substâncias tóxicas ou mesmo pelo estresse.

6 – Mamão

papaya-1623023_960_720

A fruta é rica em uma substância chamada papaína, que atua como um agente anti-inflamatório no corpo, combatendo os radicais livres e reduzindo os riscos de inflamações. Ainda, por conter altas quantidades de vitaminas C e E, o mamão também é ótimo para melhorar a digestão.

7 – Cranberries

As famosas frutinhas do emagrecimento também são fortes aliadas no combate às inflamações no organismo. Isso porque elas têm alto teor de fitonutrientes, que ajudam na prevenção de doenças cardiovasculares e endurecimento das artérias, bem como infecções urinárias, úlceras e gengivite.

8 – Sementes de Chia

Estes são outros alimentos ricos em Ômega 3 e que podem fazer muito bem à saúde. A substância atua como agente anti-inflamatórios, reduzindo dores causadas por inflamações, como no caso da artrite.

9 – Abacate

Rico em beta-sitosterol e fitoesteróis, substâncias que possuem propriedades anti-inflamatórias, o abacate pode ajudar  a combater uma série de doenças relacionadas à inflamações no organismo, como gota e artrite.

Além disso, ele é ideal para prevenir as indesejáveis rugas na pele e, também, a celulite, aqueles furinhos incômodos que aparecem principalmente nas coxas e bumbum e causam o temido efeito “casca de laranja”.

10 – Abóbora

pumpkin-1009999_960_720

O vegetal de cor alaranjada possui em sua composição substâncias antioxidantes, como os carotenóides, que atuam no combate às inflamações e, ainda, previnem o envelhecimento precoce da pele. Além disso, por conter o betacaroteno entre os seus nutrientes, a abóbora também pode combater inflamações na pele e pulmões.

11 – Cúrcuma

Graças à curcumina presente em sua composição, um poderoso agente anti-inflamatório, a cúrcuma (açafrão da terra, como também é conhecida) é capaz de inibir a síntese e a atividade de importantes enzimas envolvidas na resposta inflamatória, prevenindo e tratando doenças como a gota e artrite.

12 – Alho

Este tempero, tão comum nas cozinhas brasileiras, também é considerado um grande anti-inflamatório, uma vez que os seus efeitos são comparados aos de medicamentos com esta função, que impedem o desenvolvimento de qualquer inflamação pelo corpo.

13 – Sementes de Cânhamo

Com alta concentração de Ômegas 3 e 6, estes alimentos também podem combater inflamações de diversos tipos no organismo, como asma e artrite. Além disso, as sementes de cânhamo também podem prevenir o envelhecimento precoce da pele e o câncer.

14 – Cogumelos

mushrooms-756406_960_720

Estes alimentos exóticos, principalmente da espécie shiitake, também podem ser de grande ajuda para evitar inflamações pelo corpo, ajudando a aumentar a imunidade do organismo. Eles também possuem propriedades anti-microbianas, que sã essenciais em tratamento contra o cancro, por exemplo.

15 – Peixes gordos

Ricos em Ômegas 3 e 6, os peixes são considerados excelentes fontes de substâncias anti-inflamatórias, sendo essenciais inclusive para ajudar o corpo na recuperação de lesões musculares. Por serem tão benéficos, a dica dos especialistas é para se inserir os peixes na rotina alimentar por, pelo menos, três à cinco vezes na semana.

16 – Aipo

Esse vegetal, apesar de pouco lembrado na hora de fazer as compras no supermercado, é rico em propriedades antioxidantes, como a luteolina, sendo ideal para combater vários tipos de inflamações pelo corpo. Na prática, o aipo pode ajudar a impedir a ligação entre as vias nervosas e os centros e respostas inflamatórias, reduzindo as reações.

17 – Tomate

tomatoes-5356_960_720

Rico em licopeno, substâncias antioxidante que ajuda a combater inflamações, o tomate ajuda a prevenir esses tipos de enfermidades no corpo, principalmente nos pulmões.

18 – Couve

A couve é considerada um dos alimentos mais nutritivos do planeta. Como já era de se esperar, ela também é uma excelente aliada no combater à inflamações no corpo. Com alta concentração de Ômegas 3 e 6, ela pode ajudar a prevenir doenças como a gota e artrite.

Como consumi-los?

soup-1503117_960_720

Para obter os benefícios dos alimentos anti-inflamatórios, é preciso inseri-los na rotina alimentar, pelo menos, três à cinco vezes na semana, sejam eles em pratos prontos, sucos ou misturados a outros alimentos.

Vale lembrar que, apesar da importância desses alimentos, não é necessário eliminar totalmente os outros do seu cardápio, como processados, congelados ou enlatados. Neste caso, é preciso apenas equilibrar o consumo dos anti-inflamatórios com os comuns, evitando o excesso desses últimos para não causar malefícios ao corpo.

Cuide-se e até a próxima!

Veja também:

Sobre o autor

Raiane